História O grande dia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Foster The People, Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 298
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Decidi escrever isso ai só pq tava sem ideia msm.

Capítulo 1 - Ele está vindo, corra!


Fanfic / Fanfiction O grande dia - Capítulo 1 - Ele está vindo, corra!

Era o dia do meu aniversário e não recebi os parabéns de ninguém, eu comi uns Waffles que estavam na geladeira e fui me vestir para ir a escola e denovo aquele maldito barulho, os vizinhos não paravam de transar e a cama ficava rangendo, minha vida é uma merda e nem em paz eu consigo ficar, que merda, me vesti todo de preto já que era meu aniversário eu podia pelo menos escolher as cores que eu iria usar, eu sai de casa e tranquei a porta, sai bem cedinho para ir caminhando devagar.

Vejo lá na frente o carro do Brad, o maldito idiota e repugnante Brad, ele se achava com seus músculos e dinheiro, ele e os amigos param o carro na minha frente e começam a me bater, me jogaram no chão e enquanto eu chorava de dor eles riam, então o Brad disse:

-Como presente de aniversário, Vou te deixar só um pouco machucado dessa vez.

Eu entrei em casa e limpei o sangue, fui procurar uma toalha nas coisas do meu pai e vi uma arma, eu procurei e achei mais armas, tinham várias e eu já tinha visto vários jogos e filmes.

Chego na escola com as armas escondidas na mochila e quase me atraso, eu tranquei a sala do Brad por fora e comecei a matar todos, Professores, Alunos, funcionários e qualquer coisa que estivesse viva.

No final eu destranco a sala do Brad e mato todos menos ele e os amigos, começo a matar os amigos dele um por um, no final eu deixei o Brad correr para o canto da sala, eu olhei pra ele e disse friamente:

-Como presente de aniversário, vou fazer o mais devagar e doloroso possível.

Eu estava o torturando e ouvi sirenes e atirei em mim mesmo, morri, mas satisfeito.


Notas Finais


Gostou, leia as outras histórias.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...