História O Governador - Fillie - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Fillie
Visualizações 160
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Capítulo 12



                   Atualmente



Finn - E então, qual das duas vai me explicar o motivo daquela ceninha ali na frente? 




O moreno questiona ainda irritado enquanto se sentava em sua poltrona, de frente para as duas mulheres. 




Após conseguir separar a briga Finn havia exigido que as duas fossem imediatamente para sua sala, na certeza de que não pouparia palavras para corrigi-las.




Ayla - A culpa foi dessa secretáriazinha de quinta , foi ela que...




              Millie interrompe



Millie - Foi você que chegou me ofendendo, eu apenas me defendi...




Ayla - A culpa é toda sua , olha o que você fez com o meu rost...




               Finn interrompe



Finn - CHEGA! Eu já dei muitas chances pra vocês duas, mas chegar no trabalho e encontrar vocês duas se atracando no chão como selvagens , é a gota d'água! Que imagem as pessoas terão desse governo? Da Srta.Ayla eu já esperava esse tipo de comportamento, mas não de você , Srta.Brown! O que aconteceu? 




O olhar de Finn suaviza ao encarar Millie, não demora a ver a mesma se encolher cabisbaixa.




Millie - A Srta.Ayla, insinuou que eu havia..ahn..vendido meu corpo para ser promovida a secretária do governador!




Finn direciona seu olhar para Ayla , sentindo a raiva voltar a transbordar de seu corpo.



Finn - Srta.Brown , espero que esse tipo de acontecimento não se repita , agora por favor , nos dê licença! 




Sentindo o alívio tomar conta de si , Millie sai da sala rapidamente, observando o olhar raivoso do governador permanecer firme sobre sua ex chefe.




Ayla - F-Finn...




           Finn interrompe




Finn - Eu já disse que é "SR.GOVERNADOR"! 



O moreno eleva o tom de sua voz , não demorando a respirar fundo em uma tentativa desesperada de manter a calma.



Finn - Paciência tem limite , e não aguento mais ter que suportar suas ceninhas!



Ayla - Ceninhas?! Ceninha quem fez foi o "Sr.Governador"! Que história é essa de "contratar" a minha secretária? Eu posso até detestar aquela gentalha , mas ainda sim, ela é MINHA funcionária! Ou vai me dizer que você fez isso porque tem interesse naquela vadiazinha? 




Finn deposita um tapa forte na mesa , e se levanta da cadeira totalmente irritado , atraindo o olhar assustado de Ayla.



Finn - CALADA! Minha vida pessoal não lhe diz respeito , estou cheio de você , e caso não se lembre quem está no comando aqui , eu faço questão de refrescar sua memória. EU SOU O GOVERNADOR DE NEW YORK , EU MANDO AQUI , E EU POSSO FAZER O QUE QUISER , INCLUSIVE DESTITUÍ-LA DO SEU CARGO DE SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO!



Ayla - N..não , isso não , por favor, e-eu..




               Finn interrompe




Finn - Essa é a última chance ! A última vez que relevo os seus chiliques , se eu souber de algo , ou ao menos sonhar que a Srta está causando alguma confusão, não terei mais tanta paciência assim! Estamos entendidos? 




O moreno questiona olhando firmemente no fundo dos olhos de Ayla , não demorando a ver a mesma assentir com a cabeça rapidamente.



Finn - Ótimo , agora se me dá licença , alguém aqui tem que trabalhar! 




A loira se levanta irritada caminhando em direção a porta , mas antes que pudesse sair pela mesma , a voz Finn a chama , a fazendo parar no mesmo instante.




Finn - Srta.Ayla! Quero que peça desculpas a Srta.Brown , não admito esse tipo de ofensas nesse prédio!



Ayla - EU NÃO VOU PEDIR DESCULPAS AQUEL...



 

                Finn interrompe




Finn - Eu estou MANDANDO! Não sou homem de dar segundas chances , não vou falar de novo! 





Percebendo que não havia para onde fugir , Ayla afirma com a cabeça, não demorando a finalmente sair pela porta .





 Finn coloca as mãos sobre a cabeça sentindo a mesma latejar de dor , trazendo consigo mais uma vez a certeza de que aquele seria um longo dia.



                            [...]


                          Millie



Termino de organizar a agenda do governador e suspiro aliviada, percebendo que aquele dia de cão finalmente havia acabado. 




Depois de toda aquela confusão as horas pareciam não passar , me dando mais uma vez a certeza de que o meu primeiro dia trabalhando para Finn havia sido um verdadeiro fiasco.




Eu definitivamente não era uma pessoa que apoiava a violência, mas ouvir aquela cobra se refirir a mim daquela forma , havia despertado uma raiva que nem eu sabia existir.




Durante o dia todo mal havia visto o governador, e por mais que antes eu não me importasse ,ver seu olhar irritado e decepcionado sobre mim havia me afetado mais do que o esperado.




Desperto dos meus pensamentos vendo o antar ao meu redor vazio e crio coragem para bater na porta de seu escritório , não demorando a ouvi-lo liberar minha entrada.




Millie - Sr.Governador , já estou indo! P-precisa de mais alguma coisa?




A morena gagueja nervosa sentindo o olhar intenso de Finn se direcionar a ela.




Finn - Sente-se !




Finn declara com um tom de voz firme e não demora a observar Millie obedecendo sua ordem.




Uma expressão séria preenchia seu rosto e após alguns minutos ainda a encarando , o moreno se levanta de sua cadeira , voltando a se aproximar já com uma caixa branca em mãos.




Millie - O...o que está fazen...




         Finn interrompe 




Finn - Quieta! 




Millie sente um pequeno grito escapar de seus lábios no exato momento em que Finn aproxima um pedaço de algodão de sua testa, a fazendo perceber que a briga que ocorreu mais cedo havia trazido ainda mais consequências para ela do que imaginava.




Finn - O que eu faço com você , em?! 




O moreno questiona após algumas minutos em silêncio , e finalmente finaliza o curativo na testa da jovem.




Millie - Ela saiu pior ! 




Sem perceber as palavras extrapolam da boca de Millie , mas antes que pudesse tentar se corrigir uma forte gargalhada rompe o silêncio do local , a fazendo se surpreender ainda mais.




Finn - Realmente , a Srta.Ayla saiu bem pior!




Millie - Eu achei que você tinha ficado irritado com o que aconteceu...





A morena declara confusa enquanto tentava esconder sua satisfação em ouvi-lo  rir tão espontâneamente pela primeira vez.




Finn - Sim , eu fiquei ! Esse tipo de comportamento é inadmissível aqui...mas cá entre nós...a  Srta.Ayla estava precisando de um sacode desses! 




Millie gargalha concordando com a fala do moreno , mas logo o clima divertido que havia se formado entre ambos começa a se esvair rapidamente , dando lugar a uma intensidade que não estavam preparados para sentir.




Os olhares de ambos se encontrava conectados e antes que percebessem o rosto de Finn já se aproximava perigosamente dos lábios de Millie. 




A morena não sabia o que fazer naquele momento , mas antes que pudesse reagir de alguma forma , o perfume de Finn invade suas narinas , a fazendo perder totalmente o controle. 




Seus rostos se encontravam a centímetros de distância , mas antes que seus lábios se tocassem , algo que Millie não esperava , acontece...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...