História O dom de matar - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 19
Palavras 306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês !!! <3
Espero que gostem ^^
Desculpe estar postando meio tarde de novo .. .-.

Capítulo 5 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction O dom de matar - Capítulo 5 - Reencontro

Cap. 5 ~~~~~ Leen ~~~~~

 

- Okay… - Joo diz um pouco preucupado.

 

Ficamos em silêncio por um longo tempo, até que eu falo, para quebrar o silêncio:

 

- Eu vou ver como Mey está… - e saio com as mãos no bolso.

 

Falo com uma enfermeira que me indica o quarto em que Mey está. Bato na porta para em seguida abrir uma fresta. Dentro do quarto vejo Mey em uma cama olhando para uma TV e Ky estava com um controle nas mãos, mudando, provavelmente, o canal para algum anime.

 

- Mey? - chamo.

 

Ele vira a cabeça em minha direção.

 

- Oi hyung Leen.. - ele diz. Parece sofrer. Deve ser a dor...

 

- Oi Mey. Você está bem? - me arrependo na hora. Que pergunta idiota...

 

- Só com um ‘’pouco’’ de dor na barriga – ele diz fazendo uma leve careta.

 

- Não se preocupe – digo sentando ao seu lado – Você vai ficar bem.

 

~~~~~~~~~~~~

 

Logo depois, uma enfermeira veio nos comunicar que, por ordens médicas, Mey teria que passar o dia no hospital.

 

Eu e Ky resolvemos ficar no hospital, junto com Mey. Joo resolveu voltar para casa e arrumar as coisas.

 

Mas como só era permitido um acompanhante no quarto, Ky ficou com Mey e uma enfermeira, e eu fiquei na recepção, esperando.

 

Para me distrair, resolvo ficar observando as pessoas que entraram e saiam. Animadas ou cabisbaixas.

 

Mas uma enfermeira em especial me chamou a atenção. Ela vestia o uniforme de enfermeira, blusa e calça rosa e branco, tinha os cabelos um pouco abaixo da altura do ombro e eram pretos, seus olhos eram incrivelmente…. verdes…….

 

… É …. é a garota do beco.

 

Me levanto da cadeira em que eu estava sentado e a chamo.

 

- Ei, você!

 

Ela não me escuta e então eu vou atrás dela.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...