1. Spirit Fanfics >
  2. O Encontro >
  3. A Historia Ainda Não Acabou...

História O Encontro - Capítulo 21


Escrita por:


Capítulo 21 - A Historia Ainda Não Acabou...


Fanfic / Fanfiction O Encontro - Capítulo 21 - A Historia Ainda Não Acabou...

Igor

Sei que pareço um pouco rígido às vezes ou chato por ter feito aquilo com Vênus, mas ela sabe que é só brincadeira minha, eu to muito feliz que ela e o meu amigo estão se dando bem é uma escolha dela namorar ou não, sai tão depressa da casa de Johnny que nem percebi que já to perto de casa, espero que Vênus esteja acordada esse assunto é muito serio...

-Vênus, cheguei... -Digo largando a bolsa no sofá, ela parecia estar muito quieta...

-To aqui...

-Desce aqui preciso falar com você..

-Ta bom, já to indo espera ai...

Quando ela desceu notei que estava um pouco preocupada, logo depois Felipe vem atrás, eu quero ter certeza que o Felipe não aprontou nada, da ultima vez ele apresentou a louca da Isabela...

-Eu precisava falar contigo - Digo encarando ela

-Ok, o Felipe já estava de saída não é mesmo?-Diz ela encarando o garoto

-Sim, tenho que fazer alguns trabalhos, desculpa o incomodo Vênus e me desculpa se pareceu ser outra coisa quando desci com sua irmã, garanto que não fiz mal algum pra ela... -Diz ele nos olhando

-Tudo bem, se você diz eu acredito, mas mesmo assim vou ter uma conversa com Vênus...

-Bom, ate mais- Disse saindo

-Ate...

Mesmo que ele tenha falado que não aconteceu nada, eu sei que a Vênus ta estranha...

-Vamos subir o que eu preciso falar é muito serio e não adianta fugir eu quero saber o que o Felipe andou falando pra você... -falo subindo as escadas

-Ta bom, mas antes de tudo, aconteceu alguma coisa entre você e o Johnny?-

-Não, aconteceu nada e eu sei que vocês estão juntos. -Digo sorrindo

-Como assim sabe?

-Eu vi vocês se beijando hoje-Falo enquanto abro a porta do quarto...

-Ah ta...

-Não precisa ficar com vergonha maninha, eu apoio vocês...

Depois de ter falado isso, vejo um sorriso no rosto dela como se tivesse aliviada por eu ter dito aquilo, minha irmã não merece ter passado por algumas coisas, espero que meu amigo cuide dela... Porque ela vai precisar ser forte.

-Vênus você se lembra da ligação que eu recebi aquele dia?-Digo sentando-me na cama

-Sei, quem era?-Pergunta me encarando

-Era o Paulo, eu não disse nada por que sabia que você ia ficar preocupada, então achei melhor deixar de lado...

-Como assim o Paulo?-Disse ela levantando da cadeira- O que ele quer agora? Já não o basta ter destruído a vida de uma pessoa? Aquele filho da puta tinha que morrer, é por causa dele que o Thiago não esta aqui... -Diz chorando.

-Calma Vênus, eu to pensando em resolver isso do jeito certo ok? Pode ficar tranqüila ele não vai mais fazer mal algum... -Digo abraçando ela - Eu vou precisar ficar uns dias fora, lembra daquele meu antigo emprego em SC? Então, eu vou precisar voltar lá, mas só vou ficar por uns dias não se preocupe...

-Ta bom, só toma cuidado... Aquele desgraçado ainda pode estar por lá...

-Tudo bem...

Depois de ter conversando com ela sobre a viagem lembro-me de Felipe, seja lá o que eles estavam fazendo, mas é minha obrigação perguntar eu tenho que cuidar da minha irmã sempre que minha mãe estiver fora...

-Vênus por que você saiu do quarto tão assustada?-Perguntei ainda abraçando ela

-Eu não tava assustada, tava triste em saber algumas verdades...

-Verdade? Que verdade Vênus, o Felipe encheu sua cabeça com besteira né?-Digo olhando pra ela...

-Ele disse que o Johnny ainda gosta da Isabela e que eles ainda andam se encontrando-Diz sentando-se na cama

-E você vai acreditar nele? Olha eu sei que não tenho nada a ver com sua vida, mas tu não deve acreditar nele, mesmo sendo seu amigo ele deve ter respeito com vocês agora mais que tudo você faz parte da família dele, você tem mais é que ser feliz para de escutar os outro mana...

-Prometo não acreditar nessas besteiras... Mas to fazendo isso por você que é o único que me ajuda.

-Bom mesmo, vou mandar o Johnny ter uma conversa com ele, isso não é coisa que se faz ainda mais com a cunhada...

-Você pode ir parando com essa historia de cunhada e cunhado beleza? Nós somos apenas amigos ainda. -Diz desviando o olhar

-Beleza, agora eu tenho que sair... -Digo levantando e indo ate a porta-Pode usar o vídeo game ou sei lá faz o que você quiser

-Ta bom, ate mais tarde..

Venus

Não sei o que ta acontecendo com o Igor, ele ta bem estranho parece que ta escondendo alguma coisa... Seja o que for espero que fique bem, essa viagem não deve ser nada, ele saiu de lá sem ninguém saber, isso já é passado nem tenho que ficar preocupada...

Não tem nada pra fazer, eu não quero jogar sozinha... Eu deveria chamar o Johnny, mas ele seve ta trabalhando agora mesmo assim acho que não seria ruim se eu pelo menos mandasse uma mensagem...

[14:00]

Eu: Johnny ce ainda ta no trabalho?

Johnny: To fazendo a ultima entrega, por quê?

Eu: Vem pra cá, todo mundo saiu e eu odeio ficar sozinha..

Johnny: Ta bom, daqui a pouco chego ai..

Eu: Ate daqui a pouco então...

[14:20]

Depois de algumas horas de tédio, fiquei olhando todos aqueles quadros no quarto de Igor, meu irmão parecia mais um apreciador da arte do que uma pessoa que apenas “gosta” dela...

Na estante tem varias fotos, e eu pensando que ele sempre as deixava guardadas, fotos comigo, fotos com Thiago, com Samuel e ate com Johnny... Ele só tem jeito de durão, mas no fundo é sentimental e carinhoso pra caralho... Decidi ligar a TV e ver o que estava passando, eu só queria me distrair ate Johnny chegar

Distraída com a programação da TV, escuto a companhia de casa, devia ser a terceira vez já, desço correndo pra atender e quando abro a porta vejo Johnny com um buque de flores e na outra mão uma caixa de chocolate, nesse momento ele me olha sorrindo e diz:

-Eu não sou muito bom com presentes, mas vi essas flores e ai resolvi parar e comprar pra você, claro junto com o chocolate também, não são aqueles presentes lindos e luxuosos mas é de coração-Diz ainda sorridente

-A Johnny não precisa se preocupar com isso, eu amei os presentes... E não precisa ser caro não, sendo com amor já basta... -Falo dando um abraço nele

-Fico feliz que tenha gostado, mas mudando de assunto... Cadê todo mundo?

-Minha mãe vai dormir no trabalho outra vez, e meu irmão saiu dizendo que iria resolver uns assuntos, entra ai... -Digo puxando o braço dele

-Então ta... -Diz quase tropeçando no tapete da porta

-Pode ir parando com essa vergonha, hoje vamos jogar de novo e eu não quero chorinho por causa de derrota não - Digo indo diretamente às escadas

-Então vamos ver quem vai perder hoje - Diz largando o capacete no sofá e vindo em direção a mim

Quando cheguei ao quarto, fui diretamente ao vídeo game e o liguei, logo em seguida Johnny entra e senta na cama...

Começamos a jogar e logo de primeira ele perde, dava pra ver a raiva estampada no rosto dele, estávamos tão concentrados no jogo que nem vimos à hora passar, o tempo logo se fechou com certeza essa noite iria ter chuva de novo e já que amanha não ia ter aula pedi para que ele dormisse em casa, afinal as ruas ficam muito perigosas quando esta chovendo...

-Ei que tal você dormir aqui de novo?-Digo encarando-o

-Vênus, se a sua mãe descobrir ela me mata!-Diz virando-se pra mim

-Só hoje, por favor, e não vai dar em nada... Tenho certeza que o Igor deve estar muito ocupado com esses tais assuntos, e ta começando a chover, você quere ter um acidente de moto?-digo me aproximando

-Não, claro que não Vênus! Ta bom eu durmo aqui, você conseguiu me convencer, só não quero que a Dona Lúcia puxe minha orelha depois- Diz sorrindo

-Bobo, é claro que ela não vai fazer isso, se fosse assim ela teria feito aquele dia mesmo, mas ela só soube te elogiar pelo carinho que teve por mim e pelo café da manhã

-verdade, ela sempre foi gentil comigo, não irei decepciona - lá nunca...

-Eu sei disso..

Desliguei as coisas no quarto do meu irmão e fui pro meu, no caminho recebo uma mensagem de Igor falando que iria dormir na casa de um “amigo”, pois o assunto ainda não tinha terminado, eu sei que ele tem controle sobre parte das coisas que esta fazendo, mas sobre isso eu estou realmente preocupada ainda mais sobre o fato de que Paulo esta de volta, tomara que o Igor não se meta em encrenca...

Quando entro no quarto vejo Johnny arrumando o sofá para dormir, paro na porta e fico dando risada ate que ele olha e fica parado com o rosto confuso...

-Porque ce ta rindo?-Diz me encarando

-Você ta arrumando o sofá pra nada né?-falo ainda parada na porta

-Não minha cara Vênus, eu to arrumando pra dormir mesmo - Diz voltando os olhos para o sofá

-Nossa precisa ser tão grosso assim?

-Desculpa, mas fala ai porque você tava dando risada?

-Ah porque eu vi naquele dia o quão dolorido tu ficou só por ter dormido no sofá, eu ia te chamar pra dormir junto comigo, pena que veio com grosseria!-Falo indo até a cama

-Nem fui tão grosso assim, e eu só fiquei com algumas dores nas costas nada demais... -Diz sentando-se no sofá- Eu vou dormir aqui mesmo, acho melhor a gente não dormir junto ainda...

-Larga de ser besta, vem logo pra cama não vai acontecer nada e se acontecer eu te jogo no chão, beleza?

-Ta bom, só não me joga da cama, vai que tu me quebra uma costela né- Diz rindo

-Eu tava brincando, mas acho que vou fazer mesmo se você continuar com essas gracinhas...

-Calminha amor...

Quando ele se levanta pra vir vejo que ele tinha algumas marcas de mutilação nos pulos, fico olhando por um bom tempo ate ver ele se deitando, conversamos ate 2h da manhã... Ele era tão carinhoso e ficou o tempo todo fazendo cafuné em mim, era inevitável não dormir...

O que resta agora é cuidarmos uns dos outros, pois sei que o pior ainda está por vir...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...