História O Filho Da Empregada - Capítulo 3


Escrita por: e ArmyNara123

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Red Velvet, TWICE
Personagens Irene, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, Tzuyu, V
Tags Bts
Visualizações 74
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola! Boa leitura

Capítulo 3 - Festa e tapa


Fanfic / Fanfiction O Filho Da Empregada - Capítulo 3 - Festa e tapa

[..Por que estou achando que essa festa vai dá uma confusão imensa?...]

Já se passaram duas horas que estamos dentro do mercado.

– Tae...

Olhei para a S/N e pelo o que parecia estava entediada.

– Está no tédio, ne?

Vi a concordar com a cabeça com os olhos fechados.

– Vai para sua casa, seus pais devem está preocupados

– Não estão

– Como sabe?

– Porque eles só se importam com o trabalho deles

– Mesmo assim, você deve está com fome 

– Sim... 

Fico encarando ela, vou até uma prateleira e pego um pacote de biscoito.

– Toma – entrego para ela. – Eu pago

– Não, deixa pra lá, Tae. – me devolveu o biscoito. – Não precisa gastar dinheiro por minha causa

– Eu insisto

– Ok – suspirou, abrindo o pacote de biscoito e começando a comer.

– Bom, meu turno acabou – disse saindo de trás do balcão. 

– E agora, o que vai fazer?

– Biblioteca

– Vai pegar um livro?

Nego com a cabeça 

– Vou ir trabalhar 

– Vou te ajudar

– Ok – sorri. Sinto uma dor na boca do meu estômago e faço uma leve careta de dor.

– O que foi, Tae?

– Nada

– Certeza?

– Sim – forcei um sorriso.

S/N apenas deu um sorriso de leve. Saímos de dentro do mercado e fomos en direção à biblioteca, que não era muito longe dali. 

Após chegarmos, acenei para a dona da biblioteca e fui em direção aos os livros bagunçados.

– Até que não é muito coisa – S/A disse pegando quatro livros de uma vez só. – Poucos livros

– Ya! Calma, pode se machucar – peguei dois livros da mão dela. – Agora sim

– Obrigada – sorriu. – Tae, vou te fazer uma pergunta, mas, promete não mentir para mim?

– Não vou mentir – neguei com a cabeça colocando os livros na estante.

– Eu fiquei te esperando hoje na faculdade para irmos junto, mas você demorou para sair... Onde estava? – Foi colocando cada livro arrumadinho na estante também.

Quando ela disse isso, eu fiquei sem saber o que falar, podia dizer a verdade, mas não quero preocupar minha mãe com mais machucados ainda. Lembrei das palavras do Hoseok e suspirei.

– Já tinha saído antes, me desculpe por te feito esperar

– Tudo bem, não tem problema

Mordi o lábio voltando a colocar os livros em ordem.

– Tae, depois vamos passar no shopping?

– Ok, mas por que?

– Compra sua fantasia

– O que?

– A festa é hoje

– Hoje?!

– Sim

– Ok e você? Vai de que?

– Líder de torcida

– Já sabe de qual fantasia você vai?

– Não, pode me ajudar?

– Claro – sorriu.

(...)

– Acabamos?

– Acabamos – S/N bateu palmas, mas logo parou quando se lembrou que estava dentro de uma biblioteca.  – Ai meu deus, me desculpe

– Tudo bem, acho que ainda não chegou ninguém – disse rindo. – Agora nós vamos para o shopping?

– Sim – segurou minha mão. – Partiu shopping

Demos tchau para a dona da biblioteca e fomos direto para o shopping.

– Tae, eu pago e não tente me convencer que irá pagar, pois não vai

– Nem ia tentar mesmo – fiz bico.

– Que fofo – apertou minha bochecha. 

– Que fofa – apertei as bochechas dela.

– Aquela loja! Vamos – me puxou.

– Uau 

– Fantastic Baby – riu.

– Essa fantasia é legal – apontou para uma fantasia de marinheiro.

– Não 

– Aquela? – Disse olhando para uma fantasia de gnomo. Neguei com a cabeça – Essa? – Era uma de policial. 

– Não.. – disse um pouco envergonhado pelo os meus pensamentos.

– Então eu não – bufou.

Olhei em volta e vi uma fantasia que me chamou atenção.

– Aquela – fui até a fantasia e peguei. – Coringa! – sorri.

– Então vai la se trocar, vou esperar aqui – sorriu

– Ok

Fui até o provador e provei a fantasia. Na minha opinião ficou legal. Sai do provador.

– E ai?

– Olha que menino lindo! Uma voltinha

Faço o que ela mandou.

– Estou bonito? 

– Esta maravilhoso

– Sou o coringa mais lindo do mundo – disse convencido.

– Ok coringa mais lindo do mundo, vá se trocar 

– Ok chefe!

Pelo o que parece já estou pegando confiança com ela, e também acho que a S/N vai virar uma amiga e tanto.

Coloquei a minha roupa normal e sai do provador com a fantasia nas mãos. Fomos até o caixa, a fila não estava grande, e pagamos pela a roupa.

(....)

Taehyung Off

S/N On

Cheguei em casa e fui em direção ao meu quarto. O Tae foi para a casa dele, resolveu se arrumar lá.

Fui em direção ao banheiro, tomei banho demorado, lavei meus cabelos e sai do box, me enrolei numa toalha e sai do banheiro. 

Coloquei minha fantasia de líder de torcida, amarrei meu cabelo num rabo de cavalo, passei um gloss e um rímel. 

Ia me encontrar com o Taehyung e a Irene lá, Tzuyu não ia ir e nem os meninos, Infelizmente. 

– Tchau Hoseok! – desci as escadas

– Onde vai? – Disse desviando o olhar da TV para mim – e desse jeito

– A festa na cidade, esqueceu?

– Verdade

– Talvez sim

– Ok, então tchau – acenei e sai indo em direção a festa.

Depois de chegar na festa, fico olhando para todos os cantos para ver se acho ou a Irene ou o Taehyung, mas pelo visto eles ainda não chegarem.

–- Olá!–- Ouço a voz da Irene. Vadia, me assustou

– Que susto

–- Sou tão feia assim?

– Sim, essa sua cara feia me assustou, mentira – ri. – te amo

– Sou maravilhosa!

– Super

Irene estava vestida de diabinha, estava bonita com a fantasia, diaba combina com ela.

– Olha o Tae ali -

– Ele esta bonito – Irene disse observando ele.

– Olá – Tae acenou para nós duas. – Estão lindas

– Você também – Irene disse

– Eu estava perdido, mas finalmente encontrei vocês 

– Estava aqui a muito tempo?

– Um pouquinho

– Coitado 

– Opa.. O dever me chama – Irene disse olhando para uma direção. –- Tchau. E você Tae, está um gato com essa roupa – deu uma piscadela para ele.

–- Obrigada –- corou um pouco.

Irene riu saindo de perto da gente.

– Onde ela foi? 

– Acho que foi se pegar com a alguém

– Ata

–- Então... Se divertindo? 

– Estou com você, então estou me divertindo bastante

_- Bom saber disso–- sorri.

– Eu não já disse para ficar longe da minha irmã?! 

Puta que pariu Jung Hoseok!!!

– Hoseok, não venha arrumar briga, estávamos conversando

–- Foda-se, não quero alguém de baixo nível perto de você 

– É melhor eu ir embora.. – Tae disse baixo 

– Sim, é melhor você ir embora de Seul, irei ficar agradecido

– Cala a boca Jung! Tae fica

– Não, ele não fica! Sai daqui bolsista. – Vejo o olhar de raiva nos olhos do Hoseok. 

Taehyung me encarou, mas logo desviou o olhar, se virou para ir embora, mas o chamei.

– Tae!

Não adiantava mais, ele já tinha ido embora, provavelmente, constrangido pela a situação. Eu te mato Hoseok

–- Caralho, Hoseok –- puxei ele para um lugar afastado da multidão. – Chega de ficar constrangendo o Taehyung, cara

– Por que? 

– Porque ele é meu amigo

–- Não estou me importando com isso, que se foda aquele bolsista, única coisa que eu quero é que ele saia da minha vista, saia da faculdade e saia da Seul

– Por que quer tanto isso? – fecho o punho controlando minha raiva.

– Simples, não gosto de pessoas bolsista, tenho nojo delas

Já chega, isso já basta! Não me aguentei e dei um tapa na cara dele.

– Nojo?! Nojo eu tenho de você ser meu irmão! Por que vocês são assim?! Seus idiotas. Se importam só com o dinheiro, não tem coração? Você é igualzinho o papai... Um idiota, egocêntrico, só se importa com você mesmo, um--

Antes de terminar o que eu ia dizer, sinto uma ardência na minha bochecha. Não acredito nisso.

–- Não acredito que fez isso –- coloco a mão no lugar do tapa.


Notas Finais


Goodbye!
Ignorem os erros

Quanto mais comentários, mais rápido eu atualizo a fic

Venha ler minhas outras histórias (são one-shots, uma história de apenas um capítulo)
https://spiritfanfics.com/historia/my-boyfriend-is-my-brother--kim-namjoon-incesto-10421733 -- Namjoon, One Shot

https://spiritfanfics.com/historia/dont-leave-me--min-yoongi-10377586 -- Yoongi, One Shot


Minha fanfic:

https://spiritfanfics.com/historia/i-hate-you--jung-hoseok-10358675 -- Jung Hoseok


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...