História O D.R.A.K.E - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Darck, Sexo, Suspense, Violencia, Yaoi
Visualizações 30
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Quero brincar com ele tanto quanto você.


Fanfic / Fanfiction O D.R.A.K.E - Capítulo 6 - Quero brincar com ele tanto quanto você.

A folga de Drake demorou cerca de 40minutos até seu amigo Reita entrar na sala dele, calmamente batidas na porta foram ouvidas, Reita entrou sem ressentimentos.

- Eu sei que foi você. – Disse Reita acusando Drake logo de cara, tanto um quanto o outro sabia das merdas, eles foram criados juntos e por serem jogados no mundo não se importavam com quem matavam ou estupravam. Eles davam risada do governo, Reita era um puto advogado, ele conseguia convencer qualquer pessoa, principalmente juízes, ele podia tirar a pior pessoa da cadeia, obviamente ele era encantador. Pelas grandes janelas de vidro Reita via o movimento dos policiais.

- O que é isso? – Reita se perguntava.

- Tem um mascote ali, você quer ver?

Eles caminharam até as grandes celas de vidro, quando os olhos de Reita se encontraram com Ryan ele deu uma certa mordidas nos lábios, foi tão forte que o mesmo sangrou.

- Que bonitinho! – Disse Reita se aproximando do vidro.

- Sim.

- Apenas 'Sim'?

A cabeça maliciosa de Drake era tão desrespeitosa que ele olhava para Ryan com desejos, conseguia imagina-lo amarrado em sua cama. Por dentro da cela Ryan não conseguia ver quem estava do lado de fora, mas ele era tão esperto que sentia as vibrações.

- Esse garotinho vai me da trabalho. – Disse Drake se aproximando da cela, fazendo Ryan sentir a vibração, ele colocou as mãos no vidro.

- Por favor não encoste do vidro ele fica agressivo. – Disse um policial passando rapidamente. Reita sorriu.

- Deixe-o pra mim. – Sussurrou Reita.

- Quero brincar com ele tanto quanto você. Mas como eu o achei primeiro, ele é meu. Então não queira me ver com ciúmes.

Quando o Drake soltou o jovem Ryan, ele olhou para Drake com uma cara de raiva exótica, parecia um tigre com fome.

- De nada. – Drake deu passagem para Ryan.

- Eu não pedi para me soltar, então vai tomar no seu cu. – Berrou Ryan, fechando a grande cela, era o brinquedo de Drake precisava, era tudo que Drake queria, quando a cela foi fechada Drake não perdoo e a trancou. Reita segurou o sorriso safado.

- Por quanto tempo pretende manter ele respirando?

- Até eu cansar. Talvez dentro de um mês.

- Sabe que para se aproximar dele, vai demorar um absurdo.

- Por isso que você está aqui.

A fisionomia de Reita ficou completamente escura, ele já sabia o que era pra fazer, deu firmes passos até a sala do Delegado-Chefe. Aquele homem era completamente convincente, suas roupas sociais, seus cabelos loiros arrepiados, seus olhos castanhos, ao entrar na sala Reita jogou suas mãos pesadas sobre a mesa do delegado, como se quisesse simplesmente mata-lo.

- Seu filho é um abusado, coloque alguém para da um jeito nele, ou eu simplesmente retiro você dessa posição. Já que você não sabe criar seu filho, você não sabe administrar uma delegacia.

O Delegado se sentiu ofendido, ele tomou um susto tão grande que retirou seu revolver da cintura, mas quando viu que era o DR. Reita ele simplesmente respirou fundo.

- O gênero dele é diferente ele não aceita ordens, ele não respeita

- Se eu ver ele circulando pela cena do crime eu juro que tiro você do poder.

- Não posso abandonar Ryan, ele é uma criança! Ele só tem 16 anos.

- Então eu entrarei com um processo contra você, já que você prendeu seu filho de apenas 16 anos sem motivo.

- Eu o prendi porque ele é um abusado!

- Abusado ou não! Arrume uma baba pra ele, ou eu vou arrumar uma fada madrinha pra você.

Reita era superior nesses aspecto de política, ele tinha tudo que ele quisesse, era só ameaçar, ele saiu da sala sorrindo e deu as costas para Drake como um aviso, o Delegado-Chefe correu para a sala de Drake, seu coração batia forte.

- Quem era aquele cara? – Perguntou o Delegado tremulo, ele bebeu 600ml d'água sem pausa para respirar, sua garganta estava seca de nervoso.

- Se chama Reita, ele também é formado em Direito, é filho de políticos.

- Você! Da um jeito em Ryan!

- Vou ter que criar seu filho?

- Ou você da um jeito em Ryan, ou eu digo a câmera que você não resolveu o problem



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...