História O Diretor - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza
Visualizações 113
Palavras 1.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Jamais imaginaria que o amor tivesse tanto poder na vida das pessoas, meu bem. Amar e ser amada pela mesma pessoa é a melhor coisa que pode acontecer na vida de alguém. Mas amar e ser amada por você é uma bênção! 

Capítulo 18 - Nada é como a gente quer...


Fanfic / Fanfiction O Diretor - Capítulo 18 - Nada é como a gente quer...

Pov's Miguel..

Há mil e uma formas de ser feliz, mas a mais significativa de todas é com você do meu lado. Eu não escolhi que você surgisse na minha vida, nem que nossos caminhos se cruzassem. Apesar disso, hoje tenho plena certeza que esse foi o acaso mais importante que me aconteceu. Agora que agarrei você, quero que permaneça aqui para sempre.

Todos os dias quando acordo, mesmo antes de abrir os olhos, é seu rosto que eu vejo, é sua voz que eu escuto, pois você está presente mesmo quando estava ausente. 

Ela é simplesmente perfeita pra mim, minha vida não poderia estar melhor do que agora, depois que a conhece não quero perder ela nunca..

Ela é meu sonho mais desejado, mais querido, sou eternamente grato a Deus por ter escolhido ela pra ser minha...

Em meio às circunstâncias ela apareceu na minha vida, me tornando uma pessoa melhor, sei que é ela, a quem eu sonhava e esperava pra ser minha..

Miguel: Miley meu amor acorda! -- encho ela de beijos.. 

Miley: É muito bom ser acordada assim, mais me deixa dormir mais um pouco... 

Miguel: Amor tô com fome, vamos comer alguma coisa... 

Miley: Tá bom, eu vou levantar.. -- me levanto quase me arrastando..

Descemos e o Pedro e a Anna estavam na sala assistindo um filme ( esquadrão suicida) 

Miley: xiuuu! Vamos devagarinho eu não quero responder nenhuma pergunta agora...

Miguel: Para de graça Mily, ele é seu irmão, ele se preocupa com você.. 

Miley: Você é chato quando quer! -- puxo ele pela mão.. -- Boa tarde

Anna: Boa tarde Mily, como você está? 

Miley: Tô melhor agora, depois da surpresa de hoje pela manhã.. 

Pedro: Que surpresa? 

Anna: É que o Miguel encheu o quarto da Miley com pétalas de rosa, e levou o café da manhã dela na cama... Você poderia pegar umas dicas com ele.. 

Pedro: Há pode deixar.. Mily você está bem? Podemos conversar? 

Miley: Eu estou bem, e não quero falar o que aconteceu ontem, prefiro esquecer... 

Anna: Mais Mily a gente precisa saber, a gente se importa com você também.. 

Miley: Tá certa, eu vou comer primeiro depois a gente conversa.. vem Miguel... -- puxo ele em direção a cozinha.. 

Miguel: Não fica chateada comigo Mily.. 

Miley: vou ficar sim, agora tenho que responder as perguntas do meu irmão e me lembrar do que aconteceu ontem.. E eu só queria esquecer.. 

Miguel: Mais uma hora ou outra você vai ter que falar, pra que adiar essa conversa? 

Miley: Tá Miguel você é o dono da razão, eu vou te lembrar disso quando você não quiser falar e querer esquecer.. 

Miguel: Mily a questão não é quem está certo e sim que isso não vai ser inadiável.. 

Miley: Eu queria ver se fosse com você, se você pensaria da mesma forma! Tenho certeza que não, é muito mole querer opinar na minha vida.. 

Miguel: Mily eu ia gostar das pessoas que eu amo me apoiarem, se você não quer que eu opine na sua vida, pra que a gente está junto então? Porque não quero ser um fantoche na sua vida.. 

Miley: Me desculpa! Eu não quero que seja um fantoche na minha vida..-- chego perto dele..

Miguel: Eu só quero o seu bem Mily, assim como seu irmão e a Anna... -- abraço ela.. 

Miley: Eu sei, eu vou tentar ser mais paciente, agora vamos comer que até eu estou com fome.. 

Miguel: Que tal um sanduíche natural? 

Miley: Oba! Você faz, já que você deu a ideia.. 

Miguel: Tem um probleminha, eu não sei fazer.. -- dou um beijo nela

Miley: então vamos comer um escondidinho de batata e carne moída, que está no forno, eu esquento no microondas... 

Miguel: Tá bom, eu pego os pratos e os talheres.. 

Miley: tá bom, a gente pode comer aqui no balcão da cozinha mesmo.. 

Miguel: tudo bem..-- vou por trás dela é abraço ela é depósito um beijo na nuca dela é depois seu pescoço..-- Eu te amo

Miley: Eu também te amo..-- falo ofegante, me viro pra ele...-- o que você quer?

Miguel: quero você aqui e agora..-- continuo beijando seu pescoço..

Miley: Meu irmão e sua irmã estão na sala.. 

Miguel: Só não fazer barulho.. -- Tomo posse da boca dela, ela abre a boca dando passagem pra nossa língua entrarem em uma disputa.. até que atrapalharam

Anna: Mily! Me desculpa por interromper vocês..

Miguel: Merda Anna! Fala o que você quer! 

Miley: Miguel! Fala direto com a sua irmã, fala Anna.. -- tô morrendo de rir por dentro, ele está atrás de mim e pude sentir o volume dele na minha bunda.. 

Anna: Miguel você é um grosso quando quer.. vamos sair hoje a noite Mily? Você também pode vim..

Miguel: pra onde? 

Anna: pra sua boate, ela precisa relaxar um pouco..

Miley: Olha Anna, eu só vou se o meu diretorzinho for, mais eu ia gostar muito de ir..

Miguel: A gente vai tá bom amor? -- não posso dizer não por causa da carinha que ela fez.. 

Miley: Obaaaaa.. -- dou um beijo nele..-- nós vamos, mais vou me arrumar na casa do Miguel

Anna: Tá bom, a gente se encontra lá então.. depois vem pra sala que o Pedro quer falar com você.. 

Miley: Tá bom, daqui apouco eu vou.. -- Anna sai

Miguel: Você vai lá pra casa?

Miley: vou sim tem algum problema?

Miguel: Nenhum, antes de ir pra boate a gente poderia dar uma namoradinha? 

Miley: Humm.. você é muito safado Miguel e não esperaria outra coisa de você, já que minha intenção de ir pra sua casa é a mesma que a sua.. -- dou uma mordidinha na boca dele.. 

Miguel: Assim você vai me deixar mais maluco do que já estou... -- preciono ela no meu corpo.. 

Miley: E é pra te deixar! Vamos comer já está pronto.. 

A gente comemos e fomos pra sala contra minha própria vontade..

Miley: Pronto o que vocês querem comigo?

Pedro: senta irmãzinha! O que foi que aconteceu? 

Miley: Eu já falei o que aconteceu ontem, quando eu cheguei.. 

Pedro: Eu avisei pro nossos pais hoje de manhã, amanhã eles estão aí.. 

Anna: O que? 

Pedro: Eu precisei falar com eles! Miley fala alguma coisa.. 




Notas Finais


😝💖😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...