1. Spirit Fanfics >
  2. O filho do diretor >
  3. O LAGO

História O filho do diretor - Capítulo 51


Escrita por:


Notas do Autor


Oi né
Voltei e desculpa a demora, é que eu estou trabalhando em uma história nova que será lançada logo depois que essa acabar. Agora eu vou começar a postar capítulos diários já que essa 40tena deixa todo mundo no tédio,e se eu conseguir,não sei quantos vou postar por dia.




Espero que gostem!

Capítulo 51 - O LAGO


Fanfic / Fanfiction O filho do diretor - Capítulo 51 - O LAGO

(Adryan narrando)



-Billy eu ainda amo você, então por favor abre a porta! -falo encostando minha cabeça na porta



Um silêncio toma conta do local, ouço os passos dele vindo até mim e a maçaneta virar e assim a porta se abre mostrando para mim o loiro mais lindo de todos.



-Você me ama? -ele pergunta com a cabeça baixa

-Óbvio. -falo colocando minha mão em seu queixo e erguendo sua cabeça- Você estava chorando? 

-Não,eu não estava. -ele fala tirando minha mão de seu queixo- Você não me ama.

-Billy,me escuta,por favor!

-O que? Você vai falar que pediu ela em namoro só para me esquecer? Sério?

-Não, óbvio que não. Eu pedi ela em namoro porquê nós criamos um vínculo lá dentro,e não para esquecer você. Eu prometi para você que nunca iria te esquecer,eu ainda amo você além de melhor amigo e você sabe. Eu só não quero que eu termine com ela por causa de alguém que ela odeia...

-Perai,aquela vaca me odeia? -ele fala enfurecido

-Não, não é isso.

-É o que então?

-Eu vivia falando de você para ela,ela ficava com ciúmes e daí ela começou a odiar você por causa de mim. Mas o que isso importa,eu amo você e você sabe eu só...

-Adryan cala a boca. -ele fala tampando minha boca

-Então você ama ele? -Melanie pergunta atrás de mim

-Como amigo,melhor amigo. -falo ainda virado para Billy

-Eu não acredito em você! -ela fala me virando- Eu quero sair,se quiser ele pode ir junto.

-Eu não quero. -Billy fala e entra de novo dentro do quarto e eu entro logo depois dele mas Melanie me para

-Vem! -ela ordena

-Eu preciso falar com ele. -falo e me solto dela

-10 minutos. 



Entro no quarto e fecho a porta a chave,vejo Billy saindo do banheiro e indo até a cama. Vou até a cama e me sento nela e olho o quarto que eu ajudei a mobiliar com tudo do que o Billy gosta. O closet é tomado por moletons e cuecas com estampas já que o mesmo ama coisas assim. O quarto por si só,tem sua cor tomada pelo branco,em duas paredes destaques,uma atrás da cabeceira da cama,e outra atrás do painel da televisão a cor predominante é o preto. 

Olho para Billy enquanto o mesmo se cobre e pega seu celular. 



-Olha para mim... -falo e ele me olha colocando seu celular no criado-mudo

-Como você aguenta ela? Ela te dá tempo,e manda em você. Como você aguenta ela? Nem eu era assim com você. -ele fala e eu tiro meu tênis  e me deito em cima das coxas dele

-Eu sinceramente não sei,talvez porquê eu precisava ser notado lá dentro daí eu comecei a namorar com a garota mais gostosa de toda aquela faculdade. -falo

-Você se arrepende não é? -ele pergunta e eu me levanto sentando do seu lado

-Um pouco,eu não a amo mais,estou com ela porquê a mãe dela me pede,Mary sabe que eu não a amo mais. -falo sendo sincero

-Então você vai ficar com ela por causa da Mary?

-Não é bem isso,Mary quer se mudar,e ela quer que eu fique com a Melanie quando ela dar essa notícia para ela. -falo e ele franze o cenho

-Isso é sério? 

-Infelizmente sim. -falo me virando para ele

-Adryan eu...

-Você?

-Eu não sei o que está acontecendo, só sei que todos aqueles sentimentos estão voltando! -Billy fala com a cabeça baixa

-Eu estou sentindo o mesmo,mas isso é errado! -falo levantando seu queixo

-O que é errado? -ele pergunta confuso

-Eu namoro Billy! -falo e o mesmo chega mais perto

-Foda-se Adryan, vem aqui vem!



Sinto ele colocar sua mão gelada em meu pescoço fazendo com que meus pelos se arrepie,ele chega cada vez mais perto mas eu o paro.



-Billy e se ela descobrir? -pergunto baixo

-Eu não me importo,eu só preciso dos seus lábios nos meus novamente. -ele fala ofegante

-Nós teremos que arcar com as consequências. -falo

-É,teremos. -ele sussurra



Tiro as mãos dele do meu pescoço e coloco minha mão na lateral de seu rosto,o mesmo leva sua mão até meu pênis e apalpa a área por cima da calça. Coloco minha mão livre em sua cintura e o empurro fazendo com que ele deite na cama,fico por cima dele e começo a beijar seu pescoço e o mesmo se rende a mim sem fazer nenhum movimento além de segurar com força a área do meu pênis. Sigo meu caminho até seu lábio inferior e começo a beija-lo lentamente e o mesmo começa a acompanhar meu ritmo. Ao beijar ele começo a pensar no quanto eu sentia falta disso,dos lábios dele nos meus,dos movimentos delicados dele no meu pênis,da língua dele procurar pela minha e além disso tudo,como eu sentia falta dele.

Ao me perder em meus pensamentos nem acredito no que acabara de acontecer,Billy agora em cima de mim toma controle da situação. Ele me beija calorosamente enquanto mexe de leve sua bunda em cima da área onde está meu pênis fazendo eu ter uma leve ereção. Sem conseguir me mexer já que o mesmo prende minhas mãos acima da minha cabeça, começo a fazer movimentos de vai e vem com minha cintura sentindo meu pênis ficar cada vez mais ereto.



-ADRYAN! -ouço alguém gritar do outro lado da porta- ADRYAN 10 MINUTOS!



Billy termina o beijo com selinhos e sai de cima de mim. Olho para ele que se levanta da cama e me levanto logo atrás dele.



-Você ficou mais safado,ou é só impressão minha? -falo e aperto sua bunda com força

-É,talvez... -ele fala e se vira para mim- E você está animado aí embaixo.

-ADRYAN!

-JÁ VOU! -grito e vou até a porta- Você vai?

-Acho que vou. -ele fala e entra no banheiro

-Vem aqui. -falo e ele vem



Dou um beijo em sua testa e logo depois dou um selinho nele que retribui com um beijo.

[...]

Saio do carro e abro a porta para Melanie. Billy sai logo depois dela e começa a andar sem nos esperar.



-Billy espera! -falo e o mesmo se vira para mim

-Eu não quero atrapalhar o casal. -ele fala voltando a andar

-Garoto espera, você não vai nos atrapalhar! -Melanie fala fazendo com que Billy pare 



Ando até ele e Melanie me segue, então seguimos o caminho até o lago. O fato da praça ser enorme e ter um lago com uma vista turva e verde é com certeza a melhor parte de morar em Herthiswert. A paisagem cheia de verde e com crianças correndo por tudo quanto é lado me faz soltar um sorriso bobo. Vejo que uma criança vai cair de uma altura de mais ou menos dois metros por conta do grande escrregador sem proteção nenhuma. Solto minha mão da de Melanie e corro o mais rápido que eu posso,vejo que Billy corre logo atrás de mim e me jogo no chão. Billy pula por cima de mim e continua correndo,começo a ver tudo em câmera lenta e vejo que ele consegue pegar a criança. 

Me levanto do chão e corro até eles.



-Você está bem? -pergunto para Billy

-Eu estou. -ele fala- Você está bem garoto?

-Eu estou. -o menino fala sorrindo- Obrigado!

-Ah filho,meu filho! -uma mulher fala e Billy da o menino para ela-- Muito obrigada,muito obrigada mesmo,nem sei como posso agradecer.

-Ah não precisa, só de saber que não deixei ele cair já me agrada, porquê seria uma queda em tanto. -Billy fala e sorri

-Você é um herói! -o menino fala e logo depois eles vão embora

-Por que você se jogou no chão? -ele pergunta franzindo o cenho

--Adryan,aí meu Deus, você está bem? -Melanie fala passando a mão pelo meu rosto

--Eu estou. -falo- Em relação a sua pergunta Billy,talvez eu nunca te responda! Agora vamos.



Continuamos nossa caminhada rumo ao lago.

Falamos do mais diversos assuntos,Billy e Melanie estão se dando bem na medida do possível.

Combinamos de irmos no barco onde faz com que nós passe por todo o lago. Billy entra primeiro,depois foi minha vez e por último mas não menos importante,Melanie.



-Espero que a gente não caia. -falo

-Como certeza nós vamos! -Billy fala e depois ri

-Qual é a graça? -Melanie pergunta

-Imaginei que você perguntaria, é que eu pensei em uma piada, só que você não entenderia. -ele fala e eu rio

-Você é tão idiota! -falo rindo

-Eu não,faz tempo que eu tô tentando falar isso. -ele fala seriamente



Olho para Billy e sorrio,sinto o barco começar a balançar e seguro firme em sua borda,ele balança cada vez mais e Billy começa a rir.



-Você sempre teve medo de barcos! -ele fala rindo

-Não tem graça,e eu não tenho medo de barcos. -falo firme

-Tem sim, você está segurando com muita força a borda do barco porquê acha que ele vai virar! -ele fala e Melanie começa a rir

-Meu Deus Adryan! -ela fala rindo

-Eu nunca mais vou sair com vocês, não se pode nem ter medo mais. -falo e começo a rir



Então o que eu não queria que acontecesse acontece,o barco vira e sinto meu corpo ser tomado pela água fria do lago. Ainda com todo mundo embaixo do barco rindo,tiro ele de cima da gente e vejo que os três riem desesperadamente.



-Esse com certeza é o melhor dia da minha vida! -Billy fala tentando respirar normalmente

-Eu concordo plenamente! -Melanie fala deitando no ombro do Billy

-Eu até que gostei de você garota. -Billy fala deitando sua cabeça em cima da de Melanie

-Você é legal!

-Ta,vamos parar com esse papinho aí e vamos sair daqui porquê eu estou com frio. -falo e todos me olham

-Merda minha hipotermia, só porquê você falou agora eu tô morrendo de frio. -Billy fala e começa a nadar para fora do lago

-Ele tem hipotermia? -Melanie pergunta

-Ele já teve,mas é propensa a aparecer a qualquer hora.



Nado junto com Melanie para fora do lago e vou até Billy que está com seus lábios roxos.



-Eu trouxe um moletom,mas está lá no carro. -Melanie fala com um certo tom de nervosismo em sua voz

-Eu corro mais rápido que você, então eu pego. -falo- Me dá a chave!

-Estava com você. -ela fala 

-Merda!



Corro e mergulho de volta no lago,nado até mais ou menos a área em que estávamos e mergulho até o final passando a mão pela aquela área inteira. Coloco minha mão em cima de uma coisa áspera e abro meus olhos,levo um susto quando vejo um pequeno jacaré com a chave na boca. Fico olhando para ele segurando minha respiração e faço leves movimentos na cabeça dele. O mesmo abre ainda mais sua boca e eu resolvo arriscar. Pego a chave da boca dele e subo para a superfície assim nadando de volta a terra firme.



-Melanie,cuida dele!



Começo a correr o mais rápido que posso,mas é quase impossível não escorregar com minha roupa toda molhada, então opito ir pela grama. Corro até que chego na área do parque,desvio de uma criança e continuo correndo.

Quando finalmente chego no carro abro o porta malas já que guardo vários moletons nele,pego quatro. Fecho o porta malas e volto a correr de volta para o lago.

[...]

Quando volto vejo que Billy está completamente roxo,percebo que o mesmo está desmaiado e coloco todos os quatro moletons nele.



-Se nós não o levarmos para o hospital ele morre! -Melanie fala se levantando- Pega ele,eu dirigo,agora vamos!



Pego Billy e começo a correr logo atrás de Melanie.

[...]

Estamos sentados na sala de espera do hospital sem nenhuma notícias do Billy. Minhas pernas ficam inquietas e Melanie não para de roer suas unhas. Percebo que todos nos olham e vejo meu pai entrando.



-Adryan pelo o amor Deus,o que aconteceu? -meu pai pergunta se abaixando na minha frente

-Nós fomos para o parque e fomos no lago,o barco virou e a água estava extremamente gelada,daí depois que nós saímos da água ele ficou completamente roxo... -Melanie fala

-Ele quem? -meu pai pergunta confuso

-Billy. -falo



[...]

Entro no quarto em que Billy está,vejo que o mesmo está com tubos que entram em seu nariz e que estão ligados a uma máquina. 



-Oi. -falo do lado dele

-Oi. -ele fala sorrindo

-Para de sorrir, você está em um hospital e está sorrindo? -falo firme

-Desculpa. -ele fala 

-Desculpa eu,eu fiquei mal por ter deixado você muito tempo dentro do lago,a culpa é minha por você estar assim. -falo deixando uma lágrima escorrer pelo meu rosto

-A culpa não é sua, não é a primeira vez que isso acontece e você sabe.

-Eu sei,mas eu não estava com você nas outras vezes. -falo 

-Mas o que isso muda? Você estar ou não estar,isso pode acontecer a qualquer hora, então não se culpa. -ele fala apertando minha mão



[...]

Acordo com a luz forte do hospital em meu rosto,olho para Billy e vejo que o mesmo não está mais ali. Me levanto e saio do quarto,vejo que o corredor está totalmente escuro,continuo andando e tropeço em algo,pego e vejo que é uma lanterna. Ligo ela e aponto para o final do corredor.



-Oi Adryanzinho. -Lucas fala com um sorriso em seu rosto- Está preparado?

-De novo não! -falo e começo a correr,mas o mesmo me acompanha

-Não adianta correr,eu sempre vou alcançar você. 



Continuo correndo até chegar na recepção,vou até a porta de entrada mas não consigo abri-la. 



-Sinto muito mas você me impediu de fazer o que eu queria, então está na sua hora. -ele fala se aproximando e ficando em cima de mim

-Por favor, não faz isso! -falo e sinto a faca entrando em meu corpo e apago

...

-Adryan acorda! -Billy fala me balançando

-Ah meu Deus! -falo me sentando na poltrona

-O que foi? -Billy pergunta franzindo o cenho

-Ele vai voltar. -falo 

-Ele quem? -ele pergunta confuso

-Lucas.



Notas Finais


Gostaram da atitude da Melanie?
Será que o Billy vai melhorar?
Adryan falou mesmo a verdade sobre a volta do Lucas?




Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...