1. Spirit Fanfics >
  2. O estranho relacionamento de mim e meus problemas >
  3. Oitavo

História O estranho relacionamento de mim e meus problemas - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Oitavo


Espero até amanhecer para me levantar, tudo parece ótimo... Mentira! Mamãe não está em casa, minha felicidade podre durou pouco... Finjo que tudo está bem e levo minha irmã para a escola.

Volto para casa, não vou para a escola hoje, preciso encontrar a mamãe, onde será que ela está? Já nem sei mais, procuro um longo tempo até que eu a encontro. Sei que as aulas já acabaram e minha irmã pode ter estranhado eu não ir buscá-la, então envio uma mensagem para ela pegar um ônibus porque vou ter que ficar para fazer um trabalho.

Deixo minha mãe em casa antes de Lisa chegar, ela está mal, mas dou uma arrumada nela e a deito no sofá, até que durma...

Saio com pressa pois Clementine já deve estar me esperando na loja de tecidos...

Chego lá e ela já está escolhendo.

Cle- Ah, oi! Por que não foi para a escola hoje? Eu já estou escolhendo...

Eu- Uns problemas...

Cle- É sua mãe né? Ai, sinto muito!

Eu- Nada, já está tudo bem, esse daqui parece ser bacana... Olha aquele!

Nós passamos aproximadamente uma  hora escolhendo tudo e finalmente deixamos a loja.

Cle- Até que você tem bom gosto, capitão!

Eu- Sei um pouco de estilo também!

Cle- Sério que quer ser artista?

Eu- Não, não sei... Inventei aquilo na hora...

Cle- Ah... Pensei que quisesse... O que você realmente quer ser quando se tornar maior, sabe, parar de estudar na escola?

Eu- Sabia que eu já tenho 23?

Ela fica surpresa e deixa isso bem claro.

Cle- Sério? Pensei que tinha 17, 18...

Eu- Como assim, eu sou bem crescido, nem pareço ter essa idade.

Cle- Ah, pensei que você, sei lá, tinha se desenvolvido rápido...

Eu- Já era para eu ter saído dessa merda de escola faz tempo, já era para eu ser alguém sabe?

Cle- Não fale assim, você é alguém, é um grande homem! Você não é idiota como os outros meninos da escola... Mas por que você repetiu tanto assim?

Eu- É que meu pai deixou a mamãe, e por isso ela ficou toda assim, daí eu tive que virar pai... Entende?

Cle- Ah...

Ela olha para mim e me abraça, caraca essa menina é linda demais! Eu logo sinto os efeitos dela em mim... Nesse momento não penso em outra coisa senão nela... Será que ela percebe isso.

Cle- Hoje na escola umas meninas idiotas disseram que você tinha tido relações sexuais com aquela Louise, eu disse para ela calar a boca e parar de espalhar boatos idiotas sobre quem ela não conhece, que você não é um garoto qualquer! Eu odeio aquelas bobas!

Eu- Estavam falando que eu fiz amor com ela? É... Eu fiz!

Ela faz uma cara estranha e me observa.

Cle- Sério isso? Eu te defendi, achando que era mentira...

Eu- Foi mal, e obrigado por me defender, não gosto de fofocas... E sim, elas são idiotas!

Cle- Vocês estão namorando?

Eu- Não, foi só isso!

Cle- Foi sua primeira vez, tipo... Já namorou antes? Desculpe perguntar, não precisa responder.

Caraca, chegamos no limite! Ela me pergunta cada vez perguntas mais difíceis...

Eu- Nunca namorei com ninguém... Quer ir comer um hamburger comigo?

Eu tento mudar de assunto para que não fique mais tenso, mas ela continua pensativa, não sei no que pensa, mas provavelmente, "ele é mais um típico idiota". Sou mesmo, infelizmente.

Cle- Acho que não vai dar, tenho que voltar para casa, senão meu pai vai me matar se ele chegar e eu não estiver lá...

Eu- Então tá, se cuida! Olha, sabe aquilo, não foi porque eu quis...

Cle- Não se incomode, é normal, ainda mais você que já tem 23!

Eu- Até depois então!

Cle- Ok!

Ela me abraça para se despedir, neste momento sinto o conforto de ter certeza de que ela está de bem comigo.

Eu compro 3 hambúrgueres e volto para casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...