1. Spirit Fanfics >
  2. O garoto da janela ao lado >
  3. Eu sou virgem

História O garoto da janela ao lado - Capítulo 13


Escrita por: panqueca2956

Capítulo 13 - Eu sou virgem


Fanfic / Fanfiction O garoto da janela ao lado - Capítulo 13 - Eu sou virgem

Pov. Liam

    Theo tirou sua calça depois se dirigiu até mim beijando meu pescoço depois descendo pela minha barriga e tirando minha calça lentamente enquanto beijava minhas coxas.

   - Theo eu preciso falar uma coisa- disse nervoso chamando sua atenção.

 - Pode falar.

 - Eu sou virgem- disse recuando um pouco.

  - Eu vou cuidar de você ok?- assim que ele falou depositou um beijo em meus lábios logo concordei com a cabeça.

    Theo começou a me beijar com desejo e sua mão foi parar em cima da minha cueca e apertando meu volume que já encontrava-se presente ali, logo sua mão foi descendo minha cueca e meu membro já rígido pulou pra fora nesse momento uma vergonha tomou conta de mim logo sendo tirada pelo beijo do Theo.

    - Você é lindo- ele sussurrou no meu ouvido logo descendo seus beijos.

   Theo agarrou meu membro com sua mão grande e começou a movimentar em movimento de vai e vem me fazendo contorcer de baixo dele e logo sua boca já se encontrava chupando meu membro, sua boca quente e delícia fazia movimentos de vai e vem variando de velocidade meu orgasmo estsva próximo.

    - Theo eu vou.....- não terminei de falar e logo meu líquido inundou sua boca e o mesmo engoliu tudo.

  - Você é uma delícia, agora minha vez- ele disse se sentando no sofá e tirando a cueca revelando seu membro que como tudo nele era enorme o que me deu um pouco de receio

    Theo viu minha cara de timidez e receio e falou que se eu não quisesse não ia ter problema mas eu queria e deixei o receio de lado me ajoelhando no chão em sua frente e pegando seu membro duro feito pedra fiz pequenos movimentos de vai e vem logo atacando com minha boca, ele era uma delícia tentava colocar tudo em minha boca, mas o tamanho não permitia, sentir as mãos do Theo nos meus cabelos e fazendo movimentos de vai e vem com minha cabeça

 - Olhe pra mim- ele disse ofegante enquanto aumentava a velocidade dos movimentos.

   Seus olhos tinham luxúria e desejo ele mordia seus lábios com frequência ao mesmo tempo que fechava seus olhos

  - Liam eu vou gozar se você não quiser tomar leite pode tirar a boca- eu apenas continue eu queria sentir  seu gosto rapidamente ele inundou minha boca com seu líquido.

   - Gostou?- sorriu largo

   - Sim- assim que eu falei um sorriso safado apareceu em seu rosto

   - Ainda tá um pouco sujo tem que limpar- assim que ele falou eu coloquei minha boca em seu membro de novo e deixando limpo.

    - Gosto assim obediente

    Theo levantou daquele posição mandando eu deitar no sofá assim que eu deitei ele veio pra cima de mim me beijando com força e desceu até o meio das minhas pernas  abrindo as mesmas, logo sua boca foi descendo e se encontrando com a minha  entrada, ele me distribui beijos o que me fez arrepiar sua língua começou a  passear pelo local me fazendo gemer alto e manhoso e o mesmo começou a colocar e tirar a língua da minha entrada.

- Seu gosto é uma delícia- ele disse se levantando me deixando com uma sensação de vazio e indo em direção a da calça no chão pegando uma camisinha e abrindo a mesma.

  - Coloca- ele disse firme se sentando, peguei a camisinha na mão e me dirigi ao seu membro e o mesmo segurou minha mão.

 - Com a boca- assim que ele falou me espantei porém não constatei coloquei a camisinha em minha boca e logo fui descendo a mesma em seu membro com um pouco de dificuldade.

    Acabei de colocar a camisinha no Theo tive que usar minha mão pois minha boca não cobria o membro inteiro do Theo, o mesmo se sentou e me olhou fixamente mandando eu me masturbar pra ele e assim fiz estava tomada pelo prazer e por ele, eu me masturbava com os olhos fechados mas sentia seu olhar queimando em mim, quando abro os olhos o mesmo me olhava sério com sua pupila dilatada do prazer que sentia ao me ver á mercê de duas vontades. Theo veio até mim mais uma vez lambendo minha entrada me fazendo gemer cada vez mais alto.

   - Chupa- ele disse colocando dois dedos grandes em minha boca e chupei bem os dois até ele resolver tirar.

Ele começou colocando só um dedo e fazendo movimentos de vai e vem ganhando meus gemidos que fazia o mesmo sorrir logo colocando os dois dedos me fazendo ter um pequeno incomodo mas logo passando com os movimentos e tesouradas que o Theo fazia de repente o mesmo tirou os mesmo e aquela sensação de vazio voltar. Theo começou a se encaixar em minhas pernas e sentir a cabeça do seu membro na minha entrada e o mesmo começou a esfrega-lá ali sem penetrar.

- Theo Pfvr - minha voz não saia firme.

- O que você quer Liam? ele disse sussurrando em meu ouvido.

- Quero você dentro de mim - Gemi manhoso sentindo meu corpo quente.


- Então pede - ele disse mordendo a minha orelha.


- Theo por favor não me tortura - Meu pedido saiu como uma súplica.


- Pede Liam quer que eu te foda? - sua voz em meu ouvido e seu jeito autoritário estava me enlouquecendo.

- Theo por favor me fode...


-Eu não ouvir direito.


- PUTA QUE PARIU REAKEN ME FODE !!!!!! - gritei


- Agora sim.


O mesmo começou a força seu membro em minha entrada e estava doendo muito e uma lágrima começava a descer em mim.


- Calma a cabeça já foi falta o resto - Assim que ele disse eu me espantei aquela dor era só a cabeça ?

Em um movimento rápido o Theo colocou tudo dentro me fazendo gritar de dor e soltar algumas lágrimas que ele passou os dedos e as enxugou. Já tinha me acostumado com seu tamanho dentro de mim e o mesmo começou a se movimentar devagar e logo acelerando e me fazendo gemer alto enquanto ele respirava pesado em meu ouvido, seu rosto se encontrava vermelho e suado e sempre me beijando, quando ele começou a diminuir os movimentos.


- Geme meu nome - Ele disse firme enquanto se movimentava lentamente.

-Oh Theo... - Gemia com os olhos fechados sentindo um prazer que nunca tinha sentindo antes.

- Mais alto - Ele disse dando um tapa em minha coxa.

- Theo!! Por favor mais rápido quando gemi ele começou a se movimentar mais rápido e com muita força.

Theo me fodia com velocidade e rapidez até que ele sem sair de dentro de mim se sentou no sofá comigo encima me mandando cavalgar. Theo atingia em cheio minha próstata me fazendo gemer cada vez mais alto, voltamos a mesma posição e com o mesmo ritmo até que cheguei em meu ápice e soltei meu líquido melando nós dois e arranhando as costas do Theo que depois deu mais algumas estocadas logo saindo de dentro de mim tirando a camisinha e melando minha barriga com seu líquido enquanto urrava com seu orgasmo intenso. 

Estou deitado abraçado com o Theo no sofá, já tomamos banho e estávamos vestido apenas curtindo um ao outro.

-Que marca é essa no braço foi eu que fiz ? - Theo falou preocupado notando algumas manchas vermelhar que com certeza ia ficar roxo.

- Tudo bem, não se preocupa no calor do momento nem sentir - Disse rindo.

-Já são 02:00 da manha tenho que que ir pra casa - Falei olhando no meu relógio e Theo fez uma cara triste.

- Eu tenho que ir já tá tarde e alguém pode entrar lá no quarto - Disse dando um selinho nele.

- Ok vou te levar.

Theo acabou de estacionar o carro na sua casa e tenho que entrar na casa dele no quarto dele pra poder ir pro meu.

- Te vejo amanhã na escola ok? - Theo disse me beijando enquanto me segurava pela cintura.

- Ok e obrigado por hoje por ter tornado tudo especial.

-Eu que tenho que agradecer mas realmente deu trabalho então de nada- disse convencido e logo dei um tapa em seu braço.

- Idiota, tchau - Disse rindo dando um selinho rápido e pulando pra janela do meu quarto.

Eu não acredito que perdi minha virgindade e logo com um cara que eu julgava o pior de todos mas que tornou tudo especial, agora dormi que amanhã o dia promete.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...