1. Spirit Fanfics >
  2. O Filho do Patrão - Romance Gay >
  3. És uma criança para mim

História O Filho do Patrão - Romance Gay - Capítulo 4


Escrita por: SOJUNGeMARIANA

Notas do Autor


Regressamos com o quarto capitulo para vocês
A capa reprenta Dara / Daniel que será tratad mais por Dara ok
Boa leitura

Capítulo 4 - És uma criança para mim


Fanfic / Fanfiction O Filho do Patrão - Romance Gay - Capítulo 4 - És uma criança para mim

Esss Sr. Cassano me fazia lembrar alguém  mas não  sabia bem quem. Depois dele passar todos voltaram ao trabalho e eu e Dara nos vamos embora . Depois de trocar de roupa Dara continuava a parecer um pouco uma mebina dava para ver que era um rapaz mas não  se percebia  muito.

Jamie - ok agora continuo a te chamar Dara ou o teu nome de rapaz 

Dara - o meu nome de nascimento  é Daniel Park mas prefiro Dara mesmo o meu estilo é bem afrminado mesmo por isso podes me tratar por ela ou ele não  me importo muito 

Jamie - ok também  prefiro Dara honestamente 

Dara - combina mais eu sei , bem até amanhã  Jamie - eu vou para  o meu carro e vou para casa chego em casa e Simon ja estava a dormir ele sempre dormia cedo vou para o meu quarto depois do banho e fico a pensar como seria agora  minha vida neste emprego tão  estranho . Acordo de manhã  as 10h Simon  tinha ido trabalhar  e eu estava em casa só entrava as 19h e fazia fecho iria sair as 3h mas era porque  hoje iria trabakhar a sério . Chego lá a hora para não  ouvir nenhum raspanete  troco de roupa e vou trabalhar.  Estava por minha conta e quanto  o tempo passava e os clientes entravam e saiam alguns levavam empregados o que apertava o trabalho mas quanto mais tarde menos eles davam trabakho já estavam bêbados e prontos para  ir ou ja tinham arranjado companhia e iam se embora . Eu continuei no meu posto de  servir as mesas e fazer drinks mas ao contrario da maioria dos meus colegas eu me encontrava indisponível  . Quando  a hora do fecho chegou  os seguranças  vieram e começaram a expulsar todos e atirar fora os bebados mas também  ja não  havia muitas pessoas . Os poucos que ficaram arrumaram as coisas e fomos embora pois a limpeza era feita de manhã  por outra equipa uma profissional  de limpeza , que não  só limpava o bar como limpava o motel em cima . Eu chego a casa as 3:30h da manha e me atira para cama cansado . No dia seguinte era igual era sempre assim pois as 18h o pessoal de limpeza termina e nós as 19h abrimos as portas . Hoje foi um dia cansativo  e notei que fora eu os unicos indisponível eram umas miudas que estavam com o periodo e não  criam arriscar. Eu talvez  devesse tentar ganhar dinheiro extra afinal ninguém  vai saber . Eu aproveito a minha pausa do jantarpara trocar de colete . Volto com o colete amarelo e Dara fica surpresa - de amarelo estas  pronto para o trabalho  asserio  

Jamie - sim 

Dara - giro como és hoje acabas no motel cheio de dinheiro olha  que o extra é  todo teu 

Jamie - todo a 100% 

Dara - sim o bar ganha quando eles pagam o motel e para nos levar fora do motel eles pagam a comissão  mas são  avisados que a comissão  é só para nos tirar os nossos serviço  tem  de pagar a nós 

Jamie - ok 

Dara - para fazeres sucesso precisas de 1 redes sociais em que mostres quão  sexy e gostoso és literalmente  videos e fotos provocantes  , a farda bem o colete é obrigatório  o resto não  ,podes usar roupas apertadas não  usar nada debaixo do colete e até shorts tudo vale para seduzir os clientes não  tenhas medo atira te de cabeça.  , boa sorte - Dara segue o trabalho e eu também  afinal eu só modei o colete nada iria acontecer . Pensei errado pois assim que os cliente me viram muitos deixaram de ser tão  quietos me elogiavam piscavam me o olho alguns ate me davam palmadas no rabo eu não  estava acostumado mas Dara do outro lado me fazia gestos e tentava falar coimigo - eu acabo por entrando  no vestuário  pronto para trocar de colete quando Dara entra - nem penses nisso tu vais sair agora e vais continuar com esse colete 

Jamie - mas eu não  estou pronto para dormir com um cliente 

Dara - e quem disse que tens de dormir com eles ou fazer sexo , olha confia em mim fora daqueles que só quetem sexo este bar tem mais pessoas que  querem falar e se libertar do que pessoas que querem sexo rápido  , por isso confia em mim e joga te - eu oiço  e resolvo tentar novamente  eu saio e desta vez mais confiante resolvo tentar , acabo aceitando o convite de um cliente de sentar com ele e após  alguns minutos ele me convida para fora do bar o mesmo não  me leva ao motel mas sim a sua casa que era lá perto como eu iria sair levei as minhas coisas e teria o dia como concluído  quando chegamos a sua casa o senhor me fala 

Senhor - não  precisas de entrar comigo podes ir para casa rapaz - eu o olho confuso - eu sei como é trabalhar nesse bar é muita pressão  para vocês  irem para cama com os clientes pois alem de ganharem mais elss lucram mais sem falar dos podres mais escondidos , tu claramente  és novo lá w eles já estão  a te enganar para enfim te prostituires 

Jamie - como sabe 

Senhor - eu trabalhei la fui enganado e acabei saindo antes que fosse tarde de mais para mim devias fazer o mesmo meu rapaz és muito novo ainda tens uma vida pela  frente acredita  em mim - o senhor entra e me deixa lá fora eu volto para casa e vou para a cama as palavras dele ecoaram nainha cabeça  mas não  faziam sentindo algum-. No dia seguinte era a minha folga não  iria trabalhar, acordo depois de Simon e limpo a casa toda mas só depois do almoço  me lembro do meu encontro com o Marco eu tinha de ir pois simplesmente  não  aparecer seria muito  cruel . Eu me visto para o encontro eu afinal só iria por educação  e deixar claro que nunca vai rolar nada . Eu saio de casa e me deparo com o Simon a entrar no prédio 

Simon - onde vais tão  bem vestido 

Jamie - compras 

Simon - quem é o filho da puta 

Jamie - Marco - falo baixo 

Simon - não  conheço  

Jamie - o tipo do video que enviei ao Luis 

Simon - Jamie ! - eu vou me embora antes dele falar algo mais entro no carro e o vejo  vir atrás  chateado provavelmente  gritando sobre minha iresponsabilidade e falta de orgulho . Eu vou até ao café  combinado com o Marco e o mesmo estava me esperando . Ele me vê e se levanta e acena para mim e noto que muitos me ficam me olhando por isso . Foi vergonhoso eu vou até a mesa e nos sentamos 

Marco - ainda bem que  vieste estava com medo de levar uma tampa 

Jamie - eu não  faria isso - nós pedimos e ficamos meio em silêncio  por um pouco - estranho 

Marco - sim provavelmente  por tu não  te lembrares  de mim e eu não  te esquecer 

Jamie - desculpa eu estava fora de mim nessa noite 

Marco - tudo bem então  e melhor voltar aa nos apresentar  

Jamie - sim eu sou o Jamie Hudson tenho 28 anos vivo com o meu melhor amigo Simon tenho uma irmã  mais nova chamada  Sunny , o meu pai é policia  sou abertamente  gay e sai a pouco  tempo de um relacionamento de 2 anos após  descobrir que estava a ser traido 

Marco - Muito prazer 

Jamieb- prazer é meu agora tu 

Marco - o meu nome é Marco Cassano sou o mais novo de 5 irmãos  trabalho como tatuador  vivo mais ou menos sozinho pois vivo em um quarto do prédio  do meu pai , eu sai de um relacionamento  após  ser múltiplas  vezes traido  e não  consigo parar de pensar em ti depois de nos conhecermos pela primeira vez 

Jamie - e quantos anos tens 

Marco - 19 anos - ele era maior de idade mas mesmo assim ele era uma criança...

 


Notas Finais


Esperámos que tenham gostado se gostaram adcionem aos favoritos e comentem o que acharam pois isso nos motiva em continuar a escrever esta história Beijos da Sojung&Mariana e até breve


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...