História O garoto da janela. - Jikook, minific - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Kookmin
Visualizações 45
Palavras 627
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nyah depois do Jimin engravidar o Jungkook umas mil vezes nas fanfics ABO eu voltei.

Capítulo 11 - Amei meus sogros.



Jungkook apenas negou e começou a rir. 


(...) 


(Ligação On) 


— Oi, amor, é rapidinho, só quero avisar que meus pais já estão te esperando pro jantar. 


— Tô nervoso, Jimin... E tam... — Foi cortado. 


— Tabom, Amor, também te amo. 


(Ligação Off) 


— Que belo namorado você foi arrumar, Jungkook. — Falou enquanto terminava de passar o liptite ( n sei cm se escreve, deixa ai nos comentarios kkk). 


Depois de bastante tempo, Jungkook finalmente saiu de casa e pagou um táxi, indo para a casa de Jimin. 

Ele desceu do carro e agradeceu ao motorista, que logo retribuiu ao agradecimento e foi embora. 


" É agora ou nunca. "


Ele se dirigiu até a porta e tocou a campainha, logo Jimin veio atendê-lo, surpreendendo o garoto com um beijo intenso. Jeon ficou sem entender NADA. Quando eoe foi retribuir ao beijo, Jimin se afastou. 


— Oi, pra você também. — Jeon falou limpando os lábios por conta do liptite. 


— Foi mal, tava com saudades. — Pegou na mão de Jungkook e o puxou até a cozinha. 


— Olá... — Jeon falou e os pais de Jimin logo sorriram, vindo pra cima de Jungkook. 


— Olá, filho! — Eles falaram em uníssono e abraçaram Jungkook, afastando Jimin. 


— Tá, gente,  vocês vão assustar ele. — Os pais de Jimin se afastaram ao ouvir a voz do filho. 


— Desculpa, Docinho, só estávamos mostrando nosso lado carinhoso. — A mãe de Jimin falou e pediu para que Jungkook sentasse, o que o moreno fez sem exitar. 



O jantar foi tranquilo, os pais de Jimin são literalmente maluco. O pai dele é tão bobo e tapado, que te faz rir só de olhar. A mãe de Jimin é bem coruja, e mostrou afeto por Jungkook durante todo o jantar. Também é maluquinha. 


(...) 


— Mãe, eu vou dormir na casa do Kookie, tá?! — Falou em frente a porta do quarto da mãe, em busca de que ela ouvisse do outro lado da porta. 


— De jeito nenhum, você passou todos esse dias dormindo fora! — Ela reclamou. — Mas... Pode pedir pra Jungkook dormir aí, agora não nos encomode mais. — A luz do quarto se apagou. 


— Hum... — Falou manhoso enquanto passava os braços pelo pescoço do namorado. — Você pode dormir aqui? 


— Acho que não, Jimin... — Jungkook falou se afastando do loiro. 


— Eu ligo pra sua mãe, não sai daqui! — Jimin tirou o celular do bolso e desceu as escadas. Jungkook ficou alí, parado. 


Depois de falar  com a mãe do namorado, ela aceitou por causa do Jimin, Jimin colocou o celular no bolso e olhou pra escada, pra ver se Jeon estava vindo, não estava. 

Ele seguiu até a cozinha e abriu o armário, pegando uma caixa que sua mãe guardava, ele abriu a mesma e logo pegou o que queria e colocou no bolso da calça, logo guardou a caixa. 


(...) 


— Ela deixou? — Jimin assentiu e pegou na mão de Jungkook, o puxando até o quarto. — Calma aí... 


Eles adentraram o quarto de Jimin e logo Jeon deu de costas com o colchão. Jimin subiu em cima do mesmo e selou seus lábios com os do moreno em um beijo desesperado. 

Era difícil acompanhar o beijo, até porquê Jungkook não era tão abilidoso quanto Park. Mas mesmo assim, Jimin tinha certeza que nunca beijara alguém igual a Jungkook, alguém tão especial. Eles separaram o beijo ofegantes e riram encarando um ao outro. 


— Olha o que eu tenho aqui. — Tirou o preservativo lubrificado do bolso. 


— J-Jimin, tem certeza? — Jeon indagou nervoso. 


— Eu te amo... E te desejo também. — Jeon corou. 


— Tá, eu confio em você. 



Notas Finais


E aí, quem vai ser o PASSIVO e quem vai ser o ATIVO?

A MAIORIA VENCE, COMENTEM O QUE ACHARAM E O QUE QUEREM.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...