História O garoto da biblioteca. - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Boysxboys, Fuffly, Jackson, Mark, Markson
Visualizações 51
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Desalento.


Jackson crispou os lábios, seguidamente, afundando o corpo contra a cadeira macia do anfiteatro. Ao seu lado esquerdo, seus colegas de turma tagarelavam sem parar e ao direito, ele e outros alunos mantinham-se quietos.

Alguns estavam ansiosos, outros curiosos e ainda outros impacientes com a demora. A escola estava com um projeto novo em que traziam jovens estudantes de determinadas faculdades para falar sobre algum assunto com os alunos. Não era ao todo atrativo, mas haviam muitos ali que gostaram da ideia.

Enquanto distraía-se com os pensamentos inquietantes, o chinês suspirou, tendo o braço agarrado pelo amigo coreano, Namjoon. O rapaz tagarelava com um outro garoto ao lado e exibia uma fileira de dentes branquíssimos e covinhas adoráveis.

Wang suspirou, deitando a cabeça por sobre o ombro do amigo ao que novamente, dispersava-se em pensamentos. Sentia-se estranho. 

No dia anterior, Mark e ele haviam firmado uma relação e desde então que o contínuo sentimento o seguia. Logo após o pedido, trocaram beijinhos e passaram o restante da noite entre conversas. E por mais que se sentisse feliz, estava estranho. 

Ao acordar e sair para a escola e ainda quando presenciou o americano tão calado no café da manhã. Mark faria uma palestra aquele dia e não falara muito consigo. Talvez, esperasse justamente o contrário e como não havia tido, frustrara-se.

Quando as luzes foram abaixadas e as vozes cessaram, o loiro viu um grupo de rapazes subir ao pequeno palco improvisado e sentarem-se ali. As orbes se arregalaram ao identificar o namorado e no mesmo segundo, sentiu-se agitado. 

Logo, começou a passar um vídeo relatando o consumismo e enquanto concentrado, o chinês sentia a mão quente de Namjoon envolver a sua, tão gélida. Sorriu para ele e suspirou.

Quem começara a falar sobre o tema central fora um rapaz miúdo, que minutos depois se apresentara como Jinhwan. Jackson prestou atenção no que ele falava, mas em determinado momento, sentiu-se cansado e impaciente. 

Mexeu-se no banco e coçou os olhos, apertando a mão do amigo ao seu lado. Namjoon encarou-lhe e após um perguntar baixo sobre estar tudo bem, o baixo concordou, embora não fosse verdade.

— Você tem certeza que está bem? — Minhyun perguntou baixo, temendo atrapalhar o rapaz que falava mais a frente. O aceno do loiro fora lento. — Você está pálido. 

— Eu acho que... — sua fala não fora concluída, visando que logo teve de levantar-se e correr até a saída. 


A vergonha que sentira dissipou-se ao pisar o pé no banheiro e colocar tudo que havia em seu estômago para fora. Não tardou a ver Minhyun no banheiro e se apoiou no rapaz alto para não cair, o mundo rodava.

— O rapaz que falava lá na frente atrapalhou-se quando você saiu correndo. — o moreno ditou baixo. — Ele parecia preocupado?

— Hum. — fechou os olhos, voltando a curvar-se para frente e colocar tudo para fora. Minhyun o amparou. 

— Você está extremamente pálido. — a fala do outro era preocupada. — Vou levá-lo a enfermaria.

— Não precisa. — Jackson sorriu, embora fraco. — Vou ficar bem.

— Você falou isso ontem quando passou mal também. — Minhyun revirou o olhar. — Vamos, se mandarem, eu mesmo o levarei ao médico.

O chinês concordou e caminhou junto ao outro para fora, indo à enfermaria. A sensação ruim não passava e para si, era estranho perceber que apenas aumentava.


Notas Finais


este capítulo é importantíssimo para o andamento
espero não ter confundido

se alguém quiser ler → https://www.spiritfanfiction.com/historia/estupidamente-arrogante-adoravelmente-sexy-13920307


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...