História O filho de Crowley - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Spanking
Visualizações 88
Palavras 1.702
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero q gostem

Capítulo 6 - Castigo


Pov Justin 

Eu e o James terminamos de nos arrumar e saímos,já está tudo combinado,acho que ninguém vai descobrir,vamos até um barzinho que tem perto da minha casa,ali que ia ser o ponto de encontro da gente com um amigo nosso que já dirige ele que vai nos dar uma carona até a festa,eu pretendo não encher a cara,mas beber um pouco sim,não muito pois não quero chegar em casa e Crowley perceber,ele não gosta de que eu bebe e nem use drogas,mas tipo eu sou um demônio,a festa era longe então o caminho foi tranquilo ouvimos músicas e meu amigo acendeu um cigarro de maconho,já tinha fumado uma vez na vida,e não gostei da sensação,mas vai que é só a primeira impressão,então decido fumar um pouco,James nega ele é contra drogas,ele é um careta isso sim 

Chegamos na festa e já estava cheia,cara tem muitas gatas,muita bebidas e drogas para caralho,meu,hoje vai ser massa,me perco um pouco de James e quando o acho o encontro ficando com uma guria,lá esse não perde tempo,a festa esta sendo um maxímo,bebi um pouco mais do que eu deveria,James está locão nunca o vi daquele jeito e olha que o conheço faz anos 

Já são três da manhã,estou meio alterado,fiquei com tantas meninas,mas não tive coragem de ir para cama com nenhuma,esqueci da camisinha e não estou nem um pouco afim  de pegar AIDS,chamo o James e falo que é melhor nos pararmos de beber e começar a tentar ficar normal,quando falo em embora aparece muita polícia,merda eles fecham o local,cara como sou menor de idade vou para a delegacia e só saio com o meu responsável de lá,tento fugir mas eles me pegam,pedem meu RG,mostro o falso para ele,mas como imagina ele não caiu,vejo e James foi pego também ele está quase chorando,merda estou fudido,somos levados para a delegacia,e pediram o telefone do meu pai,pensei em dar o da minha avó mas lembrei que ela está fora do país,então dou um falso,o quarta se irrita e aperta meu braço,fico irritado e o enfrento péssima ideia,pois eu estava na cadeira sentado,tipo na sala de interrogatório,agora estou atrás da grade,eles conseguem o telefone de meu pai,cara é hoje que eu apanho tanto,que vou ficar sem sentar por um ano

Pov James 

Estou com muito medo sei que meu pai vai ficar muito puto,pois além de eu ter mentido para ele,fui na festa que ele me proibiu e ainda por cima estou bêbado,nossa hoje ele me espanca,estou sentindo meus olhos marejarem,mas estou segurando o maximo possível para não chorar.Justin está preso,pois ele agrediu o policial,e eu estou aqui sentado esperando,a maior surra da minha vida,fico uns vinte minutos esperando ele,a surpresa ele e tio Crowley chegam junto,ele me olhou  com uma cara,não consegui ouvir a conversa dele com o policial,só vi ele assinado uns papeis e vindo em minha direção minha vontade era sair correndo,minhas lagrimas começaram a escorrer,ele para na minha frente e m e puxa pelo braço,me leva ate nosso carro e me joga no banco de trás,começo a chorar baixo,ele entra no banco do motorista 

_Papai,desculpa - Ele olha para trás e me olha serio 

_Em casa nos conversamos,ate lá não quero ouvir um piu  saindo da sua boca,e é melhor você parar de chorar AGORA,pois se você quiser chorar já paro o carro e de dou motivo para chorar - Limpo meu rosto com  a manga da camiseta,e fico encarando o chão 

_Eu-eu sunto muito 

_Você vai sentir muito quando chegarmos em casa,pode acreditar - Merda,ele não vai mudar de ideia,ele está realmente irritado,o caminho ate em casa foi bem rapido,chegamos lá e ele me tira a força do carro,entramos em casa e ele fala 

_Vai para cima e toma um banho,daqui dez minutos vou subir 

_Pai,pode ser amanhã? Estou com sono 

_Está? ENTÃO PORQUE NÃO FICOU EM CASA DORMINDO?? - Não entendo o porque ele grita não sou surto,mas não quero piorar minha situação,então resolvo ir tomar o banho,e um banho rapido,vou ate o meu quarto e só coloco uma boxes preta,sei que não vou precisar de roupa mesmo,ele não demora muito em entra em meu quarto,senta no meu lado e fala 

_Posso saber o porque de tudo isso? - Ele não está nervoso igual estava antes 

_Desculpa 

_Não falei para você pedir desculpa,perguntei o porque esta surto? 

_Eu-eu só queria me divertir 

_Se divertiu? 

_Pai 

_Eu perguntei se você se divertiu? - Fala ele agora com um dom de irritação 

_Não - Sinto meus olhos lagrimejarem 

_Então não valeu a pena? - Pergunta ele sendo irônico 

_Não 

_Hum,mas agora vem a parte divertida - Fala ele tirando o cinto da calça,e manda me debruçar sobre a cama,ele abaixa minha cueca e começa o doloroso e cruel castigo 

SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS 

SPLASS aii SPLASS SPLASS para SPLASS SPLASS SPLASS por favorr papaii SPLASS SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS esta doendo SPLASS SPALSS SPLASS SPLASS SPLASS 

Esta doendo bastante,não consegui segurar o choro,e o pior de tudo que ele não fala nada e toda ver que eu grito alto ele me da uma cintada mais forte

SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS chegga por favor SPLASS SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS SPLASS eu não aguento maisss papai SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS 

QUEM NÃO AQUENTA MAIS SOU EU SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS SPASSS SPLASS SPLASSS SPLASS PLASS SPLASSS SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS aiiii SPLASS SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS SPLASSS voce SPLASS SPLASS esta me SPLASS SPLASS SPLASSS machucando 

Tento me levantar mas ele não deixa,comecei a espernear e ele me deu uma cintada bem forte nas pernas,esta doendo muito,já estou soluçando e o Jeremy idiota continua,eu o odeio 

SPLASS SPALSS SPLASS SPLASS SPALSS SPLASS SPLASS SPLASS SPALSS SPLASS 

SPALSS SPLASS SPLASS SPALSS 

_A proxima vez,eu juro que essa surra que eu de dei vai parecer cocegas comparado a que você vai legar - Ele fala isso e sai,fico lá com minha bunda doendo horrores,eu estou chorando muito,muito mesmo,estou quase sem ar,eu o odeio,ele é muito trouxa nem me ouviu,tipo ele poderia ter conversado comigo,mas não 

Pov Crowley 

Não consigo acreditar que Justin fez isso,ele mentiu para mim,não estou tão bravo pelo resto mas sim por mentir para mim me encanar ,estamos no carro ele esta no banco do carona encostado na janela,ele esta bem cansado,quando ele saiu de casa eu liguei para o Jeremy,então faz horas que estou preocupado com ele,ainda bem que ele esta bem,fiquei feliz quando a policia ligou para falar a verdade,chegamos em casa e ele sai logo do carro e entra na casa,ele fica ne olhando acho que esta esperando eu mandar ele fazer alguma coisa 

_Vai para o seu quarto,toma uma banho pois você esta fedendo  bebida,come alguma coisa se não você vai acordar com uma dor de cabeça amanhã e vai dormir,amanhã nos conversamos 

_Pai? - Fala ele com os olhos vermelhos,alem de tudo fumou maconha,não sou contra a maconha mas acho que se quer fumar,fuma depois dos vinte e um quando todos os orgaos pararam de crescer 

_Fala - Não estou irritado igual o pai de James,mas estou chateado

_Desculpa

_Amanhã a gente conversa - Falo indo la para cima 

_Pai,por favor esperara - Paro no meio do caminho e olho para trás _ Podemos  resolver isso hoje,não quero dormir brigado com você

_Não,hoje você esta cansado precisa dormir 

_Mas pai,eu não vou conseguir dormir,a pior parte de uma surra e esperar,isso é horrível 

_Filho,faz assim então toma um banho e come alguma coisa,e depois vai para seu quarto - Para falar a verdade,não queria bater nele,sei que ele merece,mas isso é tão difícil,pois a pior sensação e ver seu filho chorando,e só de pensar que ele está chorando por sua culpa,dói 

_Ok - Fala ele indo em direção ao quarto,resolvo preparar alguma coisa para ele comer,faço uma macarronada para ele,quando ele desce já estava pronta ele me agradece senta e come,fico o observado comer,sabe o que é engraçado pois as vezes ele parece tão maduro,e as vezes me lembra muito dele novo,quando ele dependia de mim para tudo,aquela foi a melhor fase,ele termina de comer leva o prato até a pia me olha e sobe,vou logo atras depois que entro no quarto fecho a porta,retiro meu cinto da porta e fecho como Justin se afasta,sento coloco o objeto de lado e chamo ele,ele vem ate mim e abaixa a cueca e se deita sobre minhas pernas 

_Justin,porque você vai apanhar

_Porque eu fui um inresponsável,menti para você,fui a festa sem a sua permissão,bebi e usei drogas - Como ele sabe o motivo começo o castigo 

PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS 

PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS 

PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS aii PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS 

PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS PLASS 

Paro,ele esta se movimentando bastante,seu rosto esta vermelho e escorrendo lagrimas,sua bunda esta bem vermelha,então o diro do meu colo e coloco sobre a cama ele começa a berrar 

_NÃO,PAPAI POR FAVOR,COM ISSO NÃO PAII,POR FAVOR,EU JURO QUE NUNCA MAIS FAÇO ISSO - Fico com dó mas sei que é necessário,decido que vou aplicar poucas cintadas,sei que ele esta arrependido

SPLASS SPLASS SPALSS SPASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLAS parraaa SPLASS SPLASS 

PARRAA PAPAI POR FAVOR,ESTA DOENDO MUITO SPLASS SPLASS 

SPLASS SPLASS NUNCA MAIS MINTA PARA MIM SPLASS SPLASS entendii SPLASS SPLASS

NUNCA  MAIS ME ENCANE DE NOVO SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS 

ATE OS VINTE E UM ANOS NÃO QUERO BEBIDADAS,E MUITO MENOS DROGAS EM SUA BOCA

SPLASS SPLASS eu juroo que não faço mais SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPLASS SPALSS

SPLASS SPALSS 

Jogo o cinto no chão,sento na cama e o coloco sobe meu colo,o abraço,ele esta chorando muito,muito mesmo,seu bumbum esta bem BEM vermelho

_De-de-desculpa 

_Shii,diabinho eu de desculpo,shiii - Ele para de chorar depois de um bom tempo,coloco ele na cama e dou um beijo em sua testa 

_Papai? 

_Fala 

_Fica aqui ate eu dormi? - Nossa a muito tempo eu não escutava essa frase do meu filho sorrio e fico com ele ate amanhecer 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuaaaa..........


Notas Finais


Gostaram,espero q sim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...