História O Espelho I Vkook;Taekook (ABO) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Jungkook, Ômega, Taehyung, Taekook, Vkook
Visualizações 98
Palavras 1.505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - O Gatinho Estraga Prazeres


Fanfic / Fanfiction O Espelho I Vkook;Taekook (ABO) - Capítulo 2 - O Gatinho Estraga Prazeres


Acordei ouvindo pássaros cantarolar lindamente. Abri os olhos e sentei na cama, ainda raciocinando tudo. Meu corpo se balançou na cama, assustado ao perceber que ainda estava naquele local. 

Tae - Eu ainda estou aqui? Aaaaahh não, eu não acredito! Então, não foi um sonho? - olhei para trás e o Jungkook estava encostado na cabeceira da cama me olhando. 

Jk - Bom dia garoto fofo! - sorri

O encarei envergonhado vendo seu abdômen a mostra e sua calça branca com alguma coisa a marcando levemente. 

Tae - Bo-bom dia Jungkook... - falei desviando o olhar de sua íris azul. 

Jk - Eu estaria no castelo agora, se um dos guardas do castelo não viesse me chamar. 

Tae - Eles vieram? 

Jk - Éhhh... 

[ Flashback on ]

Guarda Real - Vossa Majestade, o seu pai lhe chama para um chá com-

Jk - Não. - fecho a porta normalmente. 

[ Flashback off ]

Jk - Eu sinceramente prefiro ficar aqui... Bom, eu vou tomar um banho naquele lago, daqui a pouco eu volto. 

Tae - A-a-ah, ok! 

Ele sai e eu fico emcima da cama pensativo. 

Será que eu aceito estar preso nessa realidade?... Hm fazer o que, né? E pelo que parece, não vou voltar tão cedo. 

Comecei a limpar a casa, até que achei uma pequeno quadro muito empoeirado. O limpei e vi o Jungkook perto de um rei, uma rainha, um outro príncipe e uma pessoa um pouco separada deles com uma coroa também. 

Jk - O que você está fazendo? 

Tae - Oh, só vendo uma foto... - ele se aproxima e vê a foto, logo sorrindo. - Essa é a sua família? 

Jk - Sim... Bons tempos, quando eu vinha para cá e me divertia com a minha tia. 

Tae - Aqui é a casa da sua tia? 

Jk - Era... - ele olha para o lado com uma expressão triste - Ela se foi, mas está tudo bem. Até por que, as pessoas não vivem pra sempre e eu sei que minha tia fez sua parte aqui nesse mundo... Ela era uma ótima pessoa! 

Tae - Oh, eu sinto muito... 

Jk - ... Quer que eu te ajude? 

Tae - Não precisa, você já fez demais por mim, sendo que sou completamente um desconhecido pra você. - ele sorri

Jk - Me desculpa caro garoto fofo, se eu sou uma pessoa gentil. 

Tae - Taehyung. Mas é por-

Jk - Me deixe te ajudar, apenas. 

Tae - .. Ok! 

Eu limpei um lado e ele o outro. 

Jk - ... Taehyung? 

Tae - Sim? 

Jk - Você pode limpar a parte de cima dessa estante? Eu te ajudo alcançar. 

Tae - Ah, claro! 

Aceitei ajudá-lo, já que o mesmo fez bastante por mim, só nesse tempo que passamos juntos. Ele me pegou no colo e eu passei o pano, deixando bem limpo. 

Tae - Já pode... 

Olhei para o mesmo, enrolei devagar minhas pernas em seu corpo para me apoiar e a gente se aproximou, quase nos beijamos, o que atrapalhou? A porta abriu sozinha e isso me assustou, me fazendo encolher, colocar minha cabeça em seu ombro e lhe abraçar fortemente. 

Jk - O que foi? 

? - Que cena mais fofa Jungkook. - olhei para o chão e vi um gato branco como a neve, de olhos azuis. - ... Não precisa ter medo de mim gatinho. Eu sou do bem. - ele sobe emcima do sofá. 

Jk - O que você faz aqui? - falou um pouco irritado e me pôs de volta ao chão. 

? - Eu estava só dando uma volta, quando sinto o cheiro do meu amiguinho misturado com um cheiro... Mais doce. 

Jk - Eu já falei pra ficar distante de mim. 

? - Eu sei, eu sei, mas é que eu só queria avisar que ele não vai gostar nada disso, você sabe que ele é preconceituoso. 

Jk - Você também é igual a mim. 

? - É, mas não sou eu que- o Jungkook logo tampa a boca dele. 

Tae - Eu não estou entendendo nada. 

Jk - Ele só fala baboseiras, nada com o que se importar. 

O gatinho me olha de cima a baixo. 

? - Hmm.. Você arranjou um homem perfeito! - falou em um tom sedutor

Tae - Como assim? 

? - Para ser o parceiro dele na cama. 

Jk - Min Yoongi!! 

Tae - Como assim? Pra dormir? 

Yg - Claro que não. Você não-Ohh, ele é inocente, isso é tão fofo e raro! Pra sua idade, você está bem atrasadinho, hun? 

Tae - Atrasado? 

Yg - Acho que não vai ser só na cama, hã?... MEEEEEOOOOWWNNN!!... A OUSADIA! 

O Jungkook tinha o pegado e jogado para fora da casa. 

Tae - Jungkook! Deixa o gatinho. - o peguei e começei a massagear seus pelinhos - Isso são formas de tratar um animalzinho indefeso? 

Jk - Indefeso? - ele sorri sem mostrar os dentes. - Só pode ser brincadeira uma merda dessa. 

Tae - Você está bem? 

Yg - Melhor agora gatão! 

Entramos dentro de casa e o Jungkook estava vestindo uma camisa diferente da que eu tinha visto ele vestido ontem. Era uma camisa totalmente preta. 

Jk - Se for pra dividir o mesmo cômodo que ele, eu estaria fora, mas não confio nele ficar com você aqui sozinho. 

Yg - Você não volta pra lá desde ontem, a mamãe e o papaizinho devem estar preocupados. 

Jk - Eles sabem que eu consigo me virar sozinho! 

Yg - Eu não acho seguro esse gatinho ficar com uma pessoa agressiva como você. 

Tae - Ele não é agressivo! Ele é... Ele é um doce de pessoa, ok? 

Yg - Desculpa gatinho, eu não queria atingir você de tal forma.

Ficamos em silêncio e logo minha barriga ronca baixinho, mas os dois ouvem. 

Yg/Jk - Quer que eu faça algo para você comer? 

Tae - Eu vou fazer sozinho e não quero ouvir vocês brigando, por favor gente. 

Começei a esquentar a água para fazer já um almoço. Eu não tinha idéia de que horário estava marcando naquele momento, mas o sol estava um pouco quente, então supôs ser onze ou meio-dia. 

O Jungkook saiu e o Yoongi se aproximou e ficou se alisando em minhas pernas. 

Yg - Quantos anos você tem gatão? 

Tae - 18 aninhos. 

Yg - Iti! Iti! 

Tae - E você? 

Yg - 25 anos. 

Tae - Você sabe quantos anos o Jungkook tem? 

Yg - Ele tem 23 anos. Mas voltando ao assunto, que somos nozes, qual é o seu nome? 

Tae - Taehyung. 

Yg - O meu é-

Tae - Min Yoongi!

Yg - Como sabe? 

Tae - O Jungkook gritou seu nome. 

Yg - Ah, é verdade... Dá pra tirar o nome Jeon Jungkook da nossa conversa? - falou sentando olhando pra cima, pra mim no caso, com uma carinha fofa irritado. - ... Você quer saber o que é sexo meu caro? Quem sabe nois faz um dia. 

Tae - O que é? É uma brincadeira? 

Jk - Taehyung? Você quer... Frutas? Eu acredito que o almoço vá demorar um pouco. 

Tae - Ai, eu amo uvas! Quero! 

Sentamos na cama e eu comi algumas das frutas que ele trouxe. Estavam geladinhas, de alguma forma. O Jungkook me encarando igual um bobinho apaixonado e o Yoongi... Não dava pra saber, ele estava com uma cara de bunda que todos os gatos fazem. 

Tae - Uma pena não ter geladeira pra mim fazer piquenique. 

Jk - O que é geladeira? 

Yg - Ah? Gefaleira?

Jk - Não é gefaleira, ele disse geladeira. 

Yg - Garfaneira? 

Jk - Geladeira. 

Yg - Granolândia? 

Jk - Quê? 

Tae - Esquece. Eu vou olhar o arroz. 

Enquanto eu estava de costas para eles, os mesmos cochichava, mas dava para entender perfeitamente. 

Jk - Você tem que parar de falar essas coisa pra ele. 

Yg - Falar o que? 

Jk - Não se faça de sonso. 

Yg - Desculpa se eu não te compreendo... Você sabe que ele está nos ouvindo, não sabe? 

Jk - Oh, é verdade. 

Voltei a ficar na cama, só que deitado de costa pra eles. 

Jk - Taehyung? 

Tae - Hmm? 

Jk - Você está bem? 

Tae - Sim, eu só quero me deitar um pouco.

Logo, senti o corpo do Jungkook se juntar ao meu por trás e o mesmo me abraçar, com apenas um braço, pela cintura. E o Yoongi se encosta na minha frente, deitando e sentindo minha mão em seus pelinhos, mas o Jungkook me virou para sua frente e nos olhamos por alguns segundos. Escondi meu rosto em seu peitoral e senti os pelos fofos do Yoongi passar em minhas pernas e chegar em minha barriga. 

Depois do almoço, o Yoongi foi embora. 

Yg - Infelizmente, eu tenho que ir. Bom, até! Outro dia eu volto, não se preocupe. Talvez amanhã. 

Jk - Talvez nunca mais. - cruza os braços irritado e fazendo bico. 

Yg - E eu vou voltar por você, Jeon Jungkook. 

Jk - Mereço. 

Tae - Tchau gatinho fofo! 

Yg - Aaaahhh~~ Tchau gatão! 









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...