História O Encontro (Imagine Kim Taehyung ) - Capítulo 86


Escrita por: e ktrouxa0123

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, Kim Taehyung, Revelaçoes, Romance
Visualizações 40
Palavras 681
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 86 - "Gripe"


Hwang on:

...Eu pego a caixa e a abro,e pra minha surpresa dentro da caixa tem:Um gato branco.Espera.Um gato?O pequeno animal de olhos azuis quase cinza de tão claros me encara.Eu o aconchego em meu colo e faço carinho nele que ronrona.Ao olhar dentro da caixa vejo um cartão.E uma coleira.Pego o cartão e sorrio ao ler: "O que você pede que eu não faço meu príncipe? Beijinhos,da Omma".Minha mãe, é sem dúvidas,A MELHOR!

Então,vou pra parte que eu mais estava esperando.Pego a coleira do gatinho e a seguro enquanto o Observo.Que nome posso por? Solto o pequeno animal no sofá e vou até cozinha para pegar uma caneta permanente para escrever na coleira e quando eu volto vejo o pequeno gatinho me observar atentamente enquanto volto ao sofá e me sento ao seu lado ainda o observando.Meu Deus,estou apaixonado pelos olhos do gato.Parece os olhos daquele personagem do Harry Potter...Qual é mesmo o nome dele?

Pego meu celular e abro o Google: "Personagens de Harry Potter".A resposta apareceu bem na minha frente junto com o nome do meu gatinho.Malfoy.Sem pensar pego a caneta e escrevo o nome, penduro na coleira e faço carinho em Malfoy:

-Malfoy... Você gosta desse nome?-Ele ronrona então entendo como um sim.Pego Malfoy e o levo até meu quarto-Eu vou no mercado comprar seu comedouro e seu bebedouro,volto logo!-Fecho a porta e saio de casa me sentindo completamente responsável.

 Sulli on:

Assim que aula acabou me dirigi a saída junto com minhas amigas,mas fui surpreendida por uma mão tapando meus olhos:

-Seja lá quem for fala logo quem é!-Em um rápido a pessoa tira suas mãos de meus olhos e me abraça.E é aii que sinto o cheiro do meu Primo.

-Adivinha quem é baixinha...-Chin fala debochado.Me solto do abraço e o encaro de frente:

-O que você quer?-Ele põe as mãos no peito em falsa ofensa

-É assim que você trata seu priminho querido?-Dou risada.

-Tudo bem priminho querido,me diga o que você quer?

-Eu queria saber....queria saber...queria...-Dou um tapa em seu ombro-Aii!Porque estou sendo agredido?

-Fala logo! Não tenho o dia todo!-Ele sorri do meu mau humor

-Vamos almoçar juntos?-Fico um pouco perplexa

-Ah,bem...eu não trouxe dinheiro...Eu estava indo para casa almoçar...

-Não se preocupe baixinha!Eu pago pra você!-Fico envergonhada,quando vou argumentar ele me interrompe -Não aceito um não como resposta...-Sorrio

-Tudo bem priminho! Você me ganhou!-Falo entrelaçando meu braço ao de meu primo e me caminhando para saída até sermos parados por algumas garotas do 7° ano:

-Olha só, vocês também são um casal? Parece que não existe regras na "família" de vocês!-Reviro os olhos e puxo Nam para um espaço ao lado delas para sairmos logo dali mas elas nos impedem novamente-Você vai me ignorar?-Olho para Chin como se elas não estivessem ali:

-Viu só Chin?Eu te disse que a gripe do recalque tava rondando a escola, melhor a gente tomar cuidado para não pegar também-Chin se segura para não rir e a garota me fuzila:

-Você pensa que é quem?Você acha que é importante só porque seus pais são famosos?-Solto o braço de Chin e me aproximo da garota ficando frente a frente com ela.Não me importava com mais nada.Só em calar a boca daquela garota.

-E se for?-Ela sorri ladina.

-Ah por favor!O que uma vadia anã como você pode fazer?-Ela nem me ofendeu tanto assim.Mas aquilo foi a gota da água.Minha mão involuntariamente foi parar na cara dela fazendo soar um alto estampido pelo corredor e garota gritar.Ao ela tirar a mão do lugar onde a bati posso ver a marca de meus dedos-Você é completamente louca!-Empurro a garota na parede fazendo todos se afastarem.

-Isso é o que a vadia anã aqui pode fazer.E acredite:Eu posso fazer muito pior.Então, é Melhor você rezar pra que eu não te ouça falando qualquer coisa a respeito de qualquer um da minha família,sua piranha!-Falo a encarando firmemente.Uma parte de mim sentia pena dela.Mas no geral eu só conseguia sentir raiva dela.Me afasto dela, vendo todos me observarem e Chin sorrir com orgulho.Ao me aproximar dele ele me abraça e sussura em meu ouvido:

-Essa é a minha priminha!-Dou risada

-Vamos sair logo Daqui!-Falo pegando na mão de Chin e o puxando para longe da escola.


Notas Finais


É treta que você quer @? Então toma! Beijinhos de luz!E até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...