1. Spirit Fanfics >
  2. O dragão que me amava >
  3. O Despertar

História O dragão que me amava - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, vim trazer uma nova fic pra vocês. Espero que gostem. Logo atualizo as outras.

Capítulo 1 - O Despertar


Fanfic / Fanfiction O dragão que me amava - Capítulo 1 - O Despertar

 

 
-Thyri, feliz aniversário, sinto sua falta, me perdoe por tudo. Eu te amo.
 Eu podia ouvir a voz embargada através do cristal porém não consegui ver nada além de uma sombra se afastando. Me sinto triste, vazia. Aí meu lado Leiftan dormia com uma expressão de sofrimento no rosto. “O que será que ele está sonhando?”, me aproximei lentamente dele. “Dúvidas, dor, sentimentos confusos”. isso não eram meus sentimentos, eram os dele. Me senti cansada de repente, minhas pálpebras pesaram.
(...)
-Ewe... está.. rápido.
-Thyri..
Abri lentamente meus olhos, uma luz branca me ofuscou, levantei minhas mãos para cobrir meus olhos. Senti algo puxando minha pele, olhei confusa e levei um tempo para notar o acesso em minha veia.
Ewelein- Thyri, calma. É bom ver que está bem.
Ela falou segurando minha mão suavemente e examinando o acesso. Abri a boca para falar mas não consegui pronunciar nenhuma palavra.
Ewelein- Não, tente falar agora, descanse, logo seu corpo vai estar acostumado com o despertar.
Ela saiu e entrou na sala ao lado, entendi que estava na enfermaria.
“Estou viva?”
Minhas memórias estão confusas.
“Eu morri?” “ nós vencemos a guerra?”
Minha cabeça está girando, minhas pálpebras voltaram a pesar. Meu corpo ficou mais leve.
Um cheiro agradável de flores invadiu minhas narinas e uma voz suave conversava animadamente comigo sobre as crianças que brincavam no jardim. Abri meus olhos e um rosto familiar me sorriu docemente.
Nevra- Bom dia senhorita.
Tentei falar alguma coisa mas não saiu nenhuma palavra. Me contentei em sorrir. Fico feliz que ele tenha vindo me ver.
Nevra- Estou feliz que tenha voltado do reino dos mortos. Corri para vê-la logo que cheguei de uma missão.
Ele me contava sobre a missão que liderava a uma cidadela do outro lado do mar, nós rimos muito quando ele disse que um dos membros recrutas caiu em um ninho de Ornaks selvagens. Ewelein entrou seguida pela Huang.
Ewelein- Muito bem, vejo que está perturbando minha paciente número um.
Ela falou colocando a mão na cintura e fez uma cara de brava antes de rir para o vampiro. Nevra levantou e veio beijar minha mão suavemente.
Nevra- Volto depois, preciso escrever um relatório. Foi bom ver seu sorriso novamente, até mais pequena perceed.
Sorri enquanto ele saia do local com a Huang.
Ewelein-Thyri, você parece estar bem melhor. Com licença.
Ela falou colocando o estetoscópio nas orelhas e aproximando do meu peito. Ela continuou falando sobre qualquer coisa enquanto me examinava.
Ewelein- Bom suas constantes estão perfeitas, alguma dúvida?
Levei uma mão ao pescoço.
Ewelein- É normal que não consiga falar agora, suas cordas vocais estão enfraquecidas, só precisa de alguns exercícios.
Ela me entregou um lápis e um caderno. Escrevi rapidamente que não sentia as pernas.
Ewelein- Do mesmo jeito que suas cordas vocais estão enfraquecidas os seus músculos também estão, vamos trabalhar para que você volte a andar o mais rápido possível.
(Alguns dias depois... )
 Eu finalmente consigo andar sem nenhum tipo de ajuda, apesar disso Ewelein ainda não tinha me dado alta, eu passava meus dias ajudando na enfermaria e no quarto do Leiftan, ele ainda não tinha acordado, e sempre tinha uma expressão de estar sofrendo nos sonhos que apenas ficava sereno quando eu segurava suas mãos e falava sobre algo banal da minha vida na terra. As vezes ele sorria quando eu falava sobre os filmes de comédia.
Ewelein- Thyri, a Huang quer te ver.
Ela falou parando na porta e encarando o Leiftan. A encarei que sorriu pra mim.
Thyri- Tudo bem, Leif, volto depois e te conto o final do filme.
Coloquei suas mão embaixo do cobertor e arrumei sua franja, estava enorme. Talvez eu devesse corta-la depois. Me levantei e sai passando pela Elfa que me desejou boa sorte.
Entrei na sala de reuniões e a Huang estava com a cabeça baixa lendo alguma coisa. Bati levemente na mesa e me coloquei a sua frente.
Thyri-Huang, queria me falar comigo?
Ela levantou a cabeça e sorriu.
Huang- Sim, tenho uma boa notícia, Ewelein disse que você pode mudar para um quarto no QG.
Sorri enquanto a encarava, eu estava presa naquele quarto da enfermaria a dias, queria redescobrir o QG. A acompanhei pelos corredores, os poucos membros que encontrávamos me faziam uma reverência e abaixavam os olhos quando eu falava com eles. Chrome tinha me dito que as pessoas iriam reagir assim por conta do sacrifício. Paramos na frente da porta do meu antigo quarto, ao lado do quarto da Ykhar. Não pude conter um suspiro de tristeza ao lembrar dela. Entramos no meu quarto que agora estava reformado, a decoração em nada lembrava o gosto gótico do Nevra.
Huang- Então você gostou?
Ela me tirou dos meus pensamentos. Sorri enquanto afirmava que sim.
Huang- Muito bem, mandei o Jamon trazer suas coisas do porão.
Ela apontou para algumas caixas com meu nome escrito.
Thyri- Obrigada Huang.
Huang- Não tem de que. Vou te deixar arrumar suas coisas, tenho uma reunião agora. Nos vemos mais tarde.
Ela falou saindo do quarto. Me aproximei das caixas e comecei a desempacotar minhas coisas, uma por uma. Alguns minutos depois a bagunça estava espalhada pelo quarto, um calor me invadiu. Levantei a cabeça e vi a porta e a janela fechadas. Me levantei e abrir a porta e logo em seguida a janela do outro lado do quarto, tirei a blusa e amarrei o cabelo.
Continuei a arrumar minhas coisas. Encontrei entre minhas coisas uma foto, Eram eu e minha família. Foi no último Natal antes de ir pra faculdade e antes de chegar em Eldarya.
Thyri- Mãe... Pai...
Ainda doía o fato de que eles não lembravam de mim, mesmo que não fossem meus pais biológicos. As lágrimas escorriam pelo meu rosto. Ouvi uma tosse atrás de mim, me virei bruscamente.
“Não pode ser.. era pra ele estar morto.”
As lembranças do dia da batalha vieram como um soco no meu estômago. Senti uma tontura e de repente minha vista escureceu.
 
 
 
 
 
 
 

Notas Finais


Obrigada por ler até aqui. Em breve o capítulo dois estará aqui. Deixem seus comentários e sugestões. Fico muito feliz quando leio. 😘 Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...