História O filho da diretora (jikook) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Amor, Colegial, Drama, Escolar, Investigação, Jeon Jungkook, Jikook, Kim Taehyung, Park Jimin, Policial, Romance, Sexo, Vkook
Visualizações 90
Palavras 569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Policial, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi... Voltei!
Com mais um capitulo( e que capitulo )
espero que gostem desse capitulo romântico,
declaração, carregada, preparada e disparada no seus corações!

boa leitura!

Capítulo 10 - Uma linda declaração!


Fanfic / Fanfiction O filho da diretora (jikook) - Capítulo 10 - Uma linda declaração!

            Subimos as escadas e fomos para á suíte, ela é muito espaçosa e aconchegante, mais nem prestei atenção direito, vi a cama e me deitei e apaguei completamente, só fui acorda no dia seguinte.   Acordo com á luz do sol invadindo o quarto, me espreguiço lentamente encima da cama, e me dei conta que estou vestido um pijama branco no lugar da minha roupa de ontem, olho pro lado da cama procurando o ser que trocou minha roupa e me deparo com nada, ele não estava no local.

            Desço as escadas á procura dele e o encontro na cozinha fazendo o café da manha, não sabia que ele sabia cozinhar, vou à sua direção e me sento-me à mesa coberta de comida que aparentava se muito deliciosa, ele sentou ao meu lado com um bolo nas mãos, posicionou a comida no centro da mesa circular.

            -Não sabia que você fazia comidas tão deliciosas jimin!- falei alegremente com o sabor delicioso da comida dele na minha boca.

            -Tem muitas coisas que tem que descobrir sobre mim, kookie. – rebateu com um sorriso sedutor colocando um pedaço de bolo na boca.

            -Você não se cansa de se pervertido não! – ele sorriu com o meu comentário.

            -Sim, mais toda vez que te olho os pensamentos voltam.

            -Jesus!

            Terminamos o café e saímos da casa do lago, ele disse que teríamos uns “assuntos” á resolver em outro local, o problema é que ele falou que íamos andando ate o local. Chegamos ao local citado por ele, não tinha nada só um logo gigantesco e um negocio dentro ele parecia um aluguel de barcos a pedalinho.

            -Oh jimin, porque estamos num local que aluga barco á pedalinho? E o assunto que tínhamos que resolver?

            -Não temos nada pra resolver, eu... Só queria te fazer uma surpresa!- corei imediatamente com sua confissão, não sabia que o jimin gostava tanto de mim.

            -Jimin... Eu não sabia... Sobre seus... Sentimentos... Mais e os documentos, só esse dia pra separa as provas.

            -Calma Kookie! Temos tempo!

            -Então ta.

            Não posso dizer que foi ruim estar com jimin naquele barco á pedalinho, na verdade foi muito bom, conversamos muito e rimos bastante porem de repente a conversa ficou seria ele começou a fala sobre seus sentimentos, isso me deixou apreensivo.

            -Kookie... Eu sei que você acha que eu sou um tarado, pervertido e safado, mais não menti quando digo que eu fico com saudade de você, eu... Na primeira vez que te vi meu coração bateu mais rápido, todas as vezes que nos encontramos queria que o tempo parasse, eu não queria que se acabasse.          Mais eu acho que eu... Que estou... Apaixonado por você, kookie.

            -Jimin... Eu... Eu- fui interrompido por o garoto ao meu lado do barco.

            -Kookie, você não precisa fala nada agora, vamos termina todo o assunto da minha mãe, depois... Você fala sobre o que você sentir por mim, vamos só curtir o momento.

            - Tá... Bom...

            Depois disso tudo eu fiquei muito pensativo por causa do sentimento do jimin, nunca pensei que logo ele teria algum sentimento por mim, nunca fui muito de namora, tanto que só namorei uma vez e o termino foi horrível, a família dele é evangélica e por isso ele foi “obrigado” a mim deixa sozinho com eu coração partido, mais é passado, já me recuperei o importante é os sentimentos do jimin e se eu sinto o mesmo.

-x-


Notas Finais


Ps: Declaração jikookie detectada! ( graça a Deus )
gostaram?
declaração foi boa?
Ps: jimin sabe mexer com os sentimentos das pessoas ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...