História O Gélido Coração De Uma Rainha Abandonada - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Mirai Sarutobi, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Sakumo Hatake, Sakura Haruno, Shikamaru Nara, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Kakasaku
Visualizações 25
Palavras 940
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente. Então, quem já leu minhas fics, sabe que eu exclui uma... Pois bem: Eu não me sentia muito segura sobre ela,por isso a excluí. Por um momento pensei em cancelar minha conta no Spirit, mas não o fiz.
Espero que gostem da história. Bjs!!

Capítulo 1 - A Descoberta


Sakura on


Eu estava tão feliz! Não podia acreditar que faltavam apenas 7 dias para o meu casamento! Estava tudo perfeito: Os convidados,a decoração, tudo! Meu noivo, o príncipe Sasuke, do Reino Do Som,me fazia feliz! Era um rapaz de 20 anos, alto, com olhos e cabelos negros.

Ambos guardavamos um segredo: Nós dois não esperamos a noite de núpcias para nos entregarmos um ao outro! Bem,eu,já que ele não era mais virgem. Havia sido a duas semanas, me senti a mulher mais feliz do mundo!

Ao passar pelo corredor do castelo, olhei para um dos quadros: O quadro de meus pais, o rei Kizashi e a rainha Mebuki. Pensar que eles não estavam mais entre nós, que não poderim ver meu casamento, me deixava triste. Eles haviam falecido quando eu tinha 12 anos, devido a uma doença que pegaram após uma viagem.

Foi doloroso, mas eu não fiquei sozinha. Tinha meus tios: Jiraya e Tsunade. E meu primo: Naruto. Me deram o apoio e o amor necessários para eu me reerguer. Passaram 1 ano me visitando quando podiam. Além do fato do Naruto passar 2 semanas por mês no castelo comigo.

Até que eu completasse 18 anos, o reino foi liderado por meus padrinhos: Asuma e Kurenai. O governaram com maestria durante 6 anos. Eles tinham dois filhos: Konohamaru e Mirai. Infelizmente, Mirai faleceu ainda bebê, pois durante um descuido de meus padrinhos, a pequena caiu de uma das sacadas do castelo. Ela estava dando seus pequenos e primeiros passos, mas tentou se pendurar nas grades da sacada e acabou por cair. Ela tinha 11, meses iria fazer 1 ano 3 semanas depois.

Foi um choque, eu tinha 14 anos e Konohamaru tinha 11. Com o tempo, conseguimos voltar a ter uma vida normal, mas claro, sempre imaginando como seria se ela estivesse aqui.

Fiquei alí, parada olhando para o quadro de meus pais, pensando em tudo que mudou depois de eu tê-los perdido. Após uns minutos, senti um puxão leve em meu vestido e, ao olhar para baixo, constatei que era minha prima Ino, irmã mais nova do Naruto, que havia nascido 2 anos após a morte de meus pais.

- Oi pequena. Como você está?- Pergunto a pegando no colo.

- Tô muito bem Saky! Tô feliz que você vai se casar!

- É. E você demorou muito para escolher o seu vestido de daminha!

- Eu tenho só 5 anos.- Ela disse me mostrando seus dedinhos- É difícil pra mim ter que escolher só um!- Eu rio após sua frase. Depois de eu e ela termos tido uma boa conversa sobre o seu vestido de daminha, Eu vou para meu quarto descansar um pouco, antes do jantar.

Eram 5 horas da tarde ainda, podia descansar bastante tempo, já que o jantar só seria servido as 7:45. Estava com um belo sorriso, mas ao abrir a porta, ele se desfez. Vi a pior cena da minha vida. Meu "noivo" e minha dama de companhia, Karin, estavam aos beijos na minha cama. Ambos estavam nús, cobertos apenas por um fino lençol.

Após notarem minha presença, trataram de se vestir rapidamente, mas já era tarde. Sasuke tentou se explicar, mas eu o cortei. Ele tentou me dizer que não era o que eu estava pensando,etc. Eu disse que realmente não era o que eu estava pensando, era o que eu estava vendo.

- Rainha, podemos explicar- a ruiva tentou me dizer.

- Olha aqui sua vadia,cala a boca. E não precisa fazer essa cara de assustada,eu não vou lhe bater. Afinal, você é tão imunda que nem se quer os cães aguentariam tocar-lhe. Mas quanto a você- Olhei para o desgraçado à minha frente- Eu mesma faço questão de enviar para o inferno. E quanto a questão da nossa distribuição de água para o seu reino,bem, terá que achar outra fonte, porque nosso tratado está cancelado.

Peguei um jarro com água. A água, joguei na cara da vadia ruiva que se encontrava em meu quarto. O jarro,atirei contra o rosto do desgraçado que me traiu. Logo vi que seu rosto não ficaria marcado apenas pelas cicatrizes,mas por sua canalhice e vergonha.

Logo meus tios e meus padrinhos,que haviam ido passar a semana antes de meu casamento comigo chegaram,me pediram explicações,mas eu apenas fingi não escutr e segui para fora do quarto, precisava anunciar o cancelamento do casamento ao povo do meu reino.

- Povo de Konoha... Lhes dou a notícia de que meu casamento com o príncipe Sasuke, do Reino do Som,foi cancelado. Devido ao fato de que ele e minha dama de companhia estavam sustentando um relacionamento às escondidas. Peço que se acostumem a não ver mais a senhorita Karin pelo reino. Decreto não só a expulsão dela,mas do príncipe também. Também gostaria de pedir aos comerciantes que farão suas viagens pelos reinos vizinhos,que avisassem sobre o ocorrido. Obrigada.

Todos se curvaram brevemente,em sinal não só de respeito,mas também de apoio. Eu podia ver isso em seus olhos.

Ao me virar,dou de cara com a minha família.

- Acredito que vocês tenham entendido. Fiquem no castelo o tempo que, quiserem são bem vindos. Mas não esperem que eu vá atrás de algum de vocês para desabafar ou coisa do tipo.

Logo após isso, dois guardas surgem com Sasuke e Karin.

- Já podemos levá-los rainha?- Um deles me pergunta. Eu apenas confirmo passando reto sem olhar para a cara do vagabundo que me traiu. Me deixou abandonada na vergonha de ter sido traída. Mas naquele dia,decretei a mim mesma que não iria mais me abalar por homem nenhum.

Aquela era minha nova regra de vida...

Aquela era a Nova Sakura Haruno.





Notas Finais


Foi isso! Próximo capítulo semana que vem. Espero que gostem e se quiserem podem deixar sugestões. Desculpem qualquer erro de ortografia. Bjs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...