1. Spirit Fanfics >
  2. O filho da minha Madrasta - SasuSaku >
  3. Capítulo 6

História O filho da minha Madrasta - SasuSaku - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Descupem por ñ ter postado esse dias.
Eu estava com um bloqueio de criatividade.

Boa leitura ^^

Capítulo 7 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction O filho da minha Madrasta - SasuSaku - Capítulo 7 - Capítulo 6

Algumas horas já haviam se passado. Kizashi ainda não havia acordado. Sasuke e Itachi estavam em seu quarto enquanto Sakura e Mikoto assistiam um filme de romance.

- Que lindo.... - Mikoto choramingou ao ver um casal que se beijava. - Depois de tudo que eles passaram.....

- Sim, realmente lindo. - Sakura concordou com a mais velha coçando os olhos. - Mikoto..... eu não queria lhe deixar sozinha mas..... Eu posso....

- Claro, querida! Mas..... seu pai ainda está no seu quarto então.....

- Ah. Eu não quero lhe incomodar então posso ficar no quarto do Sasuke. - disse a garota já se retirando e Mikoto a olhou surpresa.

Sakura seguiu até o quarto dos irmãos e quando entrou, recebeu olhares curiosos em si.

A garota ignorou os olhares em si e fechou a porta e logo em seguida desabou. Sakura fechou os olhos e caiu de joelhos no chão. Assim que encostou os joelhos no chão, apoiou as mãos no rosto querendo esconder o choro para os moreno não verem.

Sasuke e Itachi logo se levantaram da cama e correram até a rosada. Quando finalmente ficaram perto dela, sentaram no chão um de cada lado da rosada.

- Sakura.... - Sasuke sussurrou colocando uma mão no ombro da garota a fazendo levantar o rosto e o encarar com as lágrimas escorrendo. - Não chore....... - sussurrou. - Por favor, não chore. - falou mais alto e colocou as mãos na cintura da rosada a levando para mais perto de seu corpo. 

Sakura ficou surpresa com a atitude do garoto mas logo retribuiu o abraço. Itachi encarava tudo com um sorriso sincero.

Sasuke está se apaixonando. - pensou.

Sakura apoiou o rosto no ombro de Sasuke e permitiu-se chorar. Chorar até não poder mais.

Quando se separaram, Itachi a puxou para outro abraço. A rosada permitiu-se chorar mais uma vez. Estava decepcionada com seu pai.

Mesmo que ele nunca tenha tido tanta paciência, ele nunca encostou um dedo nela. Nunca a agrediu verbalmente e fisicamente. Ela sabia que tinha o desrespeitado mas estava apenas se defendendo.

Sakura saiu do abraço de Itachi.

- Obrigado..... obrigado por me ajudarem. Obrigado por chegarem na hora certa. - agradeceu limpando as lágrimas com o rosto baixo.

- Sakura, olhe para mim. - Sasuke chamou e ele levantou o rosto. - Não agradeça. - a garota assentiu com a cabeça.

- Eu.... posso..... tomar banho aqui? - perguntou tímida e Sasuke arregalou os olhos levemente corado.

- C-c-claro. Pode ir no banheiro. Eu peço pra minha mãe ir pegar suas roupas. - Sakura assentiu com um sorriso e se levantou e logo começou a andar até o banheiro.

Sasuke saiu do quarto deixando Itachi sozinho. O moreno mais novo procurou a mãe na sala mas não a encontrou. Sasuke andou até o quarto da mais velha mas quando chegou, viu pela brecha da porta que sua mãe dormia tranquilamente.

Sakura já estava tomando banho. Ele não queria que a garota visse seu pai. Pelo menos, não agora. O Uchiha suspirou e andou até o quarto da garota. Quando abriu a porta, deu de cara com o corpo de Kizashi.

O moreno o olhou com desgosto e nojo. O garoto ignorou o homem e foi até o armário da rosada. Sasuke pegou uma camisola rosa e um short azul claro. Sasuke andou até uma gaveta e a abriu. Quando a abriu, percebeu que era das roupas íntimas da garota. Sasuke olhou corado para as calcinhas. Por que estava nervoso? Não era a primeira vez que ele via as calcinhas da rosada. Sasuke afastou os pensamentos pecaminosos e pegou uma calcinha vermelha escura de renda e saiu do quarto fechando a porta.

Sasuke entrou no quarto e viu Sakura saindo do banheiro de toalha. Itachi estava deitado na cama mechendo no celular.

Sasuke corou vendo a rosada apenas com uma toalha branca e seus cabelos escorrendo pela testa.

Sakura o olhou e corou ao ver as roupas na mão de Sasuke. O moreno andou até ela e lhe entregou as roupas.

- Itachi - chamou. - vamos. Sakura precisa se trocar. - o mais velho olhou o irmão e assentiu com a cabeça saindo do quarto junto de Sasuke.

Sakura respirou fundo e colocou as roupas numa cama e tirou a toalha. Sakura logo se vestiu e abriu a boca num perfeito "O" ao ver a calcinha vermelha rendada.

- Tarado. - resmungou.

A garota terminou de se trocar e voltou para o banheiro e pegou um pente e logo em seguida penteou o cabelo. Sakura saiu do banheiro e foi até a porta e a abriu. Os moreno logo entraram e Itachi foi correndo pro banheiro.

Sasuke andou até a sua cama e se deitou lá.

- Sakura. - chamou. - Deita comigo? - a garota o encarou surpresa e corada.

- O-o-oque!?

- Você vai dormir aqui, não vai? - perguntou calmo.

- S-sim.

- Então durma do meu lado. - Sakura pensou um pouco. Se ela não durmisse ao lado de Sasuke, teria que durmir ao lado de Itachi ou no chão. Ela não queria dormir com Itachi. Por mais que eles já eram íntimos, Sakura se sentia mais segura com Sasuke. Ela sentia que tinha mais intimidade com o Sasuke.

Sakura respirou fundo.

- Tudo bem. - falou andando até o moreno e deitando na cama. 

A cama não era mutio espaçosa, Sasuke e Sakura tiveram que ficar abraçados para ficarem confortáveis.

Assim que a rosada deitou na cama virada para Sasuke, o moreno pegou a cintura dela e a levou para mais próxima dele colando os corpos. Sakura se sentiu estranhamente confortável. Sakura sentia que estava segura abraçada com Sasuke.

Criando coragem, Sakura colocou o rosto no peitoral do Uchiha e o moreno a olhou surpreso mas logo levou uma das mãos que estavam na cintura dela até o cabelo rosado que ainda estava molhado.

Sasuke acariciou os cabelos de Sakura e a garota permitiu-se dormir abraçada com o mesmo.


Notas Finais


Perdoem se tiver erros.
Espero que gostem e comentem o que estão achando.
Até mais ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...