História O Garoto Que Eu Gostava - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Diário, Escolar, Romance, Traição
Visualizações 22
Palavras 409
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Anthony


Eu voltei para a escola sem que a Gisele me visse. Chegando lá vejo Anthony falando com os amigos dele, eu chego perto e ele vem me cumprimentar me dando um pequeno selinho, e então falo para ele sobre Gisele.

Ana: Você não sabe quem me atacou agora a pouco com uma máquina de cortar cabelo.. 

Anthony: Ué, quem?

Ana: A Gisele, aquela louca veio com uns papos de que você era dela, e de que não acreditava que você tinha trocado ela por mim, eu provoquei ela e ela veio pra cima de mim, fui pra casa e tive que pular a janela para fugir dela.

Anthony: Eeeeita, não sabia do que ela era capaz, vou ter uma conversa séria com ela quando ela chegar, fica comigo, eu não vou deixar ela chegar perto de você, ok?

Ana: (meu coração batia forte) ok. - Dei um abraço nele e o sinal tocou.

As aulas passaram, e ela não voltou para a escola, estava com medo de voltar para casa... Vai que aquela loca tá lá me esperando...

Anthony: Quer que eu vá com você pra casa? Quero garantir que você esteja bem.

Ana: Eu ia pedir isso mesmo, eu to com medo da Gisele agora...

Anthony: Não precisa ter medo, eu vou estar com você. - Ele disse pegando minha mão e saindo comigo da escola.

Com toda essa treta eu até me esqueci da Rose... Será que ela tá bem... Uma pena eles terem ido viajado, eu to achando essa história de viagem muito estranha, a Rose teria me falado que viajaria... Mas enfim, se a Gisele me matar, aí sim eu nunca vou saber o que tá acontecendo com ela.

Chegamos na rua da minha casa, não vimos ninguém, não tinha ninguém lá 

Ana: Ufa, eu tava realmente morrendo de medo.

Anthony: Acho melhor conferir a casa também... Vai que ela tá escondida lá dentro?

Ana: Verdade... Vem comigo?

Anthony: Claro.

Entramos na casa... A porta estava aberta, e estava tudo destruído, tinha coisas espalhadas por toda casa, tava tudo fora do lugar, eu fiquei chocada.

Ana: Isso aqui não tava assim quando eu saí... aquela doida praticamente destruiu minha casa, ela vai se ver comigo. - Eu disse pegando alguns livros que estavam jogados no chão.

Anthony: Não faça nada sem pensar direito Ana, vamos conversar com ela e ver o que ela diz. - Ele diz, me ajudando com os livros.

Ele me ajudou a por tudo no lugar, nos despedimos, e eu fui dormir, com medo dela aparecer do nada.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...