História O fim de uma era - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Visualizações 8
Palavras 765
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigado por lerem e perdoem qualquer erro,por favor.

Capítulo 1 - Fim


...-Vinte e oito anos, tanto tempo se passou e aqui estou, tendo que presenciar novamente a morte de um grande homem, maldito dia em que entrei para a marinha... Primeiro o Ace agora você ,moleque idiota,por que ? Por que voces teimam em me deixar?...

Esses são os pensamentos que atravessam a mente do vice-almirante da marinha, o herói Monkey D. Garp enquanto diante de si e de varios, se não todos os principais oficiais da dita organização incluindo os tres almirantes, seu neto Monkey D. Luffy, o Mugiwara e agora Rei dos Piratas ajoelha-se ainda com um sorriso .

-Shishishi. Oi Velhote, obrigado por cuidar de mim!

- Cale a boca,idiota!-diz embora as lágrimas já escorriam por suas velhas faces.

  Nesse momento Sengoku esta lendo a sentença, enquanto ao redor da plataforma elevada centenas de olhos presenciam a execução e outros milhares  encontram-se vidrados em telas de vidro esperando o fim desse macabro espetáculo.

   Segundos depois, pareceu-lhe, Sengoku silencia-se,”é agora” pensa com um frio a instalar-se em seu peito , quando uma voz é ouvida em meio a multidão.

-Parem- os guardas em alerta , posicionam-se esperando uma tentativa desesperada de resgate, no entanto, em meio a população não ha um exercito, e sim um homem, um jovem de cabelos verdes com  uma cicatriz no olho esquerdo e três espadas na cintura.

Lentamente ele sobe a plataforma, esquivando-se dos ataques desferidos em sua direção . Com calma dirigi-se até Luffy , sentando-se ao seu lado e depositando suas espadas aos seus pés.

-Zoro, por que você esta aqui?-perguntou confuso-Você sabe que eu escolhi isso! E onde estão os outros?

-Não se preocupe idiota, eles estão bem...e eu não vim impedi-lo mas agora que conquistei minha meta e me tornei o melhor espachim do mundo, percebi que não tenho mais o que fazer. Vivi esses anos para honrar minha promessa... talvez eu tivesse desistido a muito tempo se não conhecesse você e os outros.—Em silencio o alto escalão da marinha presencia a cena—Então Luffy ,eu que o acompanhei a Laftel...agora peço permissão para segui-lo ao inferno,Capitão.

-Shishishi. Faça como quiser Zoro e obrigado por ser meu nakama, você sempre foi meu braço direito—diz sorrindo ,em seguida enche os pulmões de ar egrita com todas as suas forças.

-Ei vocês ai, vocês querem o One Piece? Eu e meus amigos o encontramos, ele esta mesmo lá na ultima ilha... Laftel...e é todo de vocês.

Em seguida ouviu-se a voz do esverdeado que orgulhosamente manifesta-se:

-Sejam vocês homens ou mulheres, sempre busquem seus sonhos mesmo que eles pareçam-lhes impossíveis não desistam!!!-seus olhos vagueiam a esmo pelo povo reunindo  encontrando o capitão da marinha Smoker na multidão e ao seu lado a jovem espadachim Tashigi, cópia fidedigna de sua amiga, que no momento tras os olhos marejados todavia e no entanto brilhantes.

   E então as espadas sobem, o sol erradia sobre eles aquecendo-lhes a pele e refletindo nas lâminas. –Espere, mate-me com a Meitou, por favor. Somente ela tem esse direito.

Seu pedido foi prontamente atendido.Novamente as armas foram erguidas e como há quase três décadas as mesmas caem, fazendo o sangue rubro e quente jorrar respingando no chapéu de palha e na bandana, que jazem esquecidas ao lado de seus respectivos donos.

--------------------------//-------------------------------------------//--------------------------------

   Fim do show, o povo dispersa-se esgotados pela emoção dirigem-se as suas casas, todavia alguns cidadãos continuam ali: um cara enorme com cabelos grisalhos,cicatrizes pela face e dois charutos na boca; uma jovem de cabelos negros usando óculos e abraçada a uma espada; uma garota ruiva que chora copiosamente junto a um rapaz loiro; outra morena encontra-se entre um narigudo e um homem estranho só de sunga; próximos de uma pequena rena e de um esqueleto, reunindo-se em lamento.

-Eu ainda não acredito que o Luffy fez isso...que a marinha aceitou nos livrar dessa...que eles se foram—exclama entre soluços e tomado por enorme tristeza o moreno enquanto encaminha-se ao local onde jazem seus amigos recolhendo-lhes amargamente seus restos mortais, perante o olhar baço e sem vida do velho marinheiro que continua ali.

-Marimo idiota- pronuncia melancolicamente o loiro entre tragadas do cigarro fitando o companheiro.

Com pesar os corpos do capitão e de seu imediato são levados.

------------------------------------------//---------------------------------------------------------//----------------------

   Em uma bela colina, cujo lado termina em um penhasco suspenso sobre o mar repousam o Rei dos Piratas e o Maior Espadachim do Mundo, em seus túmulos a brisa marinha acaricia delicadamente seus tesouros, atensiósamente postos ali por seus companheiros.

   Três espadas,uma bandana e um chapéu de palha foram os símbolos gloriosos de uma grande era que agora chegou ao fim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...