História O Fada do Dente - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Agust D, Bangtanboys, Bts, Comedia, Fluffy, Jigi, Jimin, Kid, Kid!au, Min Yoongi, Minimini, Oneshot, Park Jimin, Romance, Suga, Sugamin, Suji, Sumin, Yaio, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 152
Palavras 1.111
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Bônus


°•.•°•.•°•.•°

Alguns anos se passaram e os garotinhos cresceram, obviamente não tanto quanto a amizade que ficava ainda mais forte a cada momento. Eles agora dividiam um apartamento já que já estavam grandinhos para morarem com os pais. Se Yoongi já gostava do baixinho de cabelos loiros que era seu melhor amigo, agora nem sabia mais o que aquele sentimento era. Amor? Talvez fosse, talvez Min Yoongi estivesse realmente amando Park Jimin, mas além de não ter certeza, não queria dar um passo maior que suas pernas e estragar tudo, sua amizade de anos era muito mais importante que um sentimento provavelmente não recíproco.

Era aniversário de vinte anos de Yoongi e os pais dele combinaram de fazer uma pequena festinha em sua casa, e mesmo sem gostar desse tipo de coisa, Yoongi aceitou, afinal os pais do crush, quer dizer, melhor amigo, também iriam e Jimin poderia matar a saudade já que não os via a quase um ano por conta da correria da faculdade e do dia a dia.

Jimin estava entediado mexendo no celular enquanto Yoongi terminava de amarrar o cadarço de seu All Star vermelho, e como ele gostava daquele tênis, afinal havia sido presente de aniversário de seu baixinho no ano passado. Ele conhecia muito bem os gostos de Yoongi.

_Yoongi, você vai chegar atrasado na sua própria festa de aniversário! - alertou o loiro encarando novamente seu relógio de pulso.

_Já estou terminando amigo, sem pressa! - brincou Yoongi enquanto corria até a frente do espelho para arrumar os cabelos ainda bagunçandos.

_Aproveita que você está atoa e pega a minha jaqueta no guarda-roupas por favor. - Yoongi pediu e Jimin assentiu e caminhou até o guarda-roupas o abrindo.

_A verde ou a preta? - perguntou o loiro.

_A preta! - respondeu Yoongi, Jimin pegou o cabide com a jaqueta e viu um pequeno recipiente de plástico cair do bolso da mesma. Se abaixou, pegou o vidrinho e ficou o encarando por alguns instantes antes de perceber que aquilo que havia em seu interior era bem familiar para o próprio, era do próprio. - Jimin, é pra hoje! - alertou o garoto tirando o rapaz de seu transe interior. - Jimin?

_O que é isso? - perguntou o rapaz atônito erguendo o potinho de acrílico na altura de seu rosto. Se Yoongi estivesse contando a história diria que a alma fugiu do corpo ao ver o semblante sério do rapaz que julgava doce e meigo. - Eu te perguntei o que é isso Yoongi!?

_Eu posso explicar! - afirmou o garoto de forma automática, ele sabia que certamente Jimin ficaria zangado e decepcionado consigo por ter mentido e o feito acreditar em algo irreal por tanto tempo.

_Era você, não era? - Jimin perguntou com os olhos cheios de lágrimas.

_Jimin, por favor. - correu até o rapaz e segurou seus ombros. Ele não imaginaria que isso poderia machuca-lo. - Eu não queria mentir pra você, eu só queria te ver sorrir, não poderia te ver chorando decepcionado com a realidade. Acha que eu queria ver você acordar de manhã e ver que as coisas não são como pensou que fosse? Acha que eu seria capaz de ver aquele tubarãozinho bangela chorar na minha frente sem fazer nada? - Jimin abraçou o amigo e escondeu o rosto em seu pescoço, se permitindo chorar, não que aquele fosse um choro de tristeza e decepção, muito pelo contrário, era de felicidade e orgulho, porque aquele simples gesto, significou mais do que Min Yoongi poderia imaginar.

_Yoonie... - murmurou Jimin fungando e afastando o rosto do rapaz de madeixas platinadas.

_Baixinho, não chora senão eu choro também! - Yoongi disse passando os polegares na bochecha do rapaz e tirando parte dos resquícios de lágrimas que ainda haviam ali. Era a oportunidade perfeita para Jimin fazer aquilo que queria ter feito a pelo menos uns oito anos atrás quando começou a reparar que o sorriso de seu Hyung era mais bonito que o de todos os outros e se perguntava como seria se ele o beijasse. Jimin levou as mãos até a nuca do amigo e ficou o observando, com receio de prosseguir, afinal era seu melhor amigo ali, e até onde ele conhecia Yoongi, ele era hétero. Aproximou seus rostos e selou seus lábios, certamente se arrependeria disso depois, mas não se importava agora, até porque aquele era um beijo repleto de sentimentos, os mais puros e bonitos. Talvez fosse soar como exagero dizer que Park Jimin sentiu todos os pelos de seu corpo se arrepiarem ao sentir as mãos de Yoongi segurarem sua cintura. Depois de alguns instantes romperam o beijo e permaneceram ali com as testas colocadas e um sorriso terrivelmente bobo nos lábios bem mais rosados que antes.

_Obrigado Yoongi Hyung! - sussurrou Jimin.

_Por que está me agradecendo?

_Por você ter me feito acreditar na Fada do Dente, no Coelhinho da Páscoa, no Papai Noel e agora no amor verdadeiro. - Jimin disse e encarou o chão envergonhado, suas bochechas nunca estiveram tão coradas. Yoongi segurou seu queixou e levantou seu rosto deixando um breve selar em seus lábios.

_Eu queria ter dito tudo antes, mas pensei que pudesse te perder.

_Yoonie, você não faz ideia do que você fez, foi uma coisa tão simples, mas só eu sei a sensação que tomava conta de mim quando fazíamos a nossa festinha do pijama, nos divertiamos e na manhã seguinte eu olhava debaixo do meu travesseiro, eram só moedas e balas de ursinho, Yoongi, mas aquilo me fez acreditar, não só a mim, mas a minha família inteira. Você plantou uma sementinha muito pequenininha lá no passado e me fez ser quem eu sou hoje. Por que acha que eu sempre vejo o lado bom das coisas quando elas estão difíceis? Lembra quando o nosso chuveiro queimou e tivemos que tomar banho frio por um mês?

_Sim, economizamos bastante dinheiro com a conta de energia e pudemos ir ao cinema e naquela sorveteria que você adora. - completou Yoongi e Jimin riu. - Você não sabe o quão feliz eu fico ao ouvir isso de você, eu nunca vou me arrepender de ter cuidado da inocência e da imaginação daquele tubarãozinho banguela que eu amo tanto.

_Aquele tubarãozinho banguela também ama muito o melhor amigo esquilo magrelo dele. - disse Jimin.

_Sabe o que eu acho? Que eles dois tem que ficar juntinhos pra sempre!

_Um tubarão e um um esquilo, Yoonie? Isso é tão estranho! - afirmou Jimin.

_E daí que é estranho? É amor, e é isso que importa! Agora vamos logo, como você mesmo disse, não posso me atrasar para a minha própria festa de aniversário. - Yoongi pegou sua jaqueta de couro preta, entrelaçou os dedos da mão aos da de seu tubarãozinho e partiram. 


Notas Finais


Por que eu fiz um extra? Porque essa fanfic merece.
Se há uma criancinha aí do seu lado, seja a fada do dente dela, pode parecer tão escroto isso, mas você não faz ideia do quão sincero o sorriso dela será e como vai salvar a inocência e imaginação de alguém, talvez o mais sincero de todos is sorrisos e eu descobri isso graças ao meu sobrinho. Sim, sou uma fada do dente.

ESPERO QUE TENHAM GOSTADO!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...