História O Filho Do Pastor e A Garota Promíscua - Imagine BaekHyun - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Personagens Originais
Tags Baekhyun, Chanyeol, Imagine Baekhyun, Imagine Exo
Visualizações 190
Palavras 551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fic nova com SeHun no meu perfil ja tem 3 capítulo pessoaaaaaas

Capítulo 21 - 21


Fanfic / Fanfiction O Filho Do Pastor e A Garota Promíscua - Imagine BaekHyun - Capítulo 21 - 21




Pov.s Bloom ....


Era 22:00 horas saio pela janela, pego um táxi, tudo estava deserto, chego na casa dos Byun, avia pesquisado pra saber qual era o quarto de BaekHyun, subi a sacada, com facilidade ja era acostumada com isso. 


A janela tava aberta ótimo, entro em silêncio BaekHyun dormia tranquilo, verifiquei se a porta tava trancada, lentamente subi na cama, engatinho ate estar sobre ele.


Ele dormia de boxe interessante, achei que ele dormia com aqueles pijamas broxantes, começo a beijar sua clavícula, subindo ate seu pescoço, ele vai despertando lentamente. 


Quando ele me vê, parecia estar bêbado de sono, então resolvi brincar. 


--- Shii, e so um sonho babyboy --- sussurro em seu ouvido. E ele me olha com os olhos mais escuros que o normal, tiro meu vestido ficando de peças íntimas, ele me olha por completo, com desejo.

--- o melhor sonho da minha vida --- passa a língua nos lábios, aquilo foi putamente sexy, ele me puxa e me beija ferozmente. 


Em segundos ele me coloca por baixo, ele desce os beijos para minha clavícula, indo para minha barriga, fazendo uma trilha de beijos ate minha calcinha, ele a rasga.




O olho incrédula, mais ele apenas sorri malicioso e começa a me estimular lentamente, ele olha cada expressão que faço, e coloca dois dedos, me fodendo com os mesmo, tento gemer baixo mais ficou difícil quando ele resolveu usar a boca. Logo ele sobe e beija meu pescoço, passo a mão por seu corpo.




Ele para um pouco e admira meus seios ainda cobertos pelo sutiã, ele vai distribuindo beijos pelo mesmo, antes de agiu mente o tirar me deixando exposta pra ele, ele passa os dedos contornando meus bicos, me arrepio. 



Ele levanta e tira sua boxe, logo me penetrando, ele se movia lentamente, como se esperasse que eu pedisse para ir mais rápido, arranho suas costas e o ouço. 

--- Peça --- sussurrou no meu ouvido. 

--- BaekHyun --- ele me olha com luxúria.  --- me fode com força agora por favor --- suplício no final.


E ele começa a aumentar a velocidade. 




Ele ia rápido e fundo, podia ouvir a cama batendo na parede, ele me coloca de quatro e logo o sinto dentro de mim, mais rápido e violentamente, ele acerta meu ponto G em cheio, me fazendo aperta a cabeceira da cama, com força para não gritar. Logo chegamos a o ápice, caindo na cama exaustos.


Não esperava isso dele, fico o observando dormi visto uma boxe dele e meu vestido, pego o que resta de minhas roupas, dou um beijo em sua boca e saio pela janela novamente. 



Estava em casa, deitada, tinha faltado a escola pois chovia fortemente, e eu odio chuva, elas me lembram aquele maldito dia, em que ele a levou de mim. Estava sentada abraçada a meus joelhos, ouvindo os trovões e pingos baterem nas janelas, meus olhos estavam brilhantes de lágrimas acumuladas.




Não queria deixar elas caírem, meu celular toca, era uma mensagem. 


Desconhecido: Pensando em mim?


Desconhecido: Não se preocupe, logo estarei frente a frente com você. 


Desconhecido: E você vai rever sua amiguinha, não era o que você queria. 


Desconhecido: Sabe estou com ciumes, não quero você tão perto daquele garoto. 


Desconhecido: Melhor se afastar, não quer outra morte certo flor de lotus.



Largo o celular e as lágrimas caem de meu rosto. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...