1. Spirit Fanfics >
  2. O garoto gentilmente agressivo >
  3. O Instituto

História O garoto gentilmente agressivo - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiii, aqui ta o cap 2, espero que gostem e vamos nessa.

(Vai lá e manda vê galera)

Eita oque eu to falando MDS...

Capítulo 2 - O Instituto


Fanfic / Fanfiction O garoto gentilmente agressivo - Capítulo 2 - O Instituto

Como assim outro Shinazugawa, ele conhecia o seu irmãos?E como ele tinha conseguido remover o cérebro?

O desconhecido se aproximou de Kanao que estava ferida.

"A mordida foi muito profunda e não acho que vai curar rapidamente, parece que você vai ter que costurar o seu braço" o garoto com mechas coloridas disse e a pegou no colo.

Kanao não conseguia escutar nada, a cabeça della estava doendo muito.

"Oque você pretende fazer com ela?" perguntou Zenitsu que estava desconfiado.

"Não se preocupe, a levarei pra agência que irá curar do seu ferimento,e eu preciso que vocês dois venham comigo." o garoto disse enquanto levava Kanao fora dequale apartamento.

"Desculpe-me, mas você não nos falou o seu nome." Genya disse e fico observando o garoto.

"Me desculpem. Eu me chamo Muichiro Tokito, mas pode me chamar só de Muichiro" ele deu um leve sorriso e se direcionou a um carro.

Era um carro bem estranho, baixo e lungo; naquele momento Genya e Zenitsu se olharam e decidiram entrar

Kanao ficou sentada com os amigos que a ajudavam a não cair.

"Boa noite, sou Muichiro Tokito…sim…… vocês podem me passar na línea Shinobu Kocho? Obrigada.." Muichiro começou a falar no telefone com uma mulher enquanto Zenitsu o estranhava.

"Mas não é que ele é do mau ou algo do tipo?" Zenitsu perguntou com o um tom de voz mais baixo pra Genya.

"Se ele fosse do mau acho que a gente já tava morto" disse Genya olhando pra Kanao.

"Verdade" Zenitsu ficou mesmo assim encarando o garoto.

"Ok podemos ir" Muichiro acendeu o carro e clicou um botão.

Naquele instante o dirigível começou a levitar até que não chegou perto das nuvens e começou a ir.

"MAS QUE PORRA É ESSA!!!!" o loiro gritava e se debatia enquanto Genya tentava acalmá-lo.

"Ahahaa…" Zenitsu tinha sido atingido por uma seringa que os fez dormir. Genya ficou calado em um instante quando percebeu oque tinha acontecido.

"Não se preocupe, é só Diazepam" Muichiro disse enquanto dirigia e deu um sorriso pro garoto.

Genya não tava entendendo merda nenhuma, aquilo que tava acontecendo era imaginável.

Ele só queria saber se os Kamado estavam bem, no fim não conseguiu saber nada e além do mais, agora ele e seus amigos agora estavam em um carro voador com uma pessoas que eles nem conheciam.

O tempo passou e os quatros tinham chegado em uma igreja bem grande mas abandonada.

"Você tem certeza que esse é o lugar certo?" perguntou Genya enquanto carregava a amiga.

"Sim é aqui" Muichiro disse levando nas costas o loiro que ainda dormia.

Ao chegar na porta, o garoto com as mechas turquesas disse uma frase desconhecida que fez a porta brilhar pra depois voltar ao normal.

"Vamos entrar"

Quando entraram dentro da igreja, tudo era bem diferente daquilo que Genya pensava:

O interior era enorme, com vários corredores adornados com arcos. No centro se notavam várias mesas tecnológicas, também era bem conservado, com Luz Enfeitiçada e círios em candelabros como sua principal fonte de luz.

"Finalmente você voltou meu jovem" um cara meio alto com cabelos de cor amarelo claro e com mechas vermelhas tinha dito sorrindo.

"Então Genya, esse aqui é Kyojuro Rengoku" Muichiro disse e logo depois, Kyojuro viu a garota nos braços de Genya que estava ferida.

"Muichiro, tu quê que eu a leve para Kocho?"Rengoku perguntou " seria uma grande ajuda, obrigada" Muichiro agradeceu.

Kyojuro pegou Kanao e estava para ir quando foi parado por uma pergunta: "ela vai ficar bem?" Genya olhou o rapaz com tristeza.

"Mas é claro, não se preocupe" Kyojuro saiu dalí e foi em um corredor.

"Vou deixar o teu amigo em um quarto, fique aqui entanto" Muichiro disse e foi verso umas escadas.

Enquanto Genya esperava Muichiro, um garoto de olhos verdes, com uma cara de menina e sem camisa passou por alí e noto a sua presença.

"Mas quem diabos é você, um intruso?!" o garoto tinha apontado uma lamina pra Genya que ficou apavorado.

"N-NÃO!! EU TE JURO QUE NÃO SOU UM INTRUSO!!" Genya grito estendendo os braços.

"Então me faz ver a tua marca" o outro disse com um olhar desconfiado.

Mas que porra erá a marca da qual ele tava falando, e onde ele devia ter uma?

Genya ficou calado e olhou o chão. "ME FAZ VER A MARCA PORRA" O garoto começou a tirar a roupa de Genya.

"TU TA MALUCO DESGRAÇADO!!" Genya lutava contra o garoto pra ele para de fazer aquilo até que não foram interompidos por uma voz familiar.

"PARO COM ESSA VIADAGEM INOSUKE?" um garoto de cabelos brancos afiados falou e separou os dois.

"ELE É UM INTRUSO CARALHO!!" Inosuke berrava e apontava pro garoto com a Katana que logo em seguida foi jogada longe pêlo garoto de cabelos brancos.

"nii-chan?!?!?!" Genya olhou o irmão que o largou

"Espera ai… ta querendo dizer que esse cara é teu irmão?" o garoto com cara de menina olhou os dois.

"Sim, agora vaza e vai ver se o Uzui precisa de ajuda" Sanemi falou e o garoto foi embora recolhendo a katana.

Sanemi olhou o irmão menor que ficou admirado com a imponência do Shinazugawa mais velho.

"Como tu veio parar aqui? Não é um lugar que você precisa conhecer" Sanemi disse e encarou o irmão.

"Mas a Kanao se feriu porquê um monstro atacou ela e-" Genya foi interompido por Muichiro que olhava o Shinazugawa maior.

"Fui eu quem o trouxe" Tokito o ficou encarando.

"Eu ia falar pra ele amanha, mas parece que alguem alterou as coisas" Sanemi cruzou os braços e olhou o irmão.

"Eles estavam na residência dos Kamado e lá uma garota foi mordida por um Drenema. Eu não podia evitar aquela situação, e eu nem sabia que o teu irmão tava lá, você deveria estar grato do fato que eu o salvei" Muichiro falou e Sanemi perguntou como as condições de Kanao estavam, dato que naquele momento estava sendo visitada por Shinobu.

"A garota perdeu muito sangue e fomos obrigados a fazer uma doação pra ela, iram costurar as feridas do braço que estão em péssimas condições, mas por sorte não detectamos nenhum sinal de veneno nela"

Todos ficaram calados por um tem depois daquilo que Muichiro os tinham enformado.

"Muichiro, já que tu ta livre, pode fazer ver o instituto pra ele? Eu tenho que analisar o cérebro do Drenema" Sanemi deixou os dois e foi embora.

"Vem commigo".

Muichiro e Genya visitaram todos os lugares do instituto.

"Aqui é a onde a gente pratica as nossas habilidades no combatimento. Parece que alguem tá treinando" Muichiro disse abrindo a porta da sala e quando Genya viu quem tava lá não conseguiu acreditar.

"T-TANJIRO!?!?!"


Notas Finais


E aqui estamos

Kanao...ta foda pra você né?

Zenitsu dormiu e não acorda mais kkkk

Genya revendo Tanjiro

Inosuke tentando tirar a roupa do pobre garoto kkkk

Obrigada por terém chegado até aqui:)
Valeu e fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...