História O engano perfeito||Suga|| - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias A.C.E, Bangtan Boys (BTS), Monsta X
Personagens Chan, Donghun, I'M, Jason, J-hope, Jimin, Jin, Joo Heon, Jun, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Won Ho, Wow
Tags Bts, Namjoon, Suga, Taetae, Yoongi
Visualizações 55
Palavras 2.366
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Um novo caminho


Quando abri os olhos estava no banco de trás de um carro, o carro balançava e ia rápido, vi Suga dirigindo. Ele não percebeu que acordei então fiquei ali quieta. Eu não sabia se podia confiar nele, as palavras de Nam socava minha consciência - ele vai mata-la - quando ele me jogou pelo parapeito eu só pensava nisso, agora não sabia mais nada; não que eu soubesse antes.

Ele começou a cantar uma música em coreano de um grupo famoso, B,S&T do BTS, ele cantava muito bem, fiquei quieta escutando e não resisti e comecei a cantar e ele se assustou; ele parou o carro e me encarou.

- Você canta bem - eu disse - onde estamos?

- Eu tenho um abrigo aqui perto, vamos ficar lá por enquanto.

- Estamos muito longe do complexo? - eu perguntei - estamos seguros?

- Eu não gosto de muitas perguntas Alira - seu tom era de ameaça

  Me calei, ele ligou o carro novamente, deu partida e eu deitei no banco de trás, ele não fazia questão de checar se eu estava bem; talvez ele nem se importe comigo.

  Eu ainda estava fascinada por ele apesar da situação, ele era bonito, forte e era inteligente, sabia sobre minha vida e outras milhares; fora treinado para isso. Alguns minutos depois Suga parou o carro em frente a uma cabana escondida nas árvores, era quase imperceptível.

  Era muito bem escondida, Suga apertou alguns botões no carro e uma passagem no chão se abriu, eu fique boquiaberta, no subsolo o lugar era gigante. Era revestido de paredes metálicas, havia portas e corredores.

- Seu conceito de abrigo é meio estranho, isso 'tá mais pra uma fortaleza - eu disse.

- Eu mandei construir há 3 anos, ninguém conhece este lugar, aqui é um refúgio; tem alimento, armas sistemas de segurança e daqui eu tenho acesso a tudo no mundo. - respondeu ele - é bem legal.

- Deve ter custado uma for...

- 3 bilhões de Dollares - eu quase caio no chão do carro - estou pensando em reformar.

  Ele parou o carro em frente a uma das portas e ela se abriu, ele estacionou e nós saimos. Comecei a olhar em volta, havia câmeras para todo lado, sensores e pequenas portas no teto que eu imagino ser o sistema de segurança.

  Ele me mostrou o lugar; era grande mas era facil se localizar, havia 10 suites, uma cozinha enorme, varias garagens, havia 4 salas de vigilância, área para treino de artes marciais e uma academia e uma sala com vários sofas e puffs e almofadas cobriam o chão, sem contar os travesseiros  no sofa - ele realmente tinhas muitas almofadas e muitos travesseiros - eu me joguei no chão fofo e lá comecei a chorar.

- Ali você esta segura - ele disse elevando um pouco a voz - pare de chorar!

- Eu preciso de um tempo tá! - eu disse com a voz abafada pelo chão fofo - estou com fome.

- Você podia preparar algo pra nós, você ganhou vários concursos de culinária mesmo.

- Pensei que você não tinha acesso a minha ficha. - eu disse incrédula.

- Agora tenho - ele mostrou o IPHONE com um vários arquivos de texto.

  Eu me levantei e segui para a cozinha, olhei na geladeira decidi fazer fazer frango empanado. Depois de temperar o frango e preparar os ingredientes para empanar comecei a cantarolar o ritmo de B,S&T enquanto manuseava a cestinha da fritadeira. Enquanto o frango fritava preparei um suco de uva.

  Suga apareceu atrás de mim quase me fazendo derrubar a jarra de suco, ele se direcionou a bancada e roubou uma pedaço do frango que já estava pronto e me encarou profundamente. 

- Esta uma delícia - balbuciou ele - você realmente é boa nisso.

  Antes que eu pudesse responder ele já tinha se afastado, eu estava com a cabeça explodindo; queria dar pulinhos. - ele disse que você é boa Ali, não estraga isso - Depois de arrumar os pratos e os recipientes na bancada que servia como mesa fui atrás do Yoongi.

  Ele estava dormindo no chão abraçado a um travesseiro bege, ele parecia tão fofo e vulnerável mas eu sabia que tipo de pessoa ele era, um agente que já matou e já torturou pessoas que talvez não merecessem.

- Yoongi! - eu disse mexendo em seu cabelo - Yoongi acorde! A comida esta pronta.

- Hum...tô indo - sua voz grave era fofa porém ameaçadora.

  Seguimos para a cozinha, sentamos lado a lado. Comemos em um silêncio que me irritou. Ele parecia estar gostando do meu trabalho com a comida, ele lambia os dedos e bebia o suco. Depois do jantar ele me ajudou a lavar os pratos e a arrumar a cozinha.

- Vamos, eu mostro onde você vai dormi Alira.- ele disse assim que acabamos o trabalho - seu quarto vai ficar ao lado do meu, qualquer coisa é só pedir.

- Okay!

  Senti vontade de pedir para dormi com ele, não só porque gosto dele, mas sim porque eu não queria ficar sozinha. O quarto era bem grande, como tudo naquele lugar. Havia uma cama King-size, um pequeno sofa de couro branco, puffs listrados, um bau em frente a cama; uma escrivaninha com um abajur e um closet; e claro o banheiro super luxuoso parecido com o do quarto de Nam no complexo.

  Eu simplesmente me joguei na cama e lá fiquei, alguns minutos se passaram e Yoongi apareceu com a minha mala que eu nem sabia estar com ele aliás. Tomei um banho demorado, a água quente me fez sentir nova; mas quando acabei fiquei encarando o grande espelho do banheiro.

  Minha aparência era horrível, eu tinha várias marcas roxas pelo corpo todo, minhas coxas nem haviam sarado completamente e eu tinha que procurar um kit de primeiros socorros pra fazer outro curativo.

  Depois de vestir uma camisa que parecia mas um vestido que uma camisa, e um short de algodão fino fui atrás de suga para ver onde podia achar o kit de primeiros socorros. Bati na porta com receio de acorda-lo mas ele abriu a porta e sorriu.

- Você esta bem? - perguntou ele,eu me surpreendi com a pergunta - precisa de algo?

De você Suga, eu preciso de você

- Preciso fazer um novo curativo nas minhas coxas, você tem um kit de primeiros socorros nessa fortaleza?

  Ele pediu licença e entrou no quarto que eu estava e eu o segui, ele foi ate o banheiro e se abaixou no armário de mármore em baixo da pia.

- Todos os quartos tem um kit desses - disse pegando o kit e me entregando, seu tom era de orgulho - quer ajudar?

- Se você quiser ajudar - eu disse indiferente. 

  Ele sorriu e nós sentamos na cama, comecei os procedimentos de limpeza dos utensílios, eu era médico mas aquele kit era bem mais equipado de aquele que eu tinha no meu apartamento. Eu pedia cada item pra ele e o fazia corretamente, ele me ajudou a passar a gaze ao redor da coxa.

  Sua pele rossava a minha e eu sentia pequenos arrepios. Sua pele era macia e fria.

- Clarien fez tudo isso com você? - ele disse.

  Eu apenas concordei com a cabeça e relembrei os horríveis momentos com ela.

- Você deve ser uma questão pessoal e tanta, Ali - ele exclamou - nunca a vi chegar tão longe com alguém.

- Eu nem sei o porque dela não gostar de mim dessa forma - respondi - eu comecei a faculdade de medicina a alguns anos ela já estava quase se formando, então ela começou a implicar comigo, fazia fotos maldosas e comentários terríveis de mim, e ela quase me roubou o Lucas no último semestre dela.

- Lucas? - ele pareceu surpreso.

- Meu ex, terminamos antes da viagem - ele pareceu aliviar - ele não queria que eu saísse do país sem ele mas ao invés de vir comigo ele decidiu terminar.

  Terminei os curativos da coxa e de outros machucados que eu tinha, ficamos em um silêncio estranho; eu me aproximei e acariciei seu rosto, ele fechou os olhos e pareceu ficar tenso. Eu cheguei perto e ele ficou mais tenso ainda; então me afastei.

  Ele foi para quarto dele e ali eu fiquei com um sorriso bobo, nunca havia ficado realmente perto dele assim. Eu fiquei rolando na cama macia, eu não dormia direito fazia tantos dia, também tinha perdido a noção de quantos dia eu tinha ficado presa.

  ★★★ Dream★★★

  Abri os olhos e vi Yoongi parado olhando para mim na cama, ele vestia uma camisa de manga comprida listrada vermelha e cor de pele com uma bermuda azul e amarelo. Ele ria alto e apontava para mim, eu olhei meu corpo de baixo do lençol e havia  uma mancha de sangue e minhas mãos também estavam sujas de vermelho, eu comecei a sentir dor e então vi alguém deitado ao meu lado.

  Era Tae que também parecia estar machucado, ele gritava algo em coreano para Suga - ele vai mata-la - eu acordei com um grito e estava suada, eu conseguia sentir os batimentos do meu coração.

  Fui ate o banheiro lava o rosto, eu estava vermelha e o olhos pareciam inchados. Ouvi uma batida na porta e me assustei; abrir encontrei Yoongi com um olhar confuso.

- Eu ouvi um grito - ele disse - você 'tá bem?

- Sim, só tive um sono ruim - eu disse com a cabeça baixa - eu não quis te assustar, perdão.

- Eu posso ficar aqui até você cair no sono - ele disse coçando a nuca - se você quiser, claro!

- Eu me sentiria melhor se ficasse.

  Eu deitei na cama e ele ao meu lado, ele acariciou meu rosto e eu congelei. Então ele se virou para o lado e eu para o outro, ele começou a cantar, meu corpo queria adormecer mas minha mente queria ficar escutando ele mas o cansado foi mais forte.

  Quando abri os olhos olhei o relógio na escrivaninha ao lado da cama, eram quase meio dia; Yoongi dormia profundamente, ele dormia agarrado ao travesseiro então logo deduzir ser uma mania dele.

  Eu levantei e fui tomar banho, decidi usar a banheira, eu sou brasileira então isso não era comum para mim, mergulhei na água quente e fiquei respirando o odor gostoso do óleo de banho que exalava um cheiro de avelã e jasmim.

- Ali você tá ai? - ouvi Suga dizer ao bater na porta.

- Estou, não se atreva a entrar ou eu mato você - eu disse, sabendo que antes mesmo de tentar ele me derrubaria.

- Quer mesmo tentar?

- Não! - eu gritei.

  Ao sair do banheiro ele não estava mais no quarto, vesti uma camisa de moletom verde e uma bermuda preta de cintura alta e fui procura-lo. Ele estava jogado no chão da sala - agarrado ao travesseiro - eu apenas me joguei ao seu lado.

- Você me ajuda a preparar o almoço? - eu perguntei.

- Eu imagino não ter escolha - disse Suga - mas já que eu também vou comer seria bom ajudar, não que você precise.

  Fomos para a cozinha, decidimos preparar churrasco coreano, eu não sabia fazer, nem sabia que tinha diferença entre o churrasco coreano e o brasileiro. Ele me ensinou tudo mas boa parte ele foi ele que fez.

  Comemos em silêncio outra vez, pensei em perguntar sobre IHit-Lost mas lembrei que da última vez não deu certo, então disse.

- Porque você parou de ir me visitar na sela da IHit-Lost? - eu disse sem consciência e logo me arrependi.

- Eu estava ocupado - ele disse sem expressão - sentiu minha falta?

- Eu só não queria ficar sozinha.

  Depois de comermos eu me ofereci para arrumar a cozinha sozinha pois ele tinha feito o almoço quase todo. Fiquei sozinha no cômodo pensando; eu estava preocupada com meus pais, eu não tive contato com ele há dias, nem sabia quantos dias eu havia ficado presa.

  Arrumei tudo e fui para a sala, Yoongi estava assistindo um filme de ação, ele ria e assim que me viu indicou o lugar no sofa ao seu lado; sentei ao seu lado e só ai que eu parei para pensar, aquela tv não estava ali antes.

- De onde saio esse monstro? - indiquei a tv enorme.

  Ele pegou o controle ao seu lado e apertou um botão e a tv foi coberta pela parede, apertou de novo e o bloco da parede foi para trás e para o lado revelando a tv novamente. Esse cara deve ser um bilionário e tanto.

  Ficamos vendo um filme, mesmo sendo de ação continha várias cenas engraçadas, nós rimos muito e foi divertido. O filme já estava quase no final quando percebi que Yoongi dormia - sempre agarrado ao travesseiro - eu fui até o quarto dele e peguei um cobertor e o cubri.

  ★Quebra tempo★

  O filme já havia terminado a um tempo, eu estava na cozinha tomando suco quando decidi sair andado pela fortaleza do Yoongi. Cheguei em uma dala espelhada como aquelas de Ballet e comecei a dançar, eu era dançarina de Ballet, hip-hop, e outras tipos de dança mas eu havia parado por causa da faculdade de medicina.

  Depois de alguns minutos vi através do espelho Suga me olhando, eu ri e fui em sua direção, seu cabelo estava bagunçado e os olhos escurecidos pelo sono; ele me puxou e começou a cantar I need u, percebi que ele gostava de BTS, eu também era uma fã então ficamos cantado e dançado.

- Você me deixou dormindo sozinho Ali - ele disse - achei que tinha fugido.

- Você me deixou vendo o filme sozinha e nem por isso tô reclamando, então bico calado.

- Me obrigue, Alira - exclamou ele.

- Não, você faz o que quiser - eu disse andando em direção meu quarto.

  Chegando no quarto me joguei na cama e Suga ao meu lado, eu o encarei com um olhar que dizia o que você pensa que está fazendo? Mas por dentro eu não queria que ele passasse um segundo longe de mim.

  Ele se aproximou e me envolveu com um abraço e eu adormeci. 


Notas Finais


Hiou bolinhos de arroz, espero que estejam gostando, já estou nervosa e pensando em desistir. Mas vou ficar ate consegui fazer vocês gostarem. Amo vocês. - Beijos da Pedaço de gente, Maque MonHine♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...