História O garoto de programa:: Taekook - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


◞♡°Avisos¡!

「Fanfic de minha autoria, sem plágio!」

「Não tenho a intenção de ofender ninguém com essa fic.」

「Nada além dos nomes dos idols condizem com algo da realidade, tudo fictício.」

「Boa leitura☁️」

Capítulo 2 - Eu só quero ouvir você gemer...


Kim Taehyung::

. Enquanto dirigia até a tal boate, acabo por me lembrar de meus queridos chifres. Não sabia o que tinha feito de errado para receber os tais. Não é nem um pouco fácil saber que o relacionamento estava tão ruim a ponto da lealdade não existir mais.

. Mas talvez isso explique o por que dele nunca me apresentar para ninguém, talvez ele esteja confuso. Mas isso não é desculpa para ter me traído. 

. Pois bem querido Hoseok, hoje você também vai sentir um leve peso na cabeça, mas não será sua consciência, e sim os belos chifres que você terá.

| 23:00 |

. A boate era um tanto quanto longe da casa de Hobi, mas pelo menos eu havia chegado. Era um local grande e escuro, porém com algumas luzes coloridas. 

. Vou para o bar, e peço para uma bargirl uma bebida qualquer. O uniforme de todos que trabalhavam lá eram curtos e justos, tanto o de mulheres quanto os de homens.

—Aqui está senhor.—A mulher se inclina me dando a visão de seus seios.

—Obrigado...—Leio o crachá da garota—Hanna.

. Quando ela estava prestes a falar algo, sinto algo molhar meu ombro.

—Mil desculpas senhor...n-não havia te visto.

—Ugh, porra, e eu achando que meu dia não tinha como piorar.

—E-eu posso te ajudar a limpar...

. Olho para o rapaz que havia acabado de me sujar, ele estava visivelmente nervoso e envergonhado. Ele vestia uma calça justa sem nenhuma camiseta, com uma gravata borboleta. Por conta de sua vestimenta, dedusi que era um dos garotos de programa do local.

. Não vim aqui para conversar, ou só beber. Queria transar com alguém, e esse garoto não me escapa.

Jeon Jungkook::

. "Mas que merda Jungkook..." me repreendo. No meu primeiro dia de trabalho já consigo estressar um cliente. 

—Senhor, tem um banheiro aqui, eu posso te ajudar a limpar sua camiseta...

—Ótimo, me guie até lá então.

. Levo o homem até o banheiro da boate. E logo quando chegamos ele tranca a porta e tira sua camiseta. 

—Mas que porra, agora tô com cheiro de bebida.

—Eu sinto muito...

—Não precisa se desculpar, uh. Erros acontecem.

. Me surpreendo pela reposta do homem, achei que ele estivesse com raiva.

—N-não está nervoso comigo?

—Nervoso? Um pouco, mas acho que posso descontar minha raiva de outro jeito...

. O homem se aproxima me pressando contra a parede.

—Senhor, eu nem ao menos sei seu nome...

—Não precisa saber meu nome, uh.—Ele se aproxima do meu ouvido.—Porque hoje só quero ouvir você gemer.

. Ele me pega no colo e me coloca no mármore da pia.

—Vamos nos divertir hoje, babyboy.

. E lá se vai minha sanidade.


Notas Finais


◞♡°Oioi¡!

. Espero que tenha gostado do segundo capítulo da fic! Me desculpe por qualquer erro de pontuação ou de ortografia.

. Admito que estou um pouco nervosa para fazer um capítulo "hot", pois mesmo lendo fanfic desse tipo, quero fazer algo diferente, do meu jeito, e que fique bom tanto para vocês quanto para mim. E caso não goste dessa coisa de "daddy" ou "babyboy", me desculpe...Não resisti. Pois na minha opinião acho mais "interessante"
(͡ ° ͜ʖ ͡ °).

Até mais¡☁️💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...