História O emo e o delinquente . - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki
Tags Gaaino, Itadei, Narusasu, Sasunaru, Yaoi
Visualizações 639
Palavras 6.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Adivinha quem ta atolada de provas até o pescoço mas decidiu escrever fanfic ao invés de estudar . EEUUUU :3
Boa leitura amores

Capítulo 22 - A ceifeira


- Você acha que ela está aqui ? - Perguntou Naruto .

- É o único lugar em que ela pode estar . - Respondeu Sasuke encarando o prédio de periferia .

Naruto e Sasuke acharam a ausência de Sakura um tanto estranha nos ultimos dias , portanto foram procura-la . Foram até a casa da rosada , mas não havia ninguém na residencia , foram ao estacionamento onde ela guardava o trailer e de novo não a acharam , foram até mesmo na sorveteria favorita dela e ela não estava lá . Com o celular desligado os meninos não tiveram contato com ela por dois dias e aquilo definitivamente não era normal .
Eles entraram no prédio e rapidamente subiram as escadas assustando um gato vira-lata que passeava por ali . Naruto bateu na porta do apartamento uma , duas , três vezes até uma garota descabelada , cheia de olheiras e de mal humor atender a porta .

- O que vocês querem ? - Perguntou ela com a voz embargada pelo sono .

- Isso é sério ? - Falou Sasuke indignado . - Você sumiu ! Achamos que tinha acontecido algo ruim .

- E aconteceu . - Disse ela dando espaço para eles adentrarem o apartamento .

- E o que foi ? - Perguntou o loiro se sentando no sofá .

- É uma longa história . - Suspirou cansada se jogando na poltrona a frente do estofado .

- Conte , temos muito tempo . - O Uchiha sentou ao lado de Naruto .

- Eu briguei com a minha mãe . - Respondeu a Haruno coçando os olhos .

- Não acho que algo assim seja motivo pra sumir por dias . - Disse Naruto irritado .

- Ah é sim . - Riu amargo .

- Sakura . - Chamou Sasuke . - O que aconteceu ?

- Eu briguei com minha mãe , porque ... - Suspirou triste . - Ela mentiu pra mim , me traiu da pior forma possível e me usou . Se lembram quando eu falei que eu tinha um namorado controlador e louco ? Bem , ele não era ruim como me fizeram achar que era . O que vou contar agora pode fazer com que vocês me vejam como uma vadia , mas por favor entendam o meu lado e não me odeiem , principalmente você Sasuke . - Encarou o Uchiha que franziu o cenho confuso . - O meu ex-namorado é um homem muito rico , ele é dono de uma das maiores empresas do país e ele é casado . - Naruto e Sasuke arregalaram os olhos . - Ou seja eu era a amante dele . Mas ele já tentava se separar da mulher a muito tempo só que ela é maluca e tem dinheiro , então isso não aconteceu . O fato é que nos apaixonamos e até cogitamos nos casar . - Riu . - Ele é o homem mais imprevisível que eu já conheci em toda a minha vida , mas eu o amava , nos amava-mos na verdade . Só que a esposa dele descobriu sobre mim e armou uma merda muito grande que me fez separar dele , ela me fez achar que ele tinha me traído com uma prostituta , mas isso não foi o pior , a desgraçada tentou me matar incendiando nossa antiga lanchonete comigo dentro . Se eu não tivesse usado magia para escapar teria morrido .

- Então sua mãe ajudou essa mulher a tentar te matar ? - Perguntou o Uzumaki confuso .

- Ela ajudou a me enganar , pra me separar do cara , e fez tudo isso por dinheiro . Me convenceu de que ele era um filho da puta que só me usou pra se divertir e depois nos mudamos pra cá para eu me afastar de vez dele , mas ele veio atrás de mim . Descobri a verdade quando vi um envelope mandado lá pra casa com o selo da empresa , minha mãe tem milhões na conta agora . - Passou a mão pelo rosto irritada . - Ele tentou me avisar , como eu pude ser tão burra ?!

- Acho que você não tinha muita escolha . - Falou o moreno atraindo o olhar da garota . - Ou acreditava no cara ou na mãe e eu acho que é mais que obvio em quem você iria acreditar . Mas porque achou que eu te odiaria ? Não to dizendo que você estava certa em botar gaia em alguém , mas o que eu tenho haver com isso ?

- O cara de quem estou falando é um Uchiha . - Disse um tanto nervosa , não sabia como Sasuke iria reagir a uma coisa daquelas . E se ele gostasse da tia ? O que faria ao conhecer a amante do tio ?

- Como ? - Questionou o moreno curioso .

- Madara . - Revelou . - Ele é meu ex-namorado .

- Isso é sério ? - Falou Sasuke perplexo . - Madara ? O Madara ?

- Sim .

- Puta que pariu . - Comentou chocado .

Sasuke tinha um bom relacionamento com tio , o achava bacana e nunca lhe passou pela cabeça que Sakura se quer o conhecia , isso tudo só pode ser loucura . O moreno conheceu a esposa de Madara , mas a mesma o tratou de forma arrogante e Sasuke tratou de manda-la tomar naquele lugar pra deixar de ser tão azeda . Kira era sem dúvida uma mulher complicada e fazia de tudo para ter o que queria na hora que queria e ouvir Sakura dizer que ela tentou a matar não foi tão inesperado quanto devia ser .

- Licença . - Disse Naruto irritado . - Eu to boiando aqui .

- Madara é meu tio . - Falou Sasuke . - Você não o conhece , ele é um cara legal . - Olhou para Sakura . - E não é o tipo de pessoa que trata os outros como objetos .

- Quando ia nos contar isso ? - Disse o loiro para Sakura .

- Eu planejava nunca contar , mas as coisas desandaram .

- Então era por isso que estava de olho em mim na escola , sabia quem eu era . - Falou o Uchiha .

- Sim , eu sabia , Madara sempre falou bem de você e seu irmão , Itachi não é ? Mas eu não pretendia me aproximar de você .

- Só que você percebeu que tinha-mos contato com os espíritos e viu uma oportunidade de salvar seu irmão , nos já sabemos dessa história .

- Você deve me achar uma puta por ficar com seu tio mesmo ele sendo casado . - A Haruno abaixou a cabeça .

- Não se preocupe , eu não te odeio nem nada assim , mas essa sua revelação me pegou de surpresa .

Sakura sorriu pequeno aliviada , sentindo um grande peso deixando suas costas .

- E o que você fará agora ? - Perguntou Naruto .

- Não sei .

- Devia voltar pra casa . - Falou Sasuke .

- Eu nunca mais vou voltar . - Disse ela , sentindo o peito arder em raiva . - Não quero olhar pra cara da minha mãe , nunca mais .

- E quanto a Madara ? - Disse Sasuke curioso .

- Ele deve me odiar agora , não acho que vá querer me ver .

 

Itachi entrou no quarto de hospital e não tardou em pousar os olhos na figura loira deitada na cama . Deidara estava com ematomas arroxeados pelo rosto e os em seu corpo só não eram visíveis por causa da bata hospitalar . O moreno trincou os dentes em raiva ao ver o menor naquele estado . 

- O que está fazendo aqui ? - Perguntou Deidara com os olhos semi-cerrados de cansaço , erguendo a cabeça para ver melhor o homem que vinha em sua direção .

- Eu trouxe flores . - Itachi mostrou o buque de margaridas que havia trazido . - São suas favoritas .

O Uchiha depositou as flores na cama e sentou-se na cadeira ao lado do leito do loiro .

- O que aconteceu ? - Perguntou Itachi . - Foi o Sasori que fez isso com você ?

- Não . - Suspirou . - Eu consegui sair .

- O que ? - Falou surpreso .

- Não faço mais parte da Akatsuki . 

- Como isso aconteceu ? - Não conseguiu conter o sorriso .

- Quando nos encontramos no pronto-socorro da ultima vez , eu estava lá porque teve uma briga entre as gangues , ganhei um olho roxo e Sasori ganhou um tiro . Ele resistiu por alguns dias , mas acabou morrendo . Sem ele na organização eu achei uma forma de escapar só que isso me custou feridas e costelas quebradas .

- Quer dizer que ... ?

- Estou livre . - Sorriu .

O Uchiha sorriu junto , estava feliz finalmente veria o loiro longe daquela vida perigosa que tanto roubou dele .

- Não se preocupe , Madara vai organizar tudo . - Disse o moreno contente . - Não vai mais precisar se esconder da polícia ou dessa gangue maldita . Vai poder fazer a faculdade que sempre quis , de arte não é ?

- Sim .

Deidara não parecia muito animado , a verdade é que estava aflito não sabia se tudo ocorreria bem como o maior dizia .

- E você ?

- Eu o que ? - Perguntou Itachi .

- Vai embora de novo ? Ainda tem medo do seu pai ?

- Eu vou ficar . - Falou decidido o que fez o loiro arquear uma sobrancelha desconfiado . - Eu cansei ... - Confessou . - Não aguento mais ficar sem você e você sabe .

- Eu não tenho certeza disso .

- Dei , você sabe porque eu precisei ir embora , sabe muito bem porque tivemos que nos separar .

- E é exatamente por isso que eu acho que você não vai ficar comigo ! - Gritou perdendo a paciência . - Porra , você acha que eu sou um idiota ?! Eu sei que vai ser só o seu pai dizer uma vez e você vai correndo obedecer que nem um bonequinho !

- Deidara ...

- Não me venha com desculpas , não caio mais na sua lábia ! Nosso relacionamento tinha tudo pra dar errado desde o início e mesmo assim tentamos , ou o problema era gangue , ou o fato de você ser mais velho , ou o seu pai ou o Sasuke de quem você cuida 24 horas por dia igual um louco !

- Eu protejo ele de Fugaku ! Você sabe que ele ...

- Sim , eu sei ! - O loiro estava irritado , até quando viveria assim a merce desse homem que constantemente o deixava de lado ?

- O que preciso fazer para que acredite em mim ?

- Você não tem que fazer nada , já superei você .

- Ah , me superou ? - Disse desacreditado com aquela mentira descarada . - Ora , vamos , pare de mentir . Você sente tanto minha falta quanto eu sinto a sua .

- O fato é que eu já cansei de insistir e você não responder a altura !

- Então diga o quer que eu faça !

- Quero que me assuma ! - Disse exaltado pela insistência de Itachi . - Fique comigo e me assuma pra toda a sua família , inclusive para o desgraçado do seu pai ! Você fará isso ?! - Provocou , e embora seus olhos emanassem raiva no fundo o loiro tinha esperança do moreno dizer que sim e deles viverem juntos felizes para sempre como num conto de fadas . Mas Deidara sabia que não seria assim , sabia que o Uchiha negaria e só por pensar nisso sentia o coração apertar e as lágrimas quererem saltar pra fora dos olhos .

- Ok . - Disse Itachi sério fazendo o menor esbugalhar os olhos em sua direção com a boca parcialmente aberta . - Assim que você se recuperar nós vamos até a minha família e assumirei você , na frente de todos .

- Está brincando comigo ? - Perguntou em descrença , mas seu interior pulava de alegria .

- Não . - Olhou fundo nos olhos de Deidara . - É uma promessa .

 

No dia seguinte Naruto decidiu dar continuidade ao treinamento de Sasuke , o loiro falou com Sakura a respeito e eles combinaram de fazer isso juntos . Depois da escola o Uchiha e o Uzumaki seguiram para a nova casa da rosada , ou seja , o velho apartamento . Enquanto andavam pela rua Naruto arrumava a gola de seu casaco preocupado em esconder os chupões que Sasuke havia deixado em seu pescoço mais cedo durante o intervalo do colégio , o armário do zelador nunca foi tão útil , visto que agora servia como esconderijo dos meninos quando estavam afim de se agarrar . Nenhum dos dois mentiria , fazer essas loucuras era divertido .

- Chegaram rápido . - Disse Sakura abrindo a porta do apartamento .

A Haruno estava de bom humor , bem diferente do dia anterior e constatar isso deixou o loiro e o moreno aliviados . Contudo , ela não se sentia confortável em ir pra escola e ter que dar explicações aos professores , fora que estava praticamente fugindo da mãe .

Naruto e Sasuke sentaram no sofá já tão conhecido por ambos que nem se importaram ao escuta-lo ranger de tão velho , a rosada se afundou na poltrona .

- Sabe se pretende morar aqui deveria fazer umas reformas . - Disse Naruto . - O Sasuke tem experiencia nisso . - Sorriu travesso .

- Não é minha área não . - Retrucou o Uchiha . - Só precisa trocar a mobília Sakura .

- E você realmente acha que eu tenho dinheiro pra isso ? - Riu .

Sakura pegou sua mochila e despejou o que tinha dentro em cima da mesa de centro que a separava dos amigos . 

- O que vai fazer ? - Perguntou Naruto .

- Eu estive pensando ... - Falou ela . - A gente pode fazer uma aula prática . Ensinar o Sasuke a usar seus poderes contra os Agressores .

- Você quer invocar Agressores ? - Perguntou o loiro espantado . - Tem ideia do quanto isso é perigoso ?

- Eu não vou os invocar . - Sorriu . - Nós vamos usar um método diferente de treinamento .

- Como assim ? - Questionou o Uchiha .

- Eu não posso entrar no mundo dos mortos , como eu já disse apenas vocês podem entrar , mas não é pra lá que nós vamos . - Respondeu a rosada enquanto arrumava as velas e o incenso na mesa . - Eu tenho uma amiga que pode nos levar até o intermédio entre o mundo dos vivos e dos mortos .

- Você quer dizer que ... ? - Falou Naruto .

- Que teremos uma aula prática . - Sorriu animada . - Se prepare Sasuke , você finalmente vai usar seus poderes .

- Certo , então como vamos pra lá ? - Perguntou o moreno ansioso .

- Minha amiga é uma ceifeira poderosa , ela pode nos levar até lá . - Respondeu acendendo as velas . - Só preciso invoca-la .

- Uma ceifeira ? - O loiro disse de forma retórica . - E você tem certeza que ela vai querer nos ajudar ?

- Sim . - Disse ela confiante queimando o incenso com o fogo da vela , deixando a sala com um cheiro adocicado . - Me dêem suas mãos .

Eles ergueram uma das mãos e Sakura as segurou , ambos os meninos sentiram um tipo de energia forte os ultrapassar .

- Hinata , você está aqui ? - Perguntou Sakura observando o incenso se dissolver em chamas . - Hinata ?

- Estou aqui . - Respondeu uma garota morena com uma voz doce atrás da poltrona em que a rosada estava sentada .

Sasuke e Naruto soltaram gritinhos assustados com a aparição repentina da garota , mas logo perceberam o quanto aquilo havia sido vergonhoso quando ouviram uma gargalhada de Sakura , logo se recomporão para não passar mais vexame .

- Desculpe por assustar vocês . - Pediu Hinata preocupada . - Não era minha intenção , não achei que Sakura estava acompanhada , por favor me perdoem .

- Não se preocupe , o coração saiu pela boca , mas eu engoli de novo . - Falou Sasuke nervoso .

- Então é assim que é um ceifeiro ... - Falou Naruto espantado . - Você é diferente de como a maioria dos livros descreve , você é bonita .

Hinata corou até o ultimo fio de cabelo , Sakura riu de sua situação e Sasuke lutou por alguns segundos contra um ciúme repentino .

- O-Obrigada . - Disse a morena tentando não derreter de vergonha por causa do elogio .

- Ai meu Deus . - Disse a Haruno enxugando as lágrimas que saiam de seus olhos pelo tanto que riu . - Hinata preciso de um favor seu , pode me ajudar ?

- S-Sim , o que você quer Saki ? - Perguntou Hinata fugindo dos olhos curiosos de Naruto .

- Preciso que nos leve até o intermédio .

- Por que ? - Franziu o cenho confusa .

- Gostaria que você nos ajuda-se a ensinar a ele ... - Apontou para Sasuke que olhava feio para os olhares que o loiro ao seu lado dava a Hinata completamente admirado . - Como usar seus poderes contra os espíritos perturbadores , para ele aprender a se defender .

- Bom ... - Falou a morena  um tanto relutante .

- Você está ocupada Hinata ? - Perguntou Sakura . - Não pode nos ajudar ?

- É que eu não sei se o Neji concordaria com isso , entende ?

- Fazemos assim ... - Resolveu a Haruno . - Você ajuda a gente e se tiver algum problema com o Neji eu mesma lido com ele , pode ser ? 

- Pode ser . - Sorriu .

- Beleza . - Comemorou e se voltou para onde Sasuke e Naruto conversavam por olhares nada amigáveis . - Arrumem as malas meninas nos já vamos partir . - Brincou chamando a atenção dos amigos .

- Fiquem tranquilos eu vou levar vocês . - Disse Hinata fazendo as veias ao redor dos seus olhos perolados saltarem .

- Perai ... - Falou Naruto chocado com o que os olhos de Hinata viraram .

Mas antes que o loiro terminasse a frase um clarão tomou o cômodo onde estavam e levou apenas alguns segundos até todos assimilarem onde estavam . Era a mesma sala e o mesmo apartamento , no entanto algo parecia muito diferente , o céu lá fora parecia nublado sem deixar passar os raios de sol fazendo todo o ambiente ficar acinzentado , era como se toda cor do mundo tivesse sido filtrada e ter sobrado apenas uma sombra do que era antes .

Naruto e Sasuke olharam ao redor completamente chocados , eles definitivamente estavam no intermédio , a estranha atmosfera do lugar dizia tudo .

- Chegamos . - Anunciou Sakura saindo do apartamento . - Obrigado Hina .

Todos seguiram a rosada para fora do prédio , Naruto e Sasuke estavam entorpecidos demais para dizer uma só palavra , mas ao se encontrarem do lado de fora seus olhos saltaram das orbitas e seus queixos foram ao chão . Tudo estava deserto e sombrio , porém o céu acima de suas cabeças dançava em movimentos sem sincronia e o mais surpreendente eram as cores , o céu do intermédio era tingido por várias cores , era como uma gigantesca aquarela que se movimentava e se transformava constantemente , uma verdadeira explosão de cores . 

O Uchiha assobiou encantado com o lugar .

- Podemos fazer aqui . - Disse Sakura caminhando até o outro lado da rua ao lado da encruzilhada que ficava a frente do prédio .

- O que pretende fazer ? - Falou Naruto ao lado de Sakura .

- Hina , pode fazer os clones de energia por favor ? - Pediu .

Hinata se afastou e com apenas uma mão criou uma massa branca no ar que logo foi se moldando na forma de um homem magro sem rosto , não demorou até aquele ser ser multiplicar em três .

- Seus poderes vão funcionar aqui Sasuke . - Disse Sakura . - Só precisa aprender como usa-lo para se defender .

- O que eu tenho que fazer ? - Perguntou o moreno encarando os clones .

- Lute contra eles . - Falou Sakura .

- Use seus poderes e os destrua . - Falou o loiro .

- Beleza . - O Uchiha concordou . - E como eu faço isso ?

- Não se preocupe , nos vamos dizendo daqui . - Respondeu o Uzumaki . - Agora vá .

- Certo .

Hinata se posicionou atrás dos clones e Sasuke foi ao seu encontro , a morena esperou Naruto e Sakura se afastarem mais e sem aviso prévio mandou seus clones atacarem o Uchiha que desviou surpreso ao ver a potencia do ataque , já que o soco que o clone iria acertar em si foi ao chão e ele rachou .

- Puta merda . - Murmurou .

Os clones seguiram Sasuke desferindo chutes , socos e pontapés , mas o moreno conseguiu desviar de todos e quando teve oportunidade decidiu partir pro ataque . Sasuke acertou um soco na cabeça de um clone , porém nada aconteceu e o mesmo lhe deu um chute o fazendo cair de costas no chão .

- Você tem que usar o seu poder ! - Gritou Naruto . - Se não usar não vai ganhar deles !

O moreno desviou do pisão que o clone iria dar em sua barriga e conseguiu o empurrar com os pés o mandando pra longe de si . Os outros tentaram acertar Sasuke por trás , mas o Uchiha foi mais rápido e desviou .

- Como eu faço pra usar o poder ?! - Perguntou Sasuke ofegante se esquivando dos ataques que os clones sobe o comando de Hinata faziam contra si . - Naruto ! Como eu faço ?!

- Se concentre ! Estamos no intermédio seu poder funcionará melhor aqui ! - Respondeu o loiro .

Sasuke se concentrou em canalizar seu poder como Naruto havia dito só que não percebeu quando um dos clones veio em sua direção e o acertou um soco no estomago o fazendo cair . 

- Sasuke ! - Gritou o loiro preocupado . - Levante !

- Ele está tomando uma surra . - Falou Sakura observando o moreno ser atingido por alguns golpes . - Também são três contra um , me surpreende ele conseguir desviar de alguns .

- Sasuke , ande logo não temos o dia todo ! - Berrou Naruto o incitando a lutar . - Não me venha fazer corpo mole agora Uchiha !

Sasuke se ergueu do chão e conseguiu passar uma rasteira em um dos clones o que lhe deu tempo de fugir do chute de outro . Eles ficaram nesse jogo de gato e rato até o moreno se cansar e os clones o cercarem .

- Você consegue ! - Gritou Sakura o motivando .

- Não se atreva a perder Sasuke ! - Disse Naruto . - Eu acredito em você !

O Uchiha respirou fundo e mais uma vez se concentrou em usar seu poder , os clones partiram em sua direção para atacarem juntos . E Sasuke teria perdido ali se uma carga elétrica roxa não tivesse emanado do seu corpo e dilacerado os clones que o atacavam .

- Aaeeee porraaa ! - Comemorou Naruto . - Você conseguiu !

O moreno sorriu para o loiro , mas não houve tempo de comemorar . Hinata mandou mais três clones atrás de Sasuke que mais uma vez desviou dos ataques , mas dessa vez conseguiu usar seu poder para desferir socos em cada um e os destruir .

- É isso ai Sasuke ! - Gritou Sakura .

A Hyuuga criou cinco clones dessa vez e novamente com movimentos rápidos Sasuke os destruiu . Sem perceber eles estavam competindo , a morena mandava cada vez mais clones e já estava ficando aborrecida ao ver-lo destrui-los com os punhos cercados de relâmpagos . O Uchiha estava aprendendo a controlar seus poderes numa velocidade impressionante , pois depois que descobriu o segredo tudo ficou mais fácil , era só pensar que já o controlava e assim a energia o respondeu . Passou mais alguns minutos até Hinata e Sasuke ficarem esgotados e embora a morena não admitisse estava irritada por ter perdido na competição silenciosa que travou com Sasuke naquele meio tempo .

- E acabou ! - Falou Sakura correndo na direção dos amigos . - Vocês foram bem .

- Agora não esqueça de praticar Sasuke do contrário pode acabar esquecendo como funciona . - Disse Naruto segurando Sasuke pelos ombros , pois o moreno mal se aguentava em pé .

- Obrigado por nos ajudar Hinata . - Disse Sakura . - Sem isso iria demorar muito até ele aprender , acredito que em momentos tensos o desespero obriga o cérebro a funcionar e consequentemente a energia responde aos comandos .

- Não tem de que . - Respondeu a morena . - Mas está me devendo uma . - Sorriu .

- Poem na conta . - Riu .

Hinata os trouxe de volta ao mundo dos vivos e foi embora alegando que havia gostado de conhecer os novos amigos de Sakura . A rosada deitou Sasuke em seu sofá e passou a curar seus ferimentos com feitiços , Naruto estava sentado na poltrona olhando a Haruno trabalhar .

- Como conheceu a Hinata ? - Perguntou o Uzumaki curioso .

- Foi com ela que eu falei para conseguir o meu necronomicon anos atrás . - Respondeu Sakura espalhando ervas pelo tronco nu de Sasuke . - Ficamos amigas enquanto eu procurava meu irmão , ela me ajudou muito e é um doce de pessoa .

- Percebi , ela é legal . - Falou Naruto recebendo um olhar ciumento de Sasuke . - Que foi ?

- Nada , também achei ela legal . - Respondeu Sasuke mordendo a língua para não dizer besteira .

A verdade é que qualquer um disposto a ajuda-lo o Uchiha achava legal , porém por ser demasiado ciumento não gostou muito da interação da ceifeira com Naruto , afinal eles estão juntos , não é ? Bom era quase isso , o que tinha com o Uzumaki era como uma amizade colorida e eles não tinham compromisso nenhum um com o outro , mas por que esse fato o incomodava ? Ambos concordaram com isso então qual o problema ? '' O problema é que se quisermos podemos ficar com qualquer um , não temos um relacionamento , mas eu não quero que ele fique com qualquer um , quero que ele fique comigo e ninguém mais ! ''  pensou o moreno irritado e só se deu conta do que pensava quando viu Naruto o encarar estranho . '' Não temos nada '' .

- Inferno . - Murmurou o Uchiha .

- O que ? - Perguntou Sakura . - Não ta doendo , você já está curado .

- Não era a isso que ele estava se referindo Sakura . - Disse Naruto enquanto conversava pelos olhos com o moreno .

- Vocês estão muito estranhos . - Comentou a rosada ao perceber a troca de olhares . - O que está acontecendo ?

- Nada . - Respondeu o Uchiha erguendo o tronco e se sentando no sofá . - Impressão sua .

- Impressão minha nada ! - Brigou Sakura chamando a atenção dos amigos . - O que vocês tem ?

A Haruno encarou os amigos e quando percebeu que eles não iriam responder passou os olhos pelo corpo de cada um e se surpreendeu ao encontrar marcas arroxeadas na nuca de Sasuke e ela tinha certeza que ele não havia ganhado aquilo no treinamento .

- Entendi . - Sorriu maliciosa . - Finalmente decidiram soltar os unicórnios presos dentro de vocês .

- C-Como ? - Perguntou Naruto confuso e envergonhado , não tinha notado que havia deixado marcas em Sasuke .

- Do que está falando ? - Perguntou Sasuke se fingindo de desentendido .

- Vocês estão namorando . - Disse ela animada .

Os dois ficaram em silencio intercalando os olhares entre si e Sakura completamente vermelhos de vergonha .

- Ah eu sabia ! - Comemorou rindo dos amigos . - Eu sabia , eu sabia , eu sabia ! Quando isso aconteceu ? Como ? Vocês estão namorando mesmo ou só ficando ? Vocês já gostavam um do outro antes mas só tiveram coragem de revelar agora ? - Os bombardeou com perguntas .

- Calma ! - Pediu Naruto com as bochechas rosadas . - Não foi bem assim ...

- Então como foi ? - Falou curiosa .

Sasuke e Naruto abriram o jogo com Sakura sobre estarem vivendo uma amizade colorida e a garota só faltava soltar sangue pelo nariz de tão empolgada que estava com a noticia . Aqueles momentos foram sem sombra de dúvida um dos mais embaraçosos da vida de Sasuke e quando tudo foi explicado o moreno não sabia onde enfiar a cara .

- Eu sempre torci por vocês . - Disse Sakura estampando um enorme sorriso .

- Cala a boca pelo amor de Deus . - Pediu Naruto vermelho de vergonha fazendo Sakura rir alto .

 

Sakura havia se despedido dos amigos a duas horas e nesse momento procurava pelo dinheiro guardado dentro de sua mochila para comprar comida , encontrou , mas infelizmente teria que voltar pra sua antiga casa e pegar suas coisas e seu dinheiro , não podia deixar lá .
Saiu do prédio a caminho do supermercado , como no apartamento não tinha panela ou sequer fogão um bom miojo não era uma opção viável então comprou um suco e biscoitos , seria o suficiente para o jantar . Deixou o supermercado e caminhou de volta ao apartamento que não era longe , o sol já estava se pondo no horizonte e estava tão belo que Sakura parou para observar , no entanto seu momento de tranquilidade passou rápido ao ver um carro conhecido estacionando na frente do prédio onde fazia residencia . A rosada se escondeu em um beco próximo até poder ver quem sai do carro , era Obito e ele falava ao telefone . Ela esticou o pescoço afim de escutar a conversa .

- Nos a encontramos senhor . - Disse Obito no celular . - Sim , aguardarei suas ordens .

Isso foi tudo que Sakura escutou , mas foi o suficiente para assumir uma expressão irritada , Madara havia mandado seus homens para segui-la . E embora agora soubesse da verdade não conseguiu conter a raiva , simplesmente odiava quando Madara ordenava para segui-la sentia que ele estava invadindo sua privacidade e não admitiria isso . 
Entrou em seu apartamento pelos fundos do prédio e guardou sua comida para saborear mais tarde , pois primeiro iria ter uma conversa séria com Madara . Saiu do prédio se escondendo pelos cantos evitando ser vista por Obito e pelos outros . Caminhou a passos duros até a sede da empresa de Madara que ficava no centro da cidade , demorou , mas conseguiu chegar quando a noite caiu .

Entrou pela recepção e não se deu o trabalho de cumprimentar ninguém , subiu pelo elevador sendo encarada pelas pessoas ali presentes que só de estar ao seu lado percebiam o quanto aquela pequena garota de cabelos rosa estava em fúria . Adentrou o andar da presidência e seguiu para sala principal .

- Garota . - Chamou a secretária de Madara , mas Sakura a ignorou . - Ei você não pode entrar ai !

A secretária correu para impedir Sakura de abrir a porta , mas foi tarde . A garota invadiu a sala da presidência trazendo consigo um furacão cor de rosa , parou em frente a Madara que a pouco tempo lia alguns relatórios em sua mesa . O mais velho ergueu a cabeça e não escondeu o sorriso ao ver Sakura parada a sua frente .

- Desculpe senhor , eu disse que ela não podia entrar . - Afirmou a secretária nervosa . - Vou chamar os seguranças imediatamente .

- Não precisa . - Falou Madara deixando a mulher confusa . - Deixe-nos a sós .

- Mas senhor ... - Interpôs a secretária .

- Eu disse , deixe-nos a sós . - Ditou firme lançando um olhar sério a mulher .

Temente o olhar assustador que recebeu do chefe ela deixou a sala fechando a porta em seguida .

- Então ... - Começou o Uchiha . - O que a traz aqui ?

Sakura caminhou em sua direção depositando as palmas na mesa e encarando o maior com um olhar ameaçador ditou :

- Quero que mande os seus fantoches pararem de me seguir .

Madara se arrumou melhor na cadeira e riu soprado , ela havia descoberto .

- Você tem ideia do quanto isso é doentio ?! - Proclamou irritada . - Sabe o quanto eu odeio isso !

O Uchiha se levantou de sua cadeira pacientemente , como se o que Sakura estivesse falando fosse algo banal . Madara era muito mais alto e forte que Sakura , não era atoa que sua presença é capaz de intimidar qualquer um , menos a rosada , que como o próprio Madara disse uma vez , era tola o bastante para enfrenta-lo . E mais uma vez isso foi comprovado visto que mesmo com seu olhar penetrante Sakura não recuou um passo se quer e continuou encarando . O moreno apoiou as mãos na mesa ficando com o rosto próximo de Sakura , sorriu pra ela e a Haruno crispou os olhos furiosos em sua direção .

Madara levou uma das mãos até o rosto da rosada usando o dedo indicador para elevar seu queixo para cima . Ele estava sério e ela continuava o encarando compenetrada .

- Quando descobriu ? - Perguntou o mais velho .

- Hoje , enquanto voltava pra casa eu os vi . - Respondeu séria .

- Demorou . - Sorriu travesso .

- A quanto tempo eles me seguiam ?

- Desde que você chegou a essa cidade . - Largou o rosto da Haruno . - Preciso cuidar do que é meu .

- Você é louco . - Murmurou . - O que pretendia com isso ?

- Você não costumava ser tão lerda . - Comentou sentando-se novamente e indicando a cadeira a sua frente para que Sakura senta-se . - Kira ainda pode querer lhe fazer mal , eu estava cuidando de sua segurança .

Sakura suspirou cansada e sentou-se na cadeira indicada por Madara .

- Acho que você não precisa se preocupar com isso . - Falou perdendo a irritação que tinha a pouco . 

- Por que ?

- Ela não está atras de mim . - Abaixou os olhos . - Ela já conseguiu o que queria .

- O que houve ? - Perguntou preocupado ao ver o semblante triste da garota .

- V-Você t-tinha razão . - Falou segurando o choro fazendo Madara arregalar os olhos . - Me desculpe , por não acreditar .

- Ela contou a você ?

- Não . - Passou as mãos pelos olhos e nariz limpando as lágrimas que escapavam . - Eu vi o dinheiro que ela depositou na conta da minha mãe .

- Sakura ...

- Não precisa dizer nada . - A essa altura a Haruno já chorava copiosamente . - Sinto muito , eu sinto muito mesmo . Me desculpe por não acreditar em você , eu vou entender se não quiser me ver nunca mais , eu só peço que não me odeie .

- Sakura ...

- Me desculpe . - Se levantou e caminhou para a porta . - Eu vou embora e ... - Fungou . - Mande pararem de me seguir .

Ela estava pronta para abrir a porta quando a mão de Madara a impediu , o mais velho puxou a Haruno para si a abraçando . Sakura afundou o rosto no peito de Madara e chorou molhando o terno que o outro usava , o Uchiha apertou o abraço e apoiou o queixo na cabeça da rosada .

- Você não mudou nada . - Disse ele sorrindo . - Continua sem me dar chance de falar . - Sakura riu em meio as lágrimas . - E continua sendo uma rainha do drama . Acha mesmo que se eu te odiasse mandaria meus homens te protegerem ? Ou iria até a sua casa com um buque de flores ? Você é muito sem noção mesmo . - A garota murmurou algo incompreensível em protesto . - É obvio que eu fiquei muito irritado por não acreditar em mim , mas as coisas realmente não estavam ao meu favor .

- Então você me perdoa ? - Perguntou a Haruno erguendo a cabeça para encara-lo .

- Sim , eu perdoou . - Assumiu uma postura séria . - Mas tem que me prometer que nunca mais vai acreditar em outra pessoa a não ser em mim , tudo bem ?

- Ta . - Colou a face novamente no peito de Madara . - Mas você tem que me prometer que nunca mais vai colocar alguém pra me seguir .

- Certo . - Sorriu .

Essa não era a forma de reconciliação que Madara esperava , mas sem dúvida foi a melhor .

- Está com fome ? - Perguntou o Uchiha . - Podemos jantar juntos , o que acha ?

- Eu acho que sim . - Sorriu ao se soltar dos braços do moreno .

- Tem algum lugar em mente ?

- Não . - Enxugou o rosto na camisa . - Hoje você escolhe .

- Ok , o que acha de comida italiana ? - Arrumou o terno e pegou seus pertences . - Tem um ótimo restaurante a algumas quadras daqui .

- Pra mim está perfeito . - Abaixou a cabeça . - Madara ...

- Não se preocupe . - Disse ele entrelaçando os dedos da mão com os da rosada . - Nós vamos concertar tudo que elas destruirão , vamos recomeçar .

Sakura sorriu com essa afirmação . Eles teriam muito o que conversar e resolver , mas depois de tudo o que já haviam passado isso era o de menos . Saíram do prédio sobe o olhar curioso de todos e entraram no carro que os aguardava do lado de fora da empresa a caminho do restaurante . O verdadeiro desafio deles era Kira e seus advogados , mas por enquanto tudo o que eles queriam era uma noite juntos . E um recomeço .

 

 

 


Notas Finais


E foi isso meus queridos , espero que tenham gostado :3
Qualquer dúvida ou sugestões deixem nos comentários por favor , prezo muito a opinião de vocês .
Itadei e Madasaku florescendo minha gente , é pra comemorar ! kkkkkkkkk
Obs : Me inspirei em DNA ( bts ) para criar o céu do intermédio :p
Mais pra frente da fic farei dois especiais , um contando a história de Itadei e outro contando a história de Madasaku .
Até o próximo meus amores !!!
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...