História O Garoto Do Doce de Amendoim. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Fluffy, Lgbt, Yaoi
Visualizações 0
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, LGBT, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá anjo que veio parar aqui!

Bem,primeiramente devo avisar que essa fanfic quase não vai ter hot,eu quero algo mais fofo e leve,algo para se ler em um dia de verão(tipo como eu estou agora). Então se quer fanfic picante,leia outra coisa para depois ninguém vir reclamar.

Devo também avisar que a cada dia vou mudando e aprimorando minha escrita e essa fanfic não foi betada (corrigida) devidamente então pode ser que tenha um erro aqui ou ali. Mas eu chequei os erros mínimos de aonde/onde,mas/mais e tentei trazer o melhor para vocês leitores. Espero arrumar alguma alma boa que corrija. Caso queira ser essa pessoa me chama na dm no twitter e já agradeço desde já. O nick é @KLMoonlight.

Quando vou postar:

Inicialmente vou colocar o primeiro capítulo,em seguida depois que eu ver que tem gente olhando eu vou começar a postar,deve demorar um pouquinho e peço que tenham paciência.

Ela vai ser postada a noite e eu vou tentar postar um capítulo de duas em duas semanas. Provavelmente aos finais de semana ou dia que estou sem aula(como segunda-feira)

Foco da fanfic:

Como eu disse,algo mais fofo,que seja gostosinho de ler e que não dê raiva no coração. A fanfic para adoçar o dia de vocês.

Um hot vai ter,eu tento. As minhas cenas picantes nos rpg's e fanfic's arquivadas sempre ficam estranhos em algo ou eu acabo estragando a cena com piada besta ou algo em momento indevido,aí eu pretendo não ter foco nisso :')

Eu pretendo postar ela até o capítulo 20,com isso apenas fazer um extra e iniciar outras coisas que eu tenho escrito.

Só para avisar a vocês de uma coisa,cada capítulo vai ter uma música anexada que tenha foco ou no tema do capítulo ou no personagem introduzido.

Eu espero que vocês gostem,mostrem para os amigos e se virem algo de errado me apontar,vou tentar responder o máximo de comentários e aceito críticas construtivas e sugestões.

Acho que é isso.

Fiquem com a fanfic e boa leitura!

Capítulo 1 - Um garoto maluco por doces...


Estava mais um dia em meus livros aspirando o cheiro de doces que vinha da cozinha da minha adorada cafeteria da faculdade só aguardando eles ficarem prontos para eu ir lá comprar.

Eu adorava doces,desde bolos até suspiros e de sonhos até pirulitos. Eu também amava chocolate e tinha fascinação em comprar vários.

Minha mãe sempre me alertava sobre fato de um dia eu possivelmente ficar diabético ou ter problemas de saúde mas enquanto eu pudesse aproveitar,eu faria.

Já tinha ido no médico diversas vezes ver minha taxa de glicose e incrivelmente ela nunca estava elevada,então ia comendo com a consciência limpa.

Observei de relance uma das cozinheiras colocando os doces no balcão e quase saí correndo para pegar um pedaço de torta de frutas vermelhas e também um sonho de Nutella. Também não ia esquecer de pegar barras de chocolate pro estoque e talvez doces de amendoim,esses que eram o meu doce favorito.

Sorri fitando os belos doces e arrumei todas as minhas coisas que estavam espalhadas pela mesa para finalmente ir e comprar os amados.

Me dirigi até o balcão,pedi para atendente - que era uma moça de fios castanhos que apenas atendia os alunos e calculava preços - os doces desejados. Ela com toda educação,pegou um por um deixando encima do balcão de madeira e todos com guardanapos.

Deixei para pegar os chocolates e doces depois,em primeiro lugar peguei um pote na minha mochila e coloquei os doces no potinho para não sujar já que eu só ia comer depois.

Arrumei tudo e coloquei os doces na mochila,fechando o zíper e observando de relance um rapaz que estava do meu lado. Ele era alto,usava uma bolsa transversal e uma boina,sua blusa era "peculiar" e parecia um hippie de chinela.

- Moça,me vê todos esses doces aqui? E essas balas aqui também por favor.

Não reparei no que o rapaz tinha comprado até ir pedir doces de amendoim e ver que ele tinha pegado TUDO.

Ele também tinha pegado também todas as balas,tipo todas todas,não tinha nenhum sabor.

- Ainda tem os doces que esse rapaz levou no estoque?

- Infelizmente não,aquele rapaz comprou tudo.

Fui atrás dele em um impulso sem motivo,segurei até na mão dele para impedir que o mesmo fosse embora.

Fiquei apreensivo e recuei,logo percebendo que tinha feito uma merda muito grande.

Um tapa daquela mão me amassava e eu virava uma panqueca.

- Ei! Por que comprou todos os doces da cafeteria? Você não deixou nem um para ninguém. Sabia que isso é chato? Eu queria comprar e não tem nada!

Meu tom era manso e saia como um fio de voz,porém dava para ser ouvido por quem passava e ele ouviu,tanto que seu sorriso se transformou em uma expressão séria.

O rapaz se virou para trás com os lábios meramente melados de chocolate,sorrindo amarelo e não teve pudor de me responder mal criado.

- É só comprar em outro lugar,não sou obrigado a não comprar todo estoque só por que você se incomodou. Se eu não pudesse comprar a moça tinha me avisado. Passar bem.

Ele me deu as costas e saiu do refeitório sem mais nem menos. Que ódio que me deu,aquela expressão debochada me deu mais fúria.

Sua voz era alta e rouca,bem bonita eu diria,mas ele era um baita de um mal educado. Poderia só ter dito "ah me desculpe,infelizmente já comprei e não tem volta. Talvez você ache aqui perto".

Eu não falei naquele tom com ele.

Não deu para ver bem seu rosto por causa da máscara e boina,porém seu nariz,o traço do seu rosto e suas lumes eram diferentes.

Tenho que admitir que suas lumes tinham uma coloração bem elegante,uma espécie de cinza azulado.

Ele tinha ombros médios e era alguns centímetros maior que eu...

Eu sabia que era um smurf fazer o quê,tomar fermento em pó puro não resolveu.

Apertei a alça de minha mochila e mordi os lábios,estava ruborizado e levemente irritado.

Eu percebi o quanto havia sido estranho enchendo o saco de um desconhecido por causa de doces. Meu vício estava indo além e isso não era bom,nada bom.

Sai da faculdade e fui até a biblioteca municipal em busca de algum livro de romance. O que eu estava lendo mais cedo faltava umas 10 páginas para terminar e eu iria ler sentado nas escadas do grande prédio,comendo a torta.

• •

Terminei o livro e dei a última garfada na torta,pegando com calma os farelos e sentindo o melhor gosto,o gosto e satisfação de terminar a torta tão saborosa - que estava fresquinha e com tudo no ponto - era a melhor sensação do mundo.

Sorri,fechei o potinho o colocando na bolsa,em seguida peguei o livro que estava no meu colo e me levantei. Observei meus sapatos e fiz um bico,estava precisando de novos.

Usar o mesmo all-star por 8 meses era dose.

Subi os últimos lances de escada e abri a enorme porta. Fui andando calmamente até o balcão onde ficava a bibliotecária e sorri,dando um bom dia bem baixinho para não atrapalhar 3 jovens que estavam lendo.

Apenas entreguei o livro em sua mão e já que eu já tinha feito amizade com ela,rapidamente ela me reconheceu e eu não precisei passar por aquela burocracia toda de biblioteca.

Inclusive mostrar foto da identidade era o maior crime do mundo. Todo mundo sabe que aquelas fotos são tiradas com má vontade pelos funcionários e ficam uma verdadeira bosta.

As pessoas sempre que olhavam a minha foto ficavam me analisando para ver se a minha identidade não era falsa,já que eu havia mudado muito em relação ao meu peso que diminuiu e o semblante mais velho.

Fui a qualquer lugar da biblioteca e peguei um exemplar escondido de "A cinco passos de você",sorrindo,aproximei o livro de minhas narinas sentindo o cheirinho de livro novo. Eu iria ler,reler e ler várias vezes. Já tinha visto o filme e eu aposto que o livro seria ainda melhor.

Até agora não consigo tirar aquele rapaz da cabeça. Ele era muito fofo com um sorriso amarelo e boca lambuzada de chocolate e eu fiquei curioso de saber seu nome... tinha quase certeza que já havia visto o mesmo... mas ele estava com roupas diferentes e outro corte de cabelo.

Havia observado ele em uma festa feita pelos alunos da faculdade e tals.

Os traços eram iguais,as madeixas desse rapaz eram cinzas,lumes da mesma cor,lábios rosados e a mesma altura e corpo que esse rapaz.

Agora eu fiquei extremamente curioso de saber o que ele pensou de mim... um maluco que quis brigar com ele por causa de doces.



Notas Finais


//

Esse foi o capítulo,não desistam de mim. Estou tentando melhorar a cada dia a minha escrita.

Obrigada por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...