História O Filho Prodígio (Em Correção) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bebê Dahyung, Jikook, Jimin!seme, Jiparkinha, Jungkook!uke, Kookmin, Mpreg, Taeseok, Vhope
Visualizações 170
Palavras 679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drabble, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬
BOA LEITURA
👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬👬

Capítulo 18 - Capítulo 18


Fanfic / Fanfiction O Filho Prodígio (Em Correção) - Capítulo 18 - Capítulo 18


Hoje era um grande dia para Jimin e Jeongguk, eles iriam finalmente saber o sexo do bebê. Jeongguk não poderia negar que estava bastante animado, Jimin também não. Eles aguardaram miséros quatro meses para descobrir, coisa que não demorou muito a chegar. 

Na medida em que os dias se passavam, Jeongguk estava cada vez mais inchado, ele sentia que tudo em si tinha ganhado mais carne, e ele não estava gostando nada disso, já que sempre manteve seu corpo em forma. Mas ele não poderia reclamar, foi ele quem quis assim.

Jimin estava bastante nervoso e alvoroçado, ele estava completamente inquieto, e impaciente. Era bem notável para quem o visse de perto. Seus pés balançavam de um lado para o outro, suas mãos não paravam quieta, sendo mexendo no nariz, ou mexendo em seu cabelo.

Jeongguk percebeu o nervosismo do pai do seu filho, e pegou em sua mão. Foi instantâneo a forma como ele parou todos os seus movimentos inquietos, e olhou para si sorrindo,  e retribuindo o aperto nas mãos.

Taehyung e Hoseok também estavam os acompanhando, eles também estavam curiosos para saber o sexo do sobrinho. O Kim não parava de tagarelar ao lado do Jung, o quanto queria que fosse uma menina. Já que estava doido para encher sua sobrinha de presentes; sendo com florzinhas e/ou bonecas e vestidinhos.

O carro para em frente ao grande hospital de Seul, todos olham para a faixada do grande prédio, e suspiram. 

— Vamos? — O Kim pergunta, e os outros três assentem.

...

Jeongguk já estava devidamente deitadinho naquela maca de hospital, o vestido branco que batia em seus joelhos estavam devidamente levantado ao altura do peito. E em seu rosto carregava um sorriso grande, de orelha a orelha.

Jimin estava ao seu lado, segurando em sua mão, seus olhos estavam pregados na grande tela do ultrassom, já era notável ver os olhinhos pequenos do Park inundando em lágrimas. O brilho em seu olhar mostrava isso.

Estavam os dois olhando para a tela. E quando a médica finalmente pois aquele gel bem conhecido pelo Jeon em sua barriga, e logo em seguida o leve peso da máquina de ultrassom, eles notaram o pequeno bebezinho que havia ali.

Era tão pequeno, tão bonitinho encolhidinho daquele jeito sereno. 

A médica sorriu por finalmente descobrir oque era aquele sersinho no ventre de seu paciente.

— Hm, vejo que vão ter mais um príncipe para a família.  — Solta observando o monitor.

Jimin arregala os olhos, e sorri grande. Os dois homens ali se olham, com os olhos cheio de lágrimas. A felicidade transbordava dentro da sala, tanto pelos dois jovens, quanto pela médica, que estava bastante feliz pelos dois.

— Bom, vou buscar o ultrassom para vocês dois verem melhor, fiquem a vontade. — Sorri e sai.

— É um menino! — Jimin sorri entre as lágrimas. Jeongguk assente, também sorrindo.

Os dois se abraçam.

— Vamos ter um pequeno príncipe. — Jimin fala novamente, e olha para a barriga do Jeon. — Papai já te ama muito, filho... Mesmo que você ainda nem tenha saído da barriga. Vamos brincar muito em breve, ouviu? Eu vou te levar para um campo de futebol, você será um grande jogador. — O Park estava sendo um bobão falando com a barriga do Jeon. Jeongguk via a tudo calado, com um sorrisinho de canto.

Depois de alguns minutos a médica adentra a sala, com alguns papéis em mãos, entregando-os para os pais do bebê logo em seguida.

Depois de resolverem alguns assuntos com a médica saíram do hospital e encontraram o Kim e o Jung do lado de fora, alegres em espectativas.

— É um menino! — Jimin solta alegre, abraçando o irmão. Taehyung ficou um pouco desapontado, mas mesmo assim sorriu, e abraçou o melhor amigo.

Depois dos abraços os 4 seguiram para a casa de Jimin. Lá discutiram sobre quem iria comprar as roupinhas do bebê. Taehyung se candidatou, pois segundo ele: Ele era o melhor visual de todos, e que também iria encher seu sobrinho de roupas da Gucci. E acabou que os quatros iriam juntos

Essa semana seria corrida, para os pais do pequeno príncipe que estava por vim.





Notas Finais


Os capítulos serão curtinhos, até o Jeongguk finalmente ter o bebê.

Estamos quase chegando em 100 favoritos! Vamos lá gente, vocês conseguem.

Muito obrigada pelos favoritos, vocês são os melhores. E muito obrigada por sempre estarem acompanhando ' O Filho Prodígio ' Eu amo vocês ❤😊❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...