História O filho renegado de bellatrix lestrange - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Tags O Filho Renegado
Visualizações 8
Palavras 1.247
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo voltei

Capítulo 2 - Prolongo segunda parte Wilian Herbert


Fanfic / Fanfiction O filho renegado de bellatrix lestrange - Capítulo 2 - Prolongo segunda parte Wilian Herbert

No interior da Inglaterra há uma pequena aldeia de fazendeiros pessoas normais e honestas em uma dessas fazendas vivia o jovem Wilian Herbert ele acabara de fazer vinte e quatro anos e tinha ganhado essa pequena fazenda como herança do seu avô sua família inteira o julgou porque ele abandonou seu último ano de faculdade de medicina e foi morar plasticamente isolado e tento apenas a companhia do seu melhor amigo Bob que era um cão viralada que ele havia achado na rua a alguns meses atrás, Wilian estava na sua cozinha na pequena casa na fazenda preparando o seu jantar e o do bob que estava sentado no chão ao seu lado, lá fora o tempo havia mudado e estava caindo umagrande tempestade e de vez em quando um raio caia Bob choramingava Wilian falava algumas palavras para acalmar-lo, foi em um desse raios que algo aconteceu um raio atingiu o celeiro fazendo um grande barulho  Wilian se assustou já Bob saiu correndo para o celeiro Wilian foi atrás dele chegando lá ele ouviu Bob latindo dentro do celeiro Wilian entrou e olhou para cima e depois assobiou longamente.

- Isso não vai ser nada barato para consertar . Bob ainda latia em direção ao feno que graças a chuva ficou molhado foi ainda que ele ouviu um gemido de dor Wilian ouvindo aquilo ficou com medo, mas mesmo assim ele foi até o feno só para ver uma mulher de longos cabelos negros caída no feno desmaiada ele começou a olhar o corpo dela até que parou no abdômen que tinha um espinho de provavelmente 30 cm de largura ela estava perdendo muito sangue ele arregalou os olhos logos depois ele pegou ela no colo e saiu correndo de volta para sua casa Bob vinha logo atrás ele entrou na casa e foi direto para seu quarto colocou ela na cama foi até o quarta roupa e pegou seu kit de primeiros socorros ele tirou a parte de sima das roupas delas só para ele ter a feliz e infeliz descoberta que ela não usava sutiã ele então cobriu os peitos dela com um lençol e começou a fazer os primeiros socorros a unica vez que ela acordou no processo inteiro foi no momento que ele retirou o espinho ela gritou olhou para ele e disse três palavras. - Agatha, maldita, trouxa . Logo depois ela desmaiou novamente ele então cuidou dela é depois a cobriu com a coberta e ficou a observando . - quem é você , você é tão linda. Bob latiu e olhou estranhamente para ele . - eu não estou pensando besteira. Logo depois ele sai do quarto e vai para cozinha.

================================

Dois dias depois

================================

Bellatrix abre os olhos lentamente ela tenta se levantar mas uma dor no abdômen faz ela deitar novamente ela então levanta a coberta só para ver seu abdômen enfaixado ela estranha porque nunca viu aquela coisa ela então começou olhar pelo quarto ela nunca viu muitas das coisas ali foi neste estande que um cão viralata da cor marrom entrou pela porta logo depois veio um homem branco alto provavelmente 1,80 corpo bem formado por trabalho no campo pele bronzeada do sol cabelos negros olhos azuis e tinha um pequeno sorriso maroto no rosto, ela quase se perdeu naqueles olhos azuis então ela balançou a cabeça negativamente pois ele era trouxa e ela matava trouxas.

- Vejo que acordou, gostaria de saber seu nome. Ele chegou perto dela é tentou colocar a mão na testa dela ela bateu na mão dele . - Não encoste em mim seu trouxa nojento. Wilian ficou meio chateado pois ele tinha salvado a mulher e a primeira coisa que ela faz quando acorda e chamá-lo de trouxa nojento. - olha eu de encontrei jogada no meu feno com um espinho gigante e de salvei você deveria pelo menos me agradecer. Ele tentou colocar a mão novamente na testa dela ela então mordeu a mão dele ele tentou dirá mas ela não deixava os dois começaram a brigar violentamente Bob pendurou a cabeça para o lado vendo a cena, assim se passaram três dias até que o ferimento dela abriu novamente então ele deve que costurar la, ela estava sentada na cama com as costas apoiada na parede e os braços cruzados eo rosto emburrado Wilian estava fazendo os pontos no abdômen dela ele estava extremamente concentrado foi aí que ela falou baixinho. - M..e..u me..u meu nome é Bellatrix. Wilian parou de costura e olhou para ela. - oque você disse eu não escutei. Ele não era o tipo de pessoa que aproveitar das outras mas ela estava merecendo isso. - MEU NOME E BELLATRIX E EU SOU UMA BRUXA. Wilian parou e olhou para ela espantado ele ouviu bruxa ele não podia está com problema de audição bruxas não existem mas se existissem elas deveriam ser horríveis mas ela era tão linda. - Você e bruxa conta outra bruxas não existem. Então ela estralo os dedos e um espelho que ficava no quarto explodiu Wilian jogou a agulha e a linha e caiu de bunda no chão ela gargalhou com gosto. -Eu poderia fazer mais se tivesse minha varinha mágica mas eu a pedir em algum lugar em Londres quando eu aparatei aqueles malditos do ministério da magia provavelmente acharam ela. - Calma aí é muita informação para mim. - Esqueci que trouxas tem pouca inteligência. Então ela passou um dia inteiro contando sobre o mundo mágico para Wilian e ele parecia uma criança que acabara de descobrir algo novo e super interessante. - Então você é uma comensal da morte e você mata trouxas porque um tal de lorde das trevas disse que vocês são supremos eu nunca ouvi tanta merda na minha vida provavelmente este lorde das trevas e um cuzao não aguentaria cinco minutos de soco comigo. - Como você ousa falar assim do mestre ele é um homem sábio e por isso que eu odeio trouxas. Wilian se levanta do chão e vai para cozinha. - Eu irei preparar o jantar.  Assim se passaram três longos meses até que ela se recuperou neste dia Wilian estava nos campos ela se levantou pegou algumas roupas dele e vestiu elas então ela foi atrás dele no campo Wilian ficou espantado quanto viu ela aparece nos campos. - Oque faz aqui . - Eu vim de ajuda não é óbvio. - Achei que bruxas não faziam trabalho de trouxa . Ele vez uma uma careta ela sorriu. - No momento eu não quero ser bruxa. - então que você quer ser . - Quero ser uma trouxa que trabalha no campo do seu salvador. Wilian gargalhou e a olhou profundamente nos olhos dela que também retribuiu com um sorriso. - então Bellatrix hoje vai ter uma festa no vilarejo já que você quer ser uma trouxa vai ter que ir comigo na festa no vilarejo e se divertir como um . Então a noite chegou Wilian levou ela para a festa no começo ela ficou meio no canto mas logo ela se soltou  e passou a noite dançando com Wilian as pessoas do vilarejo acharam que os dois faziam um belo casal, os dois voltaram para casa de madrugada Wilian iria deixá-la na porta do quarto e iria para sala mas ela segurou a mão dele. - Durma comigo hoje trouxa você é a primeira pessoa que eu realmente gosto. Então ela beijou ele na boca e puxou para o quarto.

Continua


Notas Finais


Yo está quase no fim do prolongo espero que vcs continuem lendo e me desculpa os erros de português


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...