História O Garoto Novo - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amor, Drama, Ficção Adolescente, Romance, Wesley Tucker
Visualizações 36
Palavras 1.173
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sem revisão!

Capítulo 9 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction O Garoto Novo - Capítulo 9 - Capítulo 8

{Kauã}

Ontem depois que eu cheguei da escola a minha mãe me contou sobre tudo que ela já fez, e eu tenho que dizer que eu estou com vergonha por ela. Puta que pariu, só falta alguém usar isso contra mim! Ela já fez muita coisa ruim com os outros, eu fiquei foi é assustado quando ela me contou tudo. Eu sinceramente não quero saber do tamanho da raiva do pai da Angel, ele vai virar um bicho quando souber que a minha mãe voltou, e quem sou eu.

O que eu mais quis quando conheci a Angel, foi conhecer ela melhor, mas eu sempre sou tão sortudo, a ponto de ela namorar. É claro que ela tinha que namorar, estava muito real pra ser verdade, o que me resta agora é virar somente amigo dela, mas esse é o problema, eu não quero ser só amigo dela, eu quero ser mais! Eu nunca me senti assim com uma garota, e é estranho! Uma pena mesmo ela ter namorado.

Eu é que não vou voltar no passado e sair roubando a namorada dos outros, eu não sou mais assim! Ou vamos continuar pensando assim pra eu não voltar a fazer merda!

Entro na sala de aula e logo a vejo escrevendo algo no caderno, e eu vou até ela.

Kauã — Oi! — Digo ao parar na frente dela.

Katherine — Vivo, Claro, Tim, e Nextel! — Diz ela em outra língua sem olhar pra mim. — Sai da frente garoto, estou copiando! — Me afasto dela sem entender.

Uau! Eu certamente não esperava por isso.

Melissa — Tadinho dele, o neném foi ignorado pela crush! — A Melissa zomba após eu me sentar atrás dela.

Kauã — Vai pra merda Melissa! — Ela ri e se vira pra frente.

Essa resposta da Angel foi algo que me incomodou, ontem ela parecia ser tão doce, eu em!

Max — Bom dia pra vocês! — Diz o professor Max entrando na sala.

Katherine — E aí tio gostosão?

Max — Sério que essa praga que veio hoje? — Ele pergunta com desdém.

Mariah — Ela é da segunda, tio!

Katherine — Cala a boca Mariah! — Ela manda nervosa.

Max — Só quero ver quando a Eliza pegar, geral está ferrado!

Katherine — Eu sou um gênio tio, sempre escapo! — Escuto tudo bem surpreso.

Thomas — Uhum, se a minha mãe aparecer com a vassoura ela corre!

Katherine — O seu cu!

Max — Sem palavrões Katherine!

Katherine — Você também xinga tio!

Max — Que tio o que, nem te conheço estranha!

Katherine — Então porque você é Max Morgan e eu Katherine Morgan?

Max — Azar do destino? — Pergunta ele fazendo a gente rir. — Agora faz silêncio Katherine! — Ela resmunga algo e o professor começa a explicar umas coisas ignorando ela.

{...}

Bate o sinal do intervalo e eu saio da sala e vou até o pessoal.

Kauã — A sua irmã está bem estranha hoje! — Digo pra Mariah.

Mariah — Ela bipolar, com o tempo se acostuma!

Kauã — Sério isso? — Pergunto pra ela surpreso.

Mariah — Mais ou menos! Mas quem sabe um dia você entenda isso. — A encaro sem entender.

Natalia — Aquela garota é maluca, isso sim! — A Nat diz.

Katherine — Olha só se não é a ruiva invejosa! — Olho pra trás vendo a mesma olhando a Nat dos pés a cabeça.

Mariah — Sossega Katherine!

Katherine — Desde quando eu falo com você? — Ela pergunta pra Mariah toda grossa.

Kauã — Que bicho te mordeu?

Katherine — Você é quem mesmo? — Ela pergunta me olhando.

Kauã — Kauã? — Ela olha pra Mariah que assente.

Katherine — Sinto pena da sua mãe, meu pai é doido pra matar ela! — Ela fala com certo tom de deboche.

Mariah — Vai arrumar confusão em outro lugar, Biskath! — Ela olha pra Mariah com desdém.

Katherine — Vadia é você querida, eu sou uma rainha! — Ela diz de nariz em pé. — E eu vou mesmo, por que essa falsificada está acabando com o meu brilho! — Ela joga os cabelos pra trás e se afasta da gente rebolando.

Mariah — Essa garota não é de Deus, já mandei a minha mãe levar ela pra igreja!

Natalia — Amiga me desculpa, mas a sua irmã é um porre!

Mariah — Eu também acho! Prefiro o Klaus e a Ana Clara juntos, do que ela. Chata pra cacete!

Kauã — Nossa! — Murmuro.

Mariah — Ela pegou toda a coisa ruim, ela devia ter pegado um pouco da bondade da Lívia, essa garota seria bem melhor!

Kauã — Eu vou é comer! Não estou entendendo nada! — Digo.

Mariah — Esquece! — Ela faz um gesto com a mão e a gente vai à lojinha comprar comida.

{...}

A gente estava na aula de Biologia e estava quase batendo o sinal, quando a professora Jane passa um trabalho para fazer em casa.

Jane — O trabalho vai ser feito por quatro pessoas, vocês podem combinar da casa de quem vão fazer. — Ela fala.

Mariah — Tomara que a gente fique em quarteto! — Diz a Mariah e a gente concorda.

Jane — Katherine, Kauã, Mariah e Davi! Primeiro grupo!

Katherine — Ainda bem que o Davi ficou comigo, se não eu ia arrancar o fígado dele! — A Katherine diz fazendo um gesto com a mão de quem vai apertar algo.

Davi — Estou achando que a morte que o Pedro vai me dar, vai ser bem mais tranquila do que a que você tanto diz.

Mariah — Ainda duvida?

Katherine — Eu sou um Anjo, não faço essas coisas!

Só se for metamorfo, porque anjo mesmo não é não. O apelido Angel não foi feito pra ela!

Jane — Silêncio, por favor! — Pede a professora.

Katherine — Aqui não é hospital!

Jane — Katherine não me faça te tirar da sala!

Thomas — Ouviu as regras da nossa mãe né? Qualquer cagada e tchau, tchau almoço com o Ty!

Katherine — Eu quero ver o gostoso do tio Cody mesmo! — Ela responde o Thomas dando de ombros.

Essa garota a cada segundo me surpreende mais!

Jane — Silêncio! — Todos ficam quietos e ela continua falando os nomes.

{...}

O sinal bate e a gente começa a guardar o nosso material.

Mariah — Vamos fazer amanhã lá em casa, depois eu te passo o endereço! — A Mariah fala pra mim e eu assinto.

Katherine — Esse garoto lá em casa? — Ela aponta pra mim. — Manda a sua mãe preparar o seu velório! — Ela sorri e eu vejo o quanto o sorriso dela é diferente.

Davi — É só não citar o nome dele, chama só de Salvatore!

Mariah — Ouviu Katherine? Você adora ferrar os outros! — Ela olha feio pra Mariah.

Katherine — Não prometo me comportar!

Davi — Kath! — Ela bufa.

Katherine — Tá bom, eu fico quieta!

Mariah — Davi você tem que me dar umas dicas, só você pra comandar o Pitbull!

Katherine — Pitbull é a sua avó! — Ela fala fuzilando a Mariah com o olhar.

Davi — A deixa ouvir isso, eu disse um negócio pra ela e quase perdi a orelha!

Mariah — Ela sabe disso, Davi!

Katherine — Ah, tchau pra vocês! — Ela sai da sala puxando o Davi.

Mariah — Amanhã você vai entender tudo Kauã, só espere! — Ela bate de leve no meu braço e sai da sala.

Kauã — Chega de mulher maluca na minha vida! — Pego a minha mochila e saio da sala.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...