1. Spirit Fanfics >
  2. O garoto de cabelos negros >
  3. Capítulo 12 - Neji e Hinata

História O garoto de cabelos negros - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Hoiiii pessoas? Tudo bem? Demorei? Eu sei que sim kkkkk

Hoje irei contar um pouco sobre esses primos lindos

Boa leitura e desculpa os erros ortográficos

Capítulo 12 - Capítulo 12 - Neji e Hinata


Fanfic / Fanfiction O garoto de cabelos negros - Capítulo 12 - Capítulo 12 - Neji e Hinata

A garota de olhos perolados estava emburrada no canto direito da sala, a menina estava furiosa, ele usava uma fantasia de fantasma 

Afinal era Halloween 

E ninguém queria levala para pedir doces, sua mãe estava muito ocupada com sua irmã que tinha apenas 9 meses, seu pai estava conversando com seu tio e sua tia? A mesma havia falecido de câncer alguns meses atrás  

- Hinata? - A garota olhou para  Neji ainda irritada - Porque esta brava?

- O que vale ser Halloween se eu não posso pegar doces! - Reclamou a garota de apenas 5 anos de idade e o garoto apenas um ano mais novo que ela deu risada - Não ri de mim Neji!

Neji usava uma fantasia de neko, todos que o olhavam o achavam extremamente fofo, e com razão, pelo menos no olhar da prima, ele era a coisa mais fofa no mundo

- Tá bom, tá bom - Disse sorindo para a mais velha que sempre foi a sua inspiração, a possoa que ele admirava com todas as forças - Se ninguém quer levar a gente, nois poderiamos ir sozinhos - Sugeriu o garoto inocentemente, a garota adquiriu um olhar pensativo para logo sorrir 

- Vamos pegar varios doces, e dividir com a Hanabi - Disse puchando o menor pelos praços corendo para a saida de casa, saindo portão a fora, sua mãe estava no quarto e seu pai e seu tio na cozinha por isso ninguém os viu saindo, o que causou um desespero e um sentimento de culpa que os perseguiram durante doze longos anos

As duas crianças sairam correndo pedindo doces na casas, Neji corria e Hinata tentava a todo custo conter a animação do primo, falhando totalmente quando o mesmo entrou em uma rua vazia e acabou esbarrando em cara alto e palido de longos cabelos negros

- NEJI EU JÁ FALEI PRA VOCÊ NÃO CORRER! - Disse brava dendo um soco fraco na cabeça do menor logo olhando para o homem mais a frente - Desculpa moço - Disse fazendo uma leve reverência para o mair

- Tudo bem garotinha, isso aconteçe - Disse sorindo de um jeito estranho o que deixou a garota em alerta - Querem doces? Eu não tenho agora mas vocês poderiam me acopanhar até a minha casa, o que acham?

- Não obrigado, nós já esamos indo, não é Neji? - Disse puchando o praço do primo mais foi impedida ao sentir o mais novo desmaiar - NEJI!!!! - Disse tentando acudir o menor de assustou ao ouvir a risada do homem que muito se assemelhava a uma cobra, que acabou por pegar seu primo no colo, ela pode ver que o mais velho segurava uma agulha - O que você fez com ele?

- O mesmo que irei fazer com você - Ouviu uma outra voz mais antes de poder fazer qualquer coisa sentiu algo espetar o seu pescoço e logo a tudo ficar escuro

- Fez um bom trabalho Kabuto - Disse o hemem para o albino que o segurava a garota no colo

- Obrigado, Orochimaru-sama

    ¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

O jardim...

Era assim que chamavam o lugar onde os cientistas os deixavam para brincarem com as outras crianças que também estavam presas ali, o lugar onde poderiam ter um pouca de sua infancia, foi naquele lugar onde Hinata reencontrou seu primo, foi naquele lugar onde prometeram proteger um ao outro, onde juraram que um dia saíriam dali e se vingariam da aquela maldita cobra que transformou as suas vidas em um inferno

Hinata possuia treze anos agora e já não poderia ser considerada humana, pois seu DNA avia sido modificado, a garota estava sentada lendo um livro quando seu olhar se desviou para um moreno que estava conversando com um adolescente

Aquele garoto era o famoso demônio...

O código 666, que havia matado outra experiência em uma das batalhas, até mesmo os cientistas o temiam por isso colocaram uma coleira de choque nele, o problema erá que o moreno aos poucos se tornava imune ao choque

- Interessada no 666? - Perguntou Neji se sentando ao lado da mais velha 

- Não, só não consigo acreditar que ele matou uma pessoa, ele tem a sua idade e... parece tão... inofensivo - Disse fechando o livro e o colocando em seu colo

- E quem disse que demônios tem que ser assustadores? - Disse Neji arqueando uma sobrancelha - Mas você tem razão, o 666 só deveria ta cansado desse lugar igual a gente

- Um dia iremos sair daqui - Disse olhando para as próprias mãos 

- Sim, iremos...

     Atualmente....

Neji estava sentado em uma ambulância enquanto os médicos olhava seus ferimentos, em momento algum Hinata havia saido de seu lado, afinal nunca abondonariam um ao outro

Neji pensava no que tinha acontecido durante esses doze anos que esteve no laboratório, de uma criança doce e gentil havia se tornado um adolescente sério e frio, que reviravolta sua vida havia dado não é mesmo? 

Saiu de suas pensamentos ao ouvir alguem se aproximando, os dois perolados arregalaram os olhos ao reconhecer quem eram

- HINATA! - Ouviu o grito de sua tia que abraçava a filha fortemente, sendo acompanhada pelo marido

- Neji - Sentiu seu pai o abraçar e retrebuiu o gesto, logo ambos adolescentes olharam para a garota de doze anos que os encarava confusa

- Então vocês são o Neji e a Hinata - Disse sorindo - Eu sou a Hanabi Hyuga e eu espero que sejamos uma familia

- Claro Hanabi - Disseram em unisolo e logo ameaçaram a garota, finalmente eram uma familia novamemte 


Notas Finais


O que acharam?

O próximo será do Sasuke e do Itachi, hihihihi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...