História O Filho Do Meu Padrasto 2 - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Filhos, Hot, Romance
Visualizações 63
Palavras 2.239
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que vocês gostem e desculpa se teve algum erro ortográfico♡

Capítulo 2 - Apresentação da Elena


Fanfic / Fanfiction O Filho Do Meu Padrasto 2 - Capítulo 2 - Apresentação da Elena

Acordo,olho pro lado e não vejo Harry. Me levanto e vou fazer minha higiene matinal,tomo um banho e coloco uma calça e uma blusa social.
Vou ao quarto da Elena,Acordo ela e Jully depois vou no quarto do Vicente e acordo ele.
Desço as escadas e preparo o café da manhã,já que a Ana não chegou ainda.
As crianças descem e dou o café delas,levo a escola e vou pro trabalho.
Me sento na cadeira e começo a trabalhar no projeto,depois de horas mexo a minha tempora com os olhos fechados.
Volto a fazer o trabalho,Gill bate na minha porta

- Oie Alice,tudo bem? -Pergunta.
Sempre gostei do Gill como amigo,ele tem cabelos castanhos e os olhos azuis.

- Oie Gill,sim estou bem...e obrigada por me ajudar naquele projeto -digo.

- Disponha -diz ele- vou buscar café quer?

- Não obrigada -digo.ele sai da sala e volto a termina o projeto.
Meu celular toca era Olívia.

- Oi
- Alice você estava certa foi só um mal entendido,ela que tinha beijado ele e não ao contrário
- Fico feliz em saber
-  Obrigada por tudo,e deixa que eu pego a Jully
- Ok

Desligo e volto ao projeto,meu celular vibra Ahh tinha me esquecido a apresentação da Elena de balé e hoje as 18:30,vejo a hora e ainda são 14:40 da tarde,mando mensagem pro Harry avisando da apresentação.
Vou almoçar fora por que?sim eu gosto e tem um lugar calmo e rústico aqui perto.
Pego o elevador.
Vocês devem ESTAR confusos sobre como conseguimos esse trabalho!
Então tudo começou a 4 anos atrás O pai de Kauã faleceu e deixou essa empresa pra ele,perguntou se Harry queria ser o sócio dele e é claro ele aceitou.Kauã acabou deixando Harry no comando de tudo,por que ele queria dar atenção a família dele coisa que Harry não faz,Kauã trabalha de vez em quando em casa.Harry sempre gostou dessa coisa de engenharia e tals e eu sempre gostei de arquitetura,então juntamos o útil e o agradável...então foi isso.
Me sento na mesa e peço aipim frito com peixe sem osso,arroz e suco de acerola natural.
Meu pedido chega,como e pago a cont a,vou ao toalete  ( chique né?Eu sei) escovo os dentes e retoco o batom.
Vejo a hora 15:37 da tarde.
Volto a empresa e peço a secretaria pra entrega o projeto ao Gill.
Mando novamente uma nova mensagem a Harry avisando da apresentação e que seria importante  ele está lá .
Peguei o meu carro e foi buscar Vicente pra ir comigo.
Ele pulou de alegria,entrou no carro sem reclamar.

- Tá animado pra apresentação da sua irmã? -Pergunto.

- Não.to animado mesmo e que eu sair cedo,Bem que a senhora poderia me buscar assim sempre cedo -diz ele.

- Coloca o cinto garoto -digo,ele coloca.

- Mãe,você gostava de estudar? Pergunta.

- Claro que não -digo.

- Eu puxei mesmo você,não puxei nadinha do papai ele só vive trabalhando e não liga pros filhos -diz ele,que agora está triste.
O sinal fica vermelho,paro e me viro pra ele.

- Filho,Eu sei que o papai não tem ligado muito pra vocês,mais e que ele tem problemas na empresa -digo.

- Mas o tio Kauã também trabalha e sempre tem tempo pra família -diz ele,chorando.

- Meu amor,não somos a família da tia Olívia,não fazemos a nossa vida pela dos outros.Não chore querido -digo,isso me mata.odeio ver os meus filhos tristes e não poder fazer nada.
O sinal fica verde e volto a dirigir,coloco umas músicas bem agitadas e eu e Vicente cantamos várias.
Chegando em casa,dou um banho nele e coloco uma calça jeans e uma blusa polo rosa bebê.

- Ahh mãe,credo essa blusa e tão gay -diz Vicente.

- Gay e você garoto,para de show! -digo,pego a all star e coloco nele- Agora tenta não se sujar que eu vou me arrumar e pelo amor que você tenha a Deus não bagunça esse cabelo -ele balança a cabeça e desce pra sala.

Vou ao meu quarto tomo um banho e coloco essa roupa.(mídia lá em cima )

Um salto e uma make bem leve,e desço as escadas.

Vejo Vicente assistindo TV.

- Vamo cria -digo,ele me olha e diz:

- Mãe você está linda -diz ele.

- Obrigada meu amor,você também-digo e entramos no carro.ele coloca o cinto e eu também,me lembro que esqueci os convites lá na empresa.

- Filho,vamos lá na empresa pegar os convites,tá? -Pergunto.

- Claro,mamãe assim podemos chama o papai -diz Vicente,Alegre.
Coloquei o carro no estacionamento e entramos e posso dizer que todos me olharam principalmente os caras,e eu pensando que depois de casada ninguém olhava quem disse?
Vicente foi procurar o pai,enquanto eu foi pegar os convites,achei eles e foi procurar Vicente.
Ele estava no corredor falando com o Harry.
Me escondi e fiquei ouvindo.

- Desculpa filho,O papai acabou esquecendo e eu tenho uma reunião agora,pede desculpa a Elena -diz ele olhando pra Vicente,agachado.

- Mas pai,o senhor quase não sai da empresa,só hoje por favor? -diz Vicente.

- Desculpa eu não posso -diz ele.

- Estou de mal,não fala mais comigo -diz Vicente,virando o rosto.

- Olha só Vicente,me respeite que sou o seu pai -diz ele.
Saio do esconderijo e vou até eles.

- Não se preocupe meu filho,não precisamos dele - digo.

- Alice?que roupa e essa? Pergunta

- A roupa de sempre,vamos - digo.

- Espera você não vai com essa roupa,né -diz ele.

- Vou sim,agora se..-mas me interrompe.

- Alice -diz Gill.
Olho pra ele,que está bem arrumado.

- Oie -digo.

- Posso ir com você,na apresentação da Elena,sempre quis ver ela dançando -diz Gill.

- Claro,vamos no meu carro -digo.

- Mamãe?quem e esse -diz Vicente.
Gill se agacha e estende a mão e Vicente aperta a mão dele.

- Sou o Gill e você e o Vicente - diz Gill.

- Sou sim senhor -diz Vicente.

- Senhor não!Gill -diz Gill.
Harry nos olha.
A secretária aparece.

- Senhor Harry a reunião -diz ela.

- Já estou indo -diz Harry,ele respira fundo- Desculpa mais dessa vez eu não vou poder ir.
Só balanço a cabeça e puxo Vicente que ficou triste.
Gill pede pra ir conosco e deixei,fomos meu carro.
Gill notou que Vicente estava triste e disse:

- Que tal um dia desses você e eu bate uma bolinha lá,no campo de um dos meus sócios? -Pergunta.
Ele levanta a cabeça.

- Adoraria Gill -diz Vicente.

- Ótimo,semana que vem passo pra te pegar -diz Gill.
Vicente se alegrou e começaram a conversa sobre futebol e tals.
Saímos do carro e entramos na escola,estava decorada.
Nós sentamos e esperamos,A apresentação começou e Elena apareceu a coisa mais linda da minha vida...ela me olhou e sorrio e foi incrível a apresentação dela e das meninas.
Quando terminou ela veio me abraça e decidimos ir a uma lanchonete e ficamos conversando.

- Você arrasou Eleninha,foi incrível -diz Gill.

- Obrigada -diz Elena,sorrindo de orelha a orelha.

- E eu tenho que admitir que você melhorou bastante -diz Vicente.
Ela levanta uma sobrancelha e diz:

- Como o tio Gill disse eu estou incrível e para de ofuscar o meu brilho -diz Elena,E rimos.

- Essa menina tem talento -diz Gill.

Terminamos de comer e deixei Gill na empresa,as crianças agradeceram e fomos pra casa.
Estacionei o carro e entramos em casa e adivinha quem está lá?Diana a minha sogrinha querida,Só que não...conheci ela faz uns anos e ela sempre quer mandar em mim e falar sobre " se eu fosse você ",melhoraria isso é aquilo.resumindo não gosto da minha sogra,mas aturo e já falei pro Harry que não suporto ela.

- Amores -diz Diana,que e morena e com olhos verdes.
As crianças correram pra abraçar ela,no caso só o Vicente que a Elena nunca gostou dela.
Soltou as crianças e veio me dar uma abraço falso.

- Nossa Alice que roupa e essa?- Pergunta.

- A mesma de sempre -digo.

- Vejo que continua a mesma adolescente que conheci -diz ela.
Harry abri a porta e Elena pula em cima dele.

- Papai por que o senhor não veio me ver? -Pergunta.

- Desculpa meu...Mãe o que a senhora faz aqui? -Pergunta.

- Eu te falei que ia passar alguns meses aqui,por que a minha casa está de reforma,vou redecorar tudo -diz ela- Eu te avisei querido!
Ele coloca a mão na cabeça e diz:

- Verdade eu tinha me esquecido -diz Harry.
Eu estou com muita raiva,ele não me contou que a mãe dele ia vim,mas eu vou aturar tudo isso é depois quando a minha sogrinha for embora solto tudo,por que eu não vou dar o gostinho pra ela ver eu brigando com o filho dela.

- Então onde fica a cozinha?A viagem foi longa -diz Diana e Vicente leva ela até a cozinha.
Nem olho pra Harry.

- Filha,vamos vou te dar um banho pra ir dormi -digo.

- Mas mãe,Eu quero conversa com o papai sobre hoje -diz Elena.

- Filha,respeita a mamãe amanhã você pode me contar -diz Harry.
Então subimos as escadas dou um banho nela e ponho pra dormi.
Desço as escadas e vejo Diana e Vicente brincando.

- Filho,hora de dormi -digo.

- Mas mãe ainda são 23:07 -diz Vicente.

- Está tarde querido -digo.

- Deixa ele ficar mais um pouco comigo e não se preocupe eu coloco ele pra dormi -diz Diana.

- Desculpa Diana,mas aqui em casa tem regras e o Vicente sabe muito bem que o toque de recolher pra dormi são de 23:00 -digo.

- Alice vai dormi,e deixa a minha mãe bota ele pra dormi -diz Harry,aparecendo na sala ia responder mas meu celular toca.

- Alô
- Alice sou eu o Gill
- Ahh Oie
- Eu esqueci a minha carteira no seu carro se não for muito incômodo eu poderia ir aí e pegar?
- Claro te espero lá fora

Desligo.
Harry me olha.

- Vocês venceram,mas filho amanhã você tem teste e não esquece de estudar -digo.

- Ok mamãe,Vamos subir Diana e assistir um filme -diz Vicente,eles sobem me deixando SÓ com Harry.
Ahh Diana não gosta que chame ela de vovó.

- Quem era? -Pergunta.

- Era o Gill -digo.
Vou pra fora de casa e entro no carro e pego a carteira dele e em minutos Gill está na minha frente.
Entrego a carteira a ele.

- Obrigada Alice,não sei o que faria sem você -diz Gill.

- Continuaria vivendo -digo- até amanhã.

- Até -diz Gill,entrando no carro e indo embora.
Entro em casa e me jogo no sofá,olho o teto,meu celular toca era mamãe.

- Oie
- Filha o Luan não está bem
- Como assim mãe?
- Ele tá tossindo sangue e o André está trabalhando
- Tô indo

Desligo e me levanto,Vou até o escritório de Harry e ele não estava,subo as escadas e abro a porta do meu quarto ele estava lá,mexendo no notebook.

- Vou sair e não sei que horas volto,cuide das crianças -digo.

- A essa hora? -Pergunta,me olhando.

- Eu preciso o Luan não está bem e adivinha e de família o André está trabalhando.então eu vou lá ver o que posso fazer - digo.
Fecho a porta e ouço.

- Alice -diz Harry.
Abro e vejo ele se levantando e vindo até mim.

- Fala -digo.

- Vamos parar com essa brincadeira de ficar sem nós falar -diz Harry.

- Oie?você acha mesmo que isso que estou fazendo e brincadeira?Harry você não foi na apresentação da nossa filha,e o Vicente ficou triste e você preferiu ficar em uma droga de reunião do que ficar com  a sua família e eu odeio ver os meus filhos triste -digo.

- Eu prometo que vou melhorar -diz Harry.

- Estou indo -digo,mas ele segura o meu pescoço e me beija.
Ele entra no quarto e eu desço,pego o carro na garagem e vou até a casa da minha mãe.
eu realmente precisava de um café bem quente!
Saio do carro e bato na porta da minha mãe.
Ela estava chorando e com Luan nos braços.
Ela entra no carro e levo eles até o hospital,colocam ele na maca e faço a ficha.
Estávamos esperando o médico enquanto eu consolava a minha mãe.

- Você ligou pro André? -Pergunto.

- Eu esqueci -diz minha mãe.

- Então eu ligo -digo.

- Alice eu preciso dele aqui -diz mamãe.
Ligo pra ele é explico o que aconteceu.

- Ele falou que vai vim o mais rápido possível -digo.

- Eu espero -diz ela.
Então depois de minutos André chega,comprimento ele é ficamos lá.
Eu estava com um sono.

- Filha se quiser pode ir embora -diz Mamãe.

- Não eu vou ficar,vou só comprar um café -digo.
Me levanto e vou na cantina do hospital,peço um café.
Tomo e fico mais ativa.
Vejo no meu celular e já são 00:37 da manhã.
Vejo o médico falando com a minha mãe.
Me aproximo e o médico sai.

- O que houve? -Pergunto

- Ele teve uma hemorragia,mais está bem agora -diz André.

- Mas ele vai precisar ficar internado e vão fazer alguns exames -diz mamãe.

- Olha se precisarem de qualquer coisa e só me falar -digo.

- Obrigada filha -diz ela- o que acha de você ir dormi um pouco.

- Vai você e André eu estou bem e mais tarde vocês voltam -digo.

- Não precisa -diz André.

- Vão logo.eu estou aqui cuidando do meu irmão,e qualquer coisa ligo pra vocês -digo.
Eles vão e eu fico,pergunto se posso ver o Luan e deixam.
Me sento ao lado dele e fico lá.
Luan começa a se debater,corro e chamo os médicos.
Eles me separam do Luan.

- LUAN! LUAANN -grito.
Tento me aproxima mais os médicos me seguraram..
Começo a sentir lágrimas caírem no meu rosto.
E falo pra mim mesma ele não vai morrer.
Depois o médico se aproxima e diz:

- Ele está bem -diz o médico- Vai descansar um pouco.

- Não obrigada -digo.
Ele vai embora.

   


Notas Finais


Gente eu estou um pouco nervosa pra escrever esse livro,e por isso estou demorando pra postar,as vezes eu escrevo e apago tudo e faço de novo,por que tenho medo que vocês não gostem...enfim obrigada pelas visualizações,amo vocês(sério mesmo)😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...