1. Spirit Fanfics >
  2. O garoto na chuva >
  3. Risadas

História O garoto na chuva - Capítulo 21


Escrita por:


Capítulo 21 - Risadas


Fanfic / Fanfiction O garoto na chuva - Capítulo 21 - Risadas

   Izanami estava debruçada na bancada do laboratório enquanto Yusei procurava algo dentro de uma caixa em um canto, o lugar estava uma bagunça como sempre,organização  nunca foi o forte do garoto e ela sabia disso mas aquele lugar estava um completo caos.

-Achei.

   Ele gritou e se levantou do lugar onde estava e caminhou até ela lhe entregando um par de fones de ouvido, eles eram duas rodas pretas com detalhes em laranja.

-O que é isso?

   Ela pegou o objeto e o girou nos dedos observando sem entender muito bem  como ele funcionava e ficou encarando o amigo esperando que lhe desse algum manual de instruções ou dica de como se quer ligar aquilo.

-Aqui.-Ele pegou o objeto e apertou um botão acendendo uma fraca luz azul.- Quando for dormir coloque no ouvido, ele vai abafar qualquer som que venha de dentro e de fora da sua mente.

   Ela o encarou com os olhos arregalados, se foi Yusei que os projetou ele realmente merecia o título de gênio e não era atoa.

-Obrigada Yu, amanhã te conto se funcionou.

-Claro Shuy, te vejo amanhã.

   Ela se despediu e saiu do laboratório andando pelos corredores da escola ainda olhando o objeto em sua mão, parecia bem simples, na verdade era basicamente um fone de ouvido sem fio, ela não sabia como aquilo poderia ajudá la a dormir mas não custava nada tentar. Os pesadelos estavam ficando cada vez mais frequentes e ela sentia aquela pessoa cada vez mais perto dela, ouvir a voz dele a deixava com vontade de vomitar e lhe causava calafrios cada vez maiores, era como ele a estivesse sufocando aos poucos e uma hora...seria impossível respirar. Ela virou um corredor e esbarrou com alguém por estar distraída como sempre.

-Ai ai isso doeu.

-Olha por onde anda merda...ah é você.

   Ela olhou e viu Bakugou a encarando com a expressão apática observando os objetos na mão dela.

-Desculpa Katsuki...

   Ela notou o olhar dele e também percebeu que o garoto estava de bermuda ,regata e moletom com a típica faixa na cabeça, ele certamente não estava indo para a aula.

-Aonde vai?

-Jogar...o que é isso?

   Ele finalmente perguntou e ela abriu a mão mostrando os fones falando um pouco empolgada.

-Yusei me deu, disse que vai ajudar com...a insônia. Posso ir com você?

   Os olhos da garota praticamente brilharam quando ela perguntou e aquela animação toda fez Bakugou tomar um rubor nas bochechas e desviar o olhar passando por ela enfiando as mãos no bolso.

-Não demore, eu vou te esperar.

-Okay.

   Ela correu pelos corredores indo trocar de roupa e Katsuki seguiu para a quadra passando pelo campo da escola. Kirishima e Kaminari estavam jogando basquete e pararam quando o viram chegar.

-Você demorou.

-Tá tá que seja, vamos jogar.

   O ruivo lançou a bola para o amigo e o garoto ouviu passos correndo até a quadra e sorriu falando.

-2x2 só cestas de 1 e 2 pontos.

   Izanami chegou e eles começaram a jogar, ela ficou com Bakugou contra Kirishima e Kaminari, os dois jogavam em uma frequência quase inumana, ela não era tão alta mas era muito habilidosa nos dribles e passadas de bolas que Katsuki fazia questão de pular e enterrar com toda sua força, algumas vezes ela até achou que o garoto quebraria a cesta.

   No fim eles ganharam de 28x7 e os dois derrotados foram embora, que na desculpa de Kirishima eles estavam muito cansados mas assim que deixou a quadra deu uma piscada para Bakugou deixando os dois sozinhos.

-Idiota…

-O que?

-Nada. 

   Ele riu e jogou a bola nela, ela pegou na surpresa e fez uma careta pra ele que foi para debaixo da cesta e ela entendeu o que ele queria. Izanami tirou o moletom o amarrando na cintura ficando com uma regata fina, bateu a bola no chão algumas vezes avançando contra o garoto que bloqueava e roubava a bola dela e vice versa. Os dois ficaram nisso por um bom tempo até ele saltar para tentar marcar e ela se jogar em suas costas o derrubando no chão caindo em cima dele.

-Filha da…

   Ela se deitou no chão ao lado dele gargalhando com as mãos na barriga batendo os pés no cimento virando de um lado para o outro, Katsuki estava deitado ao lado dela com a mão na cabeça onde tinha batido e nao estava nem um pouco feliz, mas ele tinha que admitir que a risada dela o deixava mais leve de qualquer forma, era como se o som entrasse por seus ouvidos e automaticamente formavam um sorriso em seu rosto por mais que nunca mostrasse.

   Ela parou de rir e estava respirando acelerado e sentiu uma corrente fria de ar passar por seu corpo causando calafrios a fazendo tremer.

-Acho melhor a gente voltar, está começando a esfriar, e você nunca ganharia de mim mesmo.

   Quando ela estava praticamente de pé ele a empurrou a fazendo sentar no chão novamente.

-Ai.

-Vai sonhando pirralha.

-Pirralha? Você é só um ano mais velho que eu.

-Sou mais velho de qualquer jeito.

   Ela se levantou e pegou o casaco correndo até ele e os dois foram caminhando até a escola no sereno frio em silêncio ouvindo apenas o som de seus passos sobre a grama, quando avistaram as luzes do dormitório Bakugou falou na própria cabeça “Vai idiota fala pra ela”.

-Comprei um jogo novo...se quiser...testá lo

   “Isso foi horrível cara”, ela o olhou e sorriu vendo o garoto que parecia desapontado consigo mesmo entrando em um dilema na própria cabeça causado pelo que acabou de dizer assim tão sem aviso, os dois estavam na divisão dos dormitórios e param sobres as entradas e por algum tipo de impulso ou desejo reprimido Izanami ergueu um pouco os pés e beijou o rosto dele.

   Katsuki estava imóvel e completamente paralisado com o gesto da garota e ela se virou indo em direção ao seu dormitório.

-Até daqui a pouco então Katsuki…

   Depois que a garota foi embora ele ficou ali parado um tempo e sentiu o rosto queimar no lugar onde a boca dela o havia tocado, ele pigarreou algo e coçou a cabeça indo para o próprio quarto.

   Ele trancou a porta entrando no banho e se demorou bastante debaixo da água fervente. Quando saiu de lá estava com o tronco vermelho por conta da temperatura da água e vestiu seu moletom.

   Quando abriu a porta Izanami já estava deitada na cama com o controle na mão escolhendo algo para jogar, ele se jogou na cama ao lado dela e bocejou.

-Está com sono?

   Ele só resmungou e se ajeitou deitando no travesseiro com as mãos atrás da cabeça, “Seu idiota se está com tanto sono por que a chamou?” ele xingava a si mesmo em sua cabeça enquanto ela selecionava o jogo, ela apontou o controle para ele e perguntou.

-Vai primeiro?

   Ele olhou o objeto com o olhar baixo e respondeu:

-Não..pode ir.

   Ela torceu a boca e se concentrou no jogo cruzando as pernas, ela parecia uma criança viciada mordendo a boca enquanto pulava os obstáculos difíceis e dando resmungos de raiva quando perdia uma vida,depois de alguns minutos ela olhou para o lado e o garoto estava com os olhos fechados e uma mão caída para fora da cama, seu peito subia e descia acompanhando a respiração pesada e ele roncava baixinhos. Ela sorriu e desligou a TV e o console fazendo o mínimo de barulho que ela conseguia para não despertar lo, Izanami foi até o interruptor apagando a luz voltando para cama jogando uma coberta sobre o garoto e se deitou virada para o outro lado da cama, ela tirou os fones de ouvido de Yusei do bolso e os objetos pareciam dizer algo como “Não vai testar? Tem certeza que consegue dormir sozinha?” Ela franziu a testa se virando para o outro lado olhando Bakugou que ainda dormia feito uma criança.

-Talvez amanhã…

   Ela fechou os olhos e depois de algum tempo sentiu ele se mexer na cama e logo em seguida veio aquela respiração esquentando suas costas e ela percebeu o quão perto ele estava, quase conseguia sentir o calor do corpo dele em suas costas,Izanami sorriu e conseguiu adormecer sem nenhum problema...mal sabendo o que a esperava no dia seguinte...  

 


Notas Finais


desculpem a demora dessa vez
obrigada por lerem ate o proximo capitulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...