História O eliatrope Dreemuur - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Dofus (Wakfu), Undertale
Personagens Adamaï, Alibert, Alphys, Armand, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Cleome, Elely, Evangelyne, Flopin, Flowey, Frisk, Grougaloragran, Papyrus, Personagens Originais, Princesa Amália Sheran Sharm, Ruel Stroud, Sans, Sir Tristepin de Percidal "Dally", Toriel, Undyne, W. D. Gaster, Yugo
Tags Chariel, Eliatrope, Soriel, Undertale, Wakfu
Visualizações 51
Palavras 451
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Neste capítulo doutor Gaster fala da sua origem, e seus erros do passado.

Like se vê futuro nessa história!!

Capítulo 4 - Prólogo - Objetivos e Culpa


Fanfic / Fanfiction O eliatrope Dreemuur - Capítulo 4 - Prólogo - Objetivos e Culpa

Quem está narrando é o doutor Gaster.

Provavelmente você não conhece a história dos Gasters. Sem problema eu conto.

No início dos tempos no mundo haviam apenas humanos. Então chegaram os titãs, seres gigantescos e de grande poder. Eles prometeram progresso a troca de nada. 

Com o tempo começaram a apontar que as pessoas menos afortunadas não mereciam fazer parte do nosso futuro, pessoas sem Determinação essas pessoas foram desaparecendo aos poucos. Essas pessoas foram transformadas em monstros exiladas pelos titãs no subsolo.

Mas havia quem lutasse ao nosso favor. Um "anjo" chamado Dreemuur incubiu Lana Gaster, minha ancestral de achar uma forma de nos libertar ao lado dele.

Com o tempo Lana Gaster morreu e a tarefa passou para seus descendentes. Todos cientistas incumbidos de quebrar a barreira que nos prendia no subsolo.

Minha mãe sempre falou isso mas eu nunca acreditei. Se isso era verdade porque Dreemuur nunca nos ajudou?

Passei toda a minha adolescência estudando fórmulas e máquinas, dentro de laboratórios. Não para quebrar a barreira, mas para melhorar a nossa vida, não acreditava nos "contos de fadas" que minha mãe contava.

No início da minha vida adulta fiquei famoso com minhas invenções, ia a festas e mostrava os frutos da minha pesquisa a todos. Mas em um dia a minha campainha tocou e eu fui atender:

Era minha mãe.

Eu sabia que ela não estava contente com o objetivo da minha pesquisa mas não esperava que ela me chingasse daquele jeito.

Depois da sessão de xingamentos inapropriados ela disse:

-Você nunca ligou para o povo. Só quer saber de si mesmo e da sua ciência.

-Mãe se acalme, você não está raciocinando muito bem.

-Pelo contrário agora eu estou raciocinando melhor que nunca! Nunca tive coragem de vir aqui mas agora que o filho da princesa Toriel vai completar um ano pude vir aqui.

-Também vou na festa mãe te ano.

Eu fechei a porta.

Naquela época eu achava que a minha mãe era louca. E eu era um idiota.

Passou-se alguns dias e chegou a festa de aniversário do filho da princesa Toriel, Asriel.

Eu fui a festa porque a princesa era uma antiga amiga minha. Mesmo eu não gostando muito do Asgore o pai do garoto (Eu acho).

Eu sentei sozinho em uma mesa. Naquela época eu não tinha muitos amigos.

Depois de um tempo bebendo e estudando o fundo do copo. Fui ver o Bebezinho, o pequeno Asriel. Cumprimentei os país dele e fui embora.

Passou-se um certo tempo e a rainha Reinel partiu desse mundo deixando o trono para Toriel e Asgore.

Mas a notícia que realmente mudou algo na minha vida veio quando Trony um dos meus amigos entrou no laboratório dizendo:

-Doutor Gaster sua mãe está doente.

Naquele momento pareceu que uma pedra atingiu minha cabeça, de algum modo sabia que ela não iria sobreviver.


Notas Finais


Qual será o destino da família Gaster?

Comente com sua resposta!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...