1. Spirit Fanfics >
  2. O Fim do mundo >
  3. Casal encrenca!

História O Fim do mundo - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Esses dois ainda vão aprontar muito nessa história.♥️😍

Capítulo 5 - Casal encrenca!


Fanfic / Fanfiction O Fim do mundo - Capítulo 5 - Casal encrenca!

Helena não gostou nada de ver as meninas atrás da porta ouvindo a conversa dela.

- Que bonito em!! Ouvindo a conversa dos outros.

- É que estava tão interessante.

Respondeu Milly.

- Interessante para quem?

- Para vocês dois, confessa que você está caindo de amores pelo tal Thiago.

- Eu? Nem nos sonhos dele. E quer saber, vou agora mesmo dar umas voltas pela cidade e beber um pouco.

Boa indagou sobre o assunto.

- Você vai beber a essa hora?

- Sim, o que tem de mais nisso?

Milly também, pois ainda temia um novo tremor de terra.

- Mesmo depois do terremoto de ontem?

- O terremoto foi ontem, hoje já é outro dia!

Helena era impulsiva e ao mesmo tempo impossível.

- Vocês fiquem aí, com a irmã Celeste! 

Milly sacou que Helena estava debochando de Celeste.

- Como você é debochada Helena, credo! 

Bia adorou Celeste.

- Eu gostei dela!

Helena também gostou de Celeste, mais tinha uma crítica.

- Também gostei dela, o que não gostei foi das roupas dela. Vocês viram? Parece freira!

- É melhor do que as roupas que você usa dona Helena!

- O que eu uso é  tendência entre as jovens, as roupas dela não, parece as roupas da minha avó Dejamira. (Risos).

Milly riu.

- Você é impossível mesmo Helena, credo! (Risos).

Helena sorriu.

- Eu já vou, não deixem a freira roubar nada meu não em.

Milly achou que ela estava exagerando.

- Por que a Celeste roubaria suas coisas?

- Sei lá, vai que ela invente de jogar fora as minhas roupas e as minhas makes? Todo cuidado é pouco! Vigia em!

Helena saiu no frio da cidade. Quando saiu na porta, lá estaca novamente Thiago a seu incalce.

- Princesa!

- Ah não! Cara, larga do meu pé!

- Eu vim te trazer boas notícias.

- Dinheiro?

- Não.

- Então não me interessa!

Helena não estava nem um pouco afim de dar atenção a ele, por isso já estava se retirando.

- Calma aí dona encrenca, eu quero te mostrar uma coisa.

- Cara como você é chato! Oh coisa chata meu Deus, sinceramente.

Thiago jeito dela de falar.

- Veja isso!

Ele deu um jornal na mão dela.

- Um jornal? Meu filho eu não leio nem as embalagens dos produtos que compro no mercado, de onde você tirou que vou ler isso?

- Esse não é um jornal comum, tem algo especial.

- O que? Ele é um jornal premiado? 

Helena não exitava em fazer piada com a cara dele.

- Amor, olha a foto estampada no jornal.

- Não sou o seu amor, vê se para com isso.

Ela olhou a foto e se surpreendeu ao ver a foto dos dois estampada na capa do jornal.

- Olha, nós dois..

- Sim, e ainda está escrito; "procura-se casal de namorados que intrigou o Estados Unidos!"

- Então eu estou famosa?

- Nós dois! Somos o casal do momento.

- Não sei que casal, não somos nada. Você não é nada meu, a não ser um vizinho chato que vive no meu pé.

- Seu pé é bem macio, quem sabe eu um dia não encha ele de beijinhos.

- Meu pé não é para o seu bico, eu cuido dele com muito carinho e amor, não é qualquer um que toca neles.

- Eu não sou qualquer um, sou o amor da sua vida!

- Ah coitado, eu nem te conheço garoto! Me da licença!

Ela estava doida para fugir dele.

- Onde você vai princesa?

- É da sua conta?

- Sim, não acho conveniente você sair com esse cais que está lá fora.

- Eu saiu a hora em que eu quiser, você não manda em mim. Eu sou solteira!

- Por pouco tempo! Mais onde você vai?

- Vou beber.

- Refrigerante ou suco?

- Tequila, mas não é qualquer tequila não, é a tequila louca!

- Ah essa hora?

- Agora tem hora para beber? Eu bebo a hora que quero.

- Menina mimada..(risos).

- Posso ir agora ou está difícil?

- Eu vou com você minha linda!

- Eu não pedi sua companhia.

- Mais mesmo assim eu vou! 

Helena não gostou nada, mais deixou. Os dois foram caminhando lado a lado sem dizer nada.

- Não vai dizer nada?

- Eu iria vir sozinha, se não estou dizendo nada é porque quero fingir que você não está aqui.

- Então tá, vamos ver se você vai conseguir me evitar por mais tempo.

Ele começou a andar em volta dela, com isso Helena ficou parada e cruzou os braços.

- Bem que dizem que os homens realmente demoram para amadurecer.

- Está me chamando de imaturo?

- Eu não estou vendo ninguém mais rodando em volta de ninguém aqui na rua.

- (Risos). Sabe de uma coisa, achei seu nome lindo! Helena Gabriela, é diferente assim como você.

- É mesmo? Uma pena que eu não possa dizer o mesmo.

Helena tornou a andar para frente, se desviando dele. Ele novamente a cercou.

- Me dá a honra dessa dança?

- Para Thiago, nem pensar.

- Vai, vamos nos divertir um pouquinho. Vem!

Ele segurou na mão dela e ambos começaram a dançar no meio da rua. Um cinegrafista viu os dois e se aproximou.

- Vocês são o casal da tv? 

Thiago e Helena olharam um para ou outro.

- Sim, somos nós dois!

Thiago respondeu e ao mesmo tempo abraçou ela.

- Estavam dançando na rua? Que lindos! Então quer dizer que a desavença entre vocês dois já está resolvida?

- Sim, o nosso amor é o mais puro possível. A gente se adora.

Helena não evitou em dizer a verdade.

- Mentira! 

Thiago ficou preocupado.

- Como mentira amor?

- Claro que é mentira Thiago, até quando você vai ficar sustentando essa mentira de que somos namorados? 

O cinegrafista começou a gravar ao invés de apenas tirar fotos.

- A verdade é que não somos namorados. 

Os dois ficaram atentos às palavras dela, Thiago sabia que ela iria dizer toda a verdade.

- Somos noivos! Pronto, falei!

Thiago ficou surpreso com a resposta dela e começou a rir.

- Já passaram de fase?

O cinegrafista ficou entusiasmado, pois seria o primeiro a divulgar a notícia em primeira mão.

- Sim, estamos muito felizes não é amor?

Helena acariciou o rosto dele.

- Sim minha princesa, sou o homem mais feliz do mundo, tendo a noiva mais linda do mundo.

Helena sorriu sem graça, sabia que aquela cantada era seria.

- Então, para encerrar com chave de ouro o beijo do casal.

Os dois se olharam nesse instante, só que diferente.

- Não, sabe o que que é, estou com bafo, não escovei dente hoje.

- Que isso minha tão na, eu te amo assim mesmo..Vem cá.

Ele a beijou antes que ela pudesse inventar outra desculpa, para alegria do cinegrafista.

- Belos! Lindos!  Tenho certeza que essa nossa matéria vai render muito, obrigado casal! Felicidades!

Assim que o cinegrafista saiu, Helena saiu de perto dele.

- Você sabia que é assédio ficar roubando beijos de uma mulher indefesa como eu?

- Ah, para! Você de indefesa não tem nada, cai entre nós!

- Isso não te da o direito de sair me beijando, não somos nada!

- Como não? Não foi você quem disse que somos noivos?

- Eu falei isso para não te envergonhar na frente dele, fiquei com pena de você.

- Que nada! A verdade é que você gosta de mim, só não admite porque é orgulhosa!

- Eu não gosto de você, jamais vou gostar!

- Ah, não? 

Ele a puxou para junto dele e a abraçou.

- Me solta seu doido..

Ele não quis soltar ela.

- Que coraçãozinho acelerado em!

- É que eestou assustada com a sua feiura!

- Não, eu já acho outra coisa.

Ele olhou bem nos olhos dela e tirou os cabelos do rosto dela, colocando atrás da orelha.

- O que você acha?

- Que você está gostando de mim.

Ele deu um beijinho no canto da boca dela.

- Vai ficar brincando comigo?

- Ué, você não faz isso tempo todo comigo?

- Eu não gosto de você, sou sincera!

- Odeia mesmo?

Nesse instante ele da outro beijo no canto da boca dela.

- Quer saber, eu te odeio sim, mais odeio de paixão!

Finalmente Helena toma a iniciativa e o beija, ela mesma. 



Notas Finais


Esse casal aí vai colar em breve!😂😂😂🔥👏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...