História O Garoto do Sonho - Wontaek (VIXX) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias VIXX
Personagens Leo, Ravi
Visualizações 21
Palavras 1.294
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Magia, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


🔞🔞🔞🔞

Capítulo 6 - Louco... por você...


Fanfic / Fanfiction O Garoto do Sonho - Wontaek (VIXX) - Capítulo 6 - Louco... por você...

- Agora a cama está arrumadinha. - Ravi fala colocando alguns cobertores e travesseiros na cama.

Ravi pegou algumas roupas que continham uma camisa branca leve, uma calça de moletom preto  e um par de chinelos brancos. 

- Toma um banho e depois eu vou...- Ravi me entrega as roupas com uma toalha. Pego tudo e vou ao banheiro e tomo um rápido banho voltando ao quarto já vestindo.

Ravi estava sentado lendo um livro. Ao ver que eu estava ali, deixou o mesmo de lado e pegou suas roupas que havia separado.

- Vou tomar meu banho agora e já vamos dormir, ok? - Ravi disse e eu apenas sorri enquanto via ele entrar no banheiro e fechar a porta.

Me sento na cama e olho mais uma vez o quarto. O mesmo era diferente do resto da casa. Ele era de cores fracas e simples. A cama era de casal e era bem confortável. Na parede não tinha coisas decorativas. Havia apenas uma pequena mesa com um computador pequeno com alguns livros na mesa e no canto do quarto ao lado da porta tinha um guarda roupa branco.


Pouso meus olhos na porta do banheiro e vejo que a mesma está entreaberta...

Será que eu realmente devia fazer isso? 

Não sei se devia mas a vontade é realmente muito grande...

Parece me dominar...

Acho que não dá muito para pensar pois eu já estou caminhando para o banheiro...

Paro em frente á porta e olha entre a pequena fenda da mesma...

Meu Deus... aquelas costas... Oh Deus... aquele... bumbum... eu só posso estar louco...

Sem ao menos esperar, aquele que eu tanto temia deu sinal de vida me fazendo entrar em um desespero interno. Corro para a cama e sento na mesma colocando um travesseiro sobre o meu colo.

Não demora muito e Ravi sai do banheiro. Uau que visão magnífica... Seus ombros estavam molhados e seus cabelos coloridos estava bagunçados e caídos sobre os olhos. Ele vestia apenas uma calça e sua toalha estava sobre os ombros. Ravi caminha até o guarda roupa onde perdura a toalha em um ganchinho. Ravi fica em frente ao espelho, meche em seus cabelos coloridos tirando a água em excesso.

- O que foi que você tanto olha pra mim? - Ravi fala me olhando pelo reflexo.

- Nada... nada não...- Falo sentindo minhas bochechas queimarem.

Ravi termina de se arrumar e se senta na cama ao meu lado. Ravi me olha fixamente e eu sinto meu coração acelerar loucamente. Ravi pega minha mão me aproximando mais de si. Sua mão livre vai para a minha nuca e aos poucos vai se aproximando e finalmente selando nossos lábios em um beijo calmo mais repleto de paixão.

Nos separamos por conta de falta de ar mas ainda permanecemos com as testas coladas.

- Te amo tanto... tanto. - Ravi sussurrou sorrindo. - Acho que sou louco... por você

Sorrio e sinto um grande sentimento invadir meu coração. Esse homem tão simples, amigável, bonito e gentil me fez sentir assim... ele me faz me sentir tão... bem...

Ravi novamente me beija me trazendo para o seu colo. Coloco os meus braços ao redor de seu pescoço e suas mãos vão para a minha cintura. Seus beijos partem para o meu pescoço onde são transformados em mordidas e chupões.

Suas mãos subiram para a minha camisa onde tirou a mesma rápidamente e jogando no pé da cama.

Sua ereção ja estava aparente e entrava em contato com a minha. Ravi me coloca deitado na cama e começa novamente com os beijos em meu pescoço. Depois os mesmo descem ao meu peito e vão parar ao cós da minha calça. Ravi desamarra os cadarços com a boca de forma rápida e puxando minha calça para baixo me deixando apenas de cueca. Ravi retorna seus beijos ao meu pescoço e sua mão livre vai ao meu sexo tocando o mesmo e me fazeno arquear as costas e gemer abafado.

Ravi ficou de joelhos entre as minhas pernas e desamarrou sua calça e rapidamente tirou a mesma ficando apenas com a boxer que já tinha uma grande elevação. Ravi voltou novamente por cima de mim e se sentou em meu colo e me dando um beijo lento. Começou a fazer movimentos sobre o meu colo e aquilo aos poucos me deixava louco... Ravi beijou novamente meu pescoço mas agora com mordidas mais fortes me fazendo soltar gemidos.

Ravi finalmente a última peça que me vestia deixando completamente exposta minha nudez. Ravi pegou meu membro de forma ágil e manipulou o mesmo com suas mãos.

- Ravi...- Gemo jogando a cabeça para trás ao sentir finalmente ser colocado em sua boca. Ravi passava por toda extensão de forma bem lenta e quando chegava na ponta fazia um pequeno "o" com sua boca. Mordi meus lábios sentindo o gosto metálico de sangue surgir.

Finalmente senti que chegaria ao meu ápice então Ravi começou a fazer de forma ágil. Não demorou muito e eu cheguei ao meu clima fazendo ele engolir todo o meu prazer.

- Ravi... por...favor...- Gemo baixo sentindo a louca vontade tomar conta de todo o meu corpo.

Ravi permanecia em silêncio enquanto terminava de tirar a última pessa que o vestia ficando completamente exposto...

Uau, ele já era bonito de roupa... agora sem elas... ficou melhor ainda...

Me posicionei de bruços para a cama.

- Preciso que você fique de...- Ravi fala baixo e eu faço o que ele pede. Ravi lambe a ponta de seu dedo indicador como forma de lubrificação e adentra em mim.

- Uh...uh - Gemo a sentir entrando e saindo.

Ravi finalmete se posiciona e adentra só seu começo na minha entrada. Gemo alto e logo o mesmo se coloca por inteiro me fazendo jogar a cabeça para trás. Ravi ia de forma lenta me fazendo saborear o momento.

- Ravi...uh...ma-mas...rápido...- Gemo baixo e ofegante tento o meu pedido atendido. Ravi utiliza sua mão livre pra fazer uma massagem em meu membro me fazendo gemer mais ainda.

Ravi gemia baixo mas constantemente.

Não demorou muito e chegamos ao ápice... ápice do nosso amor...

Ravi se deitou cansado ao meu lado e permanecia com os olhos entreaberto e seu cabelo estava colado em sua testa suada. Ravi fica de lado me olhando fixamente. Olho em seus olhos tão cansados... ali parecia refletir todo o universo... aqueles tão lindos olhos escuros...

- Já disse que eu te amo? - Ravi fala colocando sua mão em volta de minha cintura. - Eu esperei tanto por você...

Ravi fala e uma grande interrogação pairou sobre minha cabeça.

- Por que vocês falam que esperaram por mim... como se eu já estivesse vindo aqui... 

- Mas você....

- AHHH! - Grito me sentando na cama e pondo as mãos na cabeça. A mesma parecia latejar e qualquer momento poderia explodir. - RAVI! MEU DEUS! ME AJUDA!!!!

- O que tá acontecendo!? Leo por favor! - Ravi fala me puxando para deitar em seu peito enquanto me olhava desesperado.

- Ravi minha cabeça doi muito! - Falo chorando sentindo como se estivesse tendo minha cabeça estilhaçada.

- Leo, olha pra mim! - Ravi fala me colocando de frente me fazendo olhá-lo fixamente. - Por favor! Não fecha os olhos!

- Ravi...- Falo me sentinto tonto. As lagrimas quentes escorriam pelos meus olhos e na minha cabeça parecia estrondar um alto e grave "beep beep"

- Meu Deus, isso não pode acontecer...- Ravi me colocou deitado em seu peito. Eu já não conseguia sentir mais o cheiro de morangos... apenas um forte cheiro de cinzas. 

- Ravi...- Murmuro sentindo meus ouvidos abafarem e minha visão ficar turva.

- Leo... por favor não vá...- Ravi fala colocando sua mão no meu rosto me fazendo olhá-lo. Pude ver entre o pequeno espaço dos meus olhos que ele estava chorando...

- Ravi... eu te amo...- Falo sentindo a escuridão tomar conta do meu corpo e aos poucos meus olhos se fecharem.

- Por favor, fique comigo... aqui é tão vazio...



...aqui na sua mente...



(...)



Notas Finais


Oi amorius
Sim, eu stalkeio todo mundo que comenta e favorita :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...