História O Garoto que Nasceu no Corpo Errado - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Lu Han, Personagens Originais, Sehun
Tags Akatsuki_black, Baekhyun, Bullying, Chanbaek, Chanyeol, Depressão, Exo, Hentai, Hunhan, Lemon, Luhan, Romance, Sehun, Trans*, Transexualidade, Violencia, Yaoi
Visualizações 186
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


aqui está mais um capítulo fresquinho pra vcs! Espero que gostem...

Capítulo 9 - Nove: O garoto que assumiu o namoro.


O garoto que assumiu o namoro

♂  ♂  ♂

-Cacete!-Baekhyun apertou o botão do despertado eletrônico, acabando com aquele barulho infernal.

Seu humor não era o dos melhores naquela manhã de segnda-feira, principalmente depois de ter passado esse final de semana inteiro brigado com Jihyun. Levantou-se de sua cama a contra-gosto e se encaminhou a passos lentos e preguiçosos até o banheiro.

Retirou a calça de moleyom e a regata fina que usava e entrou no box, abrindo o registro na água gélida. Queria esquecer de tudo o que havia acontecido nesses últimos dois dias e só conseguia fazer isso quando pensava em um certo grandão de cabelos negros.

Sorriu enquanto tirava o condicionador de seus fios desbotados, terminando seu banho rápidamente e saindo do banheiro enrolado em uma toalha de cor azul, indo em direção ao guarda-roupas. 

Pegou um suéter vermelho escuro, uma calça jeans cinza escura e seu All Star preto surrado e de cano longo. Pegou seu celular juntamente com seus fones e saiu do quarto.

Atravessou o corredor e adentrou a cozinha, encontrando a Sra. Jisoo preparando o café da manhã.

-Bom dia, Sra. Jisoo!-Baek dá um beijino no rosto da mais velha.

-Bom dia, pequeno.-a velhinha bagunça alguns fios da franja do garoto.-Quer waffles com chantilly e calda de chocolate?

-Por favor.-Baekhyun senta-se à mesa enquanto colocava um pouco de suco de laranja em seu copo.

-Waffles! Oba!-um Chanhyuk todo saltitante e alegre adentrou a cozinha correndo.

-Bom dia, pequeno.-Baek bagunçou os cabelos do irmão enquanto este se sentava ao seu lado.

-Bom dia, Hyung!-o pequenino disse meio enrolado por estr com meio pedaço de waffle na boca.

-Onde estão o Appa e a Omma?

-Seus pais devem estar se rrumando ainda.-Jisoo disse enquanto colocava um pouco de achocolatado no copo de Chanhyuk.-E Jisung teve que ir mais cedo para a empresa.

Baekhyun suspirou ao ouvir o nome do irmão. Estava se sentindo tão mal por ele...

Mas será mesmo que a culpa era do ruivo?

-Bom dia, meninos.-Jiwon adentrou a cozinha enquanto ajeitava a gravata em seu pescoço.

-Bom dia, Appa!-os herdeiros disseram em uníssono.

-Jihyo, o que aconteceu entre você e o Jisung?-Danbi vinha logo atrás do marido, fazendo com que o barulho de seus saltos ecoassem pelo cômodo.

Baekhyun suspirou, passando as mãos em suas madeixas desbotadas enquanto parecia frustrado.

Baekhyun, mamãe.-o Byun disse, dando ênfase ao seu nome.

Danbi revirou os olhos, olhando feio para o filho enquanto se sentava ao lado de seu marido.

-Vou acabar indo atrás de um psicólogo para você quando tiver tempo.-a mulher de cabelos claros disse enquanto colocava café em sua xícara.

Baekhyun respirou fundo, levantando-se da cadeira e pegando sua mochila, colocando uma das alças em seu ombro.

-Já vou indo.-caminhou em direção a porta.-Tchau!

-Tenha uma boa aula, filho!-o Sr. Byun sorriu docemente para o filho.

-Tchau, Hyung!-Chanhyuk acenou para o irmão antes deste sair pela porta.

-Por que a senhora não chama o Hyung pelo nome, mamãe?-o pequeno Byun perguntou para a sua mãe.

-Porque o nome dela não é esse.-a mulher disse friamente enquanto bebericava sua bebida quente.

-Chanhyuk, por que não vai lá no seu quarto pegar sua mochila? Irei de levar para a escola hoje.-Jiwon disse para o filho.

-Tá' bom, Appa.-o pequenino se levantou em um pulo e saiu correndo para o andar de cima.

-Por que ainda enxiste em fazer isso?-o homem de cabelos negros perguntou para a esposa.

-Por que ainda enxiste em apoia-la nessa palhaçada?-Danbi olhou irritada para o moreno.

-Baekhyun está feliz assim. A felicidade do nosso filho não importa pra você? Quando vai parar de pensar apenas na empresa e focar em nossos filhos?

-Chega!-a Sra. Byun levantou de supetão da cadeira.-Eu não vou deixar que o sobrenome Byun seja manchado e acabamos perdendo tudo o que costruimos por causa das paranóias da nossa filha!

Danbi saiu pisando duro para fora de casa. Jiwon respirou fundo umas centenas de vezes, passando suas mãos nos cabelos negros; levantou-se rapidamente da cadeira, ajeitando seu terno e caminhou porta afora de sua mansão.

♂  ♂  ♂

Baekhyun sorriu ao avistar Chanyeol e Sehun conversando perto do pinheiro que o ruivo costumava ficar sozinho enquanto esperava os portões abrirem. Viu o Park sorrir abertamente para si quando se aproximou dos dois garotos.

-Bom di...-Baek não teve como terminar a frase, pois seus lábios já estavam sendo capturados pelos os do maior.

-Bem que o Luhan disse que vocês acabariam juntos...-Sehun disse enquanto olhava para toda aquela cena melosa.

Não que ele não fosse assim com o Xiao - talvez até um pouco mais meloso -, mas era ele e Luhan. Ver outras pessoas aos beijos e caricias melosas em público era meio desconcertante.

Falando no Lu, este correu até o moreno e pulou em suas costas, engachando seu pescoço em um verdadeiro abraço de coala.

-Senti sua falta...-Luhan sussurrou próximo ao ouvido do Oh, depositando um beijinho delicado no pescoço do mesmo.

-Bem que eu disse que vocês acabariam juntos...-Baekhyun disse, olhando para o casal enquanto mantinha um pequeno sorrisinho no rosto.

-E ai, vocês finalmente estão juntos?-o loiro perguntou, olhando de Baekhyun para Chanyeol.

Baek sentiu suas bochechas ficarem um pouquinho quentes enquanto Park coçava a nuca com um sorrisinho sem graça nos lábios.

-Bem... Sim?-Chanyeol olhou para o ruivo.

Baek sorriu, pegando a mão do moreno e entrelaçando seus dedos.

Luhan passou a dar gritinhos de felicidade enquanto dava pulinhos; Sehun apenas ria do amado.

-Vamos?-Baek foi andando na frente ao que percebeu que os portões já estavam abertos.

Ao longe, Lee Hyunjae e Choi Jaehyun olhavam para toda aquela cena com certo nojo e repulsa no olhar. Os dois não podiam acreditar que Chanyeol e os irmãos Kim tinham visto aquela aberração como algo normal e passaram a conviver numa boa com o Byun.

-Eles me dão nojo...-Hyunjae disse baixo.

-Faço das suas palavras, as minhas.-Jaehyun concordou, apertando ainda mais as alças de sua mochila entre os dedos.

Aqueles dois faziam questão de deixar bem claro para todos que não gostavam de Byun Baekhyun de jeito nenhum...


Notas Finais


E ai, o que acharam??? Até o próximo capítulo...
Beijinhos<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...