História O filho do amigo do meu pai(Jikook) (pjm x jjk) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Baby Boy, Bts, Daddy, Jeon Jungkook, Jikook, Kookmin, Park Jimin, Yaoi
Visualizações 100
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ᴮᵒᵃ ˡᵉᶤᵗᵘʳᵃ♡

Capítulo 2 - 002


Fanfic / Fanfiction O filho do amigo do meu pai(Jikook) (pjm x jjk) - Capítulo 2 - 002

Passei a semana inteira observando a ansiedade do meu pai para ir ao tão esperado jantar e finalmente o sábado chegou, as 20:00 ele bate na porta do meu quarto.

-Jimin!!!

-Oi? -Vou abrir a porta. -Me chamou?

-Vai se arrumar, esqueceu do jantar?

-Vou me arrumar rapidinho.

-Tá bom.

Vou direto para o banheiro tomar meu banho, acabo e vou para o quarto me vestir (imaginem um visu bem topson) e desço.

-Eu preferia você com o cabelo preto.

-Nossa mãe. -Dou uma gargalhada. -Obrigado pelo "elogio".

-Estou brincando. -Diz sorrindo e mexendo no meu cabelo.

Meu pai nos chama, entramos no carro e vamos para o destino, somos bem recebidos pelo amigo do meu pai e sua esposa e entramos, quando entrei me deparei com uma mesa enorme cheia da comida, imaginei meus olhos brilhando, pois quando se trata de comida é comigo mesmo, todos se sentaram.

-Cadê seu filho? -Diz meu pai.

-Ah, ele está tomando banho, atrasado, como sempre.

Alguns minutos se passam e começo a ouvir passos descendo a escada e era ele, o filho do amigo do meu pai, ele chega e cumprimenta todos com um aperto de mão e se senta na única cadeira que havia sobrado, ao meu lado. Bom durante a noite, comemos, conversamos, rimos, etc, já estava tarde e eles conversavam como se não houvesse amanhã, até que em certo ponto eles começam a falar de infância.

-Aish. -Digo baixo.

-Quer ir lá pra sala? -Diz o garoto o qual eu já havia esquecido o nome.

-Pode ser.

Vamos para a sala e nos sentamos no sofá.

-É Park Jimin, né?

-Sim, e você é Jeon...

-Jeon Jungkook. -Sorri.

Minha mãe chega com uma câmera instantânea Fuji nas mãos.

-Olha a foto! -Tirando a foto e sai. (A foto que está na capa do capítulo).

-Quantos anos você tem? -Ele me pergunta.

-17 e você?

-18.

-Ah sim...Você vai ajudar seu pai quais dias da semana?

-Não tenho dia certo, aliás, acho que vou ir na segunda.

-Eu também, a gente podia se encontrar lá, uh.

-Verdade! -Diz animado.

Ficamos por um bom tempo conversando, uma hora depois meus pais me chamaram e fomos embora. Quando cheguei em casa, me deitei, peguei meu celular e recebi uma mensagem de um número estranho via WhatsApp, era Jeon me mandando a foto que minha mãe tirou, o agradeci e não puxei mais assunto, pois eu já estava exausto.

A segunda-feira chegou, meu pai me acordou cedo para irmos ao escritório, quando chegamos já fui direto para a mesa para acabar com aquilo logo.

-Filho, eu tenho que resolver algumas coisas, você pode ficar aqui?

-Tudo bem, vai lá.

Ele sai e logo em seguida alguém bate na porta.

-Pode entrar! -Grito.

Ouço a porta abrir mas continuo preenchendo os papeis.

-Olá Park Jimin.

Quando olhei era Jeon.

-Olá Jeon Jungkook. -Sorrio.

-Está muito ocupado?

-Até que não.

-Depois eu volto, ok?

-Não, pode ficar.

-Não quero atrapalhar. -Diz saindo e fechando a porta.

Não digo nada e o deixo ir.

Quando acabei de preencher tudo, abaixei a cabeça e acabei adormecendo, até que sinto alguém me tocar e de novo, era Jeon.

-Que susto! 

-Desculpa. -Diz tímido.

-Tudo bem, tem muito tempo que você tá aqui?

-Não, cheguei aqui agora.

-Ah.

-Ei, quer sair para tomar um café?

-Como já acabei, por mim tudo bem.

-Então vamos.

Me levantei.

-Seu cabelo está bagunçado. -Diz sorrindo.

Passou a mão para tentar arrumar.

-E agora? -Sorrio.

Jeon se aproxima e o arruma.

-Pronto. -Sorri.

-Obrigado. -Sorrio de volta.

Saímos do prédio e fomos até uma cafeteria.


Notas Finais


ᵒᵇʳᶤᵍᵃᵈᵃ ᵖᵒʳ ˡᵉʳ˒ ᵐᵒᶜʰᶤ :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...