1. Spirit Fanfics >
  2. O Guardião das Fadas >
  3. O Fim dos GMJ! O Início de Uma Jornada!

História O Guardião das Fadas - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - O Fim dos GMJ! O Início de Uma Jornada!


Fanfic / Fanfiction O Guardião das Fadas - Capítulo 5 - O Fim dos GMJ! O Início de Uma Jornada!

Capítulo 5: O Fim dos GMJ! O Início de Uma Jornada!

 

Ash: Aqua-chan? -procurando ela na escuridão- Onde você está? -se surpreende quando é forçado a bloquear um golpe- Hein?!

 

Aqua: Espere o inesperado! -começa a golpeá-lo-

 

Ash então começou a se defender com uma Keyblade enquanto atacava com a outra, tentando criar uma vantagem. Porém era claro que Aqua era mais experiente que ele. Ela atacou e ele do ataque.

 

Ele girou e mergulhou, com o objetivo de tropeçar nela. Ela pulou para trás e desviou. De repente, ela atirou a arma para ele.

 

Seus olhos se arregalaram e se abaixou. Ele olhou para cima e a viu convocá-lo novamente enquanto ela atacava. Ele derrapou atrás dela e cortou suas costas, mas ela girou no último segundo, evitando o golpe.

 

Os dois se inclinaram, tentando dominar o outro. De repente, ela o empurrou para longe e virou as costas, colocando distância entre os dois. Ash decidiu fazer uma pequena cópia e jogou Oblivion nela.

 

Ela se esquivou facilmente, mas esqueceu que ele ainda tinha Oathkeeper. Os olhos dela se arregalaram, como ele já estava atacando, as duas mãos segurando Oathkeeper. Novamente eles entraram em choque, mas desta vez Ash começou a empurrá-la de volta.

 

De repente, ele se afastou, dando um passo para a esquerda, fazendo-a cair para a frente. No segundo seguinte, Oathkeeper estava em sua garganta. Ela suspirou.

 

Ash: Por que me atacou?

 

Aqua -suspira-: Sinto muito. Eu só queria testá-lo.

 

Ash -confuso-: Me testar?

 

Aqua: Sim... -sorrindo- E você passou! Eu certamente não esperava que você me vencesse. E com tanta facilidade. Devo estar ficando enferrujada.

 

Ash: Eu só tive sorte... -sem graça-

 

Aqua: O que aconteceu ultimamente?

 

Ash: Muitas coisas. Temos uma nova companheira chamada Chelia Blendy. -começa a descrevê-la fazendo Aqua sorrir-

 

O quinto e último dia dos Grandes Jogos Mágicos começa por ter todas as equipes restantes desde a equipe de menor de classificação para a equipa de melhor, entrarem no estádio de uma forma semelhante que foi feito no primeiro dia. O evento final ano é explicada pelos três comentadores, Chapati Lola, Yajima e Mato, as equipes ouvem a partir de sua posição atual.

 

Eles anunciam que o campo de batalha é toda a cidade de Crocus. Derrotar um mago de outra equipe dará uma equipe um ponto, mas se o líder for derrotado cinco pontos serão ganhos com o máximo que uma equipe pode obter sendo de quarenta e cinco pontos. O homem do sino toca a campainha, as equipas vão em busca de adversários para derrotar. Muitos dos membros da equipe se juntam a outros ou vão sozinhos.

 

Laxus vs Jura e Orga:

 

Orga -sorrindo-: Eu sou o vencedor desta luta.

 

Jura: E poderia nos explicar o por que?

 

Orga -com relâmpagos negros o envolvendo-: Eu sou um God Slayer de Relâmpago! Você Jura é um mero humano! E quanto a você Dreyar todos sabem que os deuses são superiores ao dragões!

 

Laxus -sorrindo-: Então você pode me responder uma pergunta? -ele assente- Se isso é verdade por que não existem relatos de deuses desafiando, os dragões?

 

Orga: Eu não sei. -Laxus surge na frente dele-

 

Laxus -sorriso maligno-: É porque os deuses tem medo de nós os dragões. -ruge- Rairyuu Hotengeki (Tridente Celestial do Dragão de Relâmpago)! -um tridente feito de relâmpagos surge em sua mão e ele o usa para atingir Orga o mandando na direção de um prédio destruindo-o e nocauteando o God Slayer- Somos só nós dois Jura.

 

Jura: Eu sei que não vou conseguir derrotar você Laxus. Mas também não irei desistir! -várias pedras voam na direção de Laxus mas para o espanto de Jura este some de sua vista- Para onde ele foi?

 

Laxus: Sinto muito mas meu mestre pediu para encerrarmos isso rápido. -acerta um golpe elitrificado no pescoço de Jura fazendo-o cair no chão nocauteado- E agora vamos caçar mais alguém.

 

Mirajane vs Bachuus:

 

Bachuus: Nós da... -é atingido por um soco no estômago nocauteando-o-

 

Mirajane: Até mais. -sai-

 

Natsu vs Ichiya:

 

O Dragon Slayer jogou algo no chão fazendo um campo transparente cobrir ambos. O Dragneel explicou que aquilo era um campo que forçaria ambos a dizer somente a verdade. Ele então questionou friamente:

 

"É verdade que você estuprou magas? Como fez isso?"

 

Ichiya: Sim, é verdade. Eu fiquei muito triste quando pensei que Erza tinha morrido em Tenrou pois isso significaria, que nunca poderia experimentá-la. Felizmente eu consegui fazer isso ontem.

 

Silêncio mortal cobriu todo o estádio e muitas pessoas, inclusive os membros de sua guilda, olharam com ódio para ele. Natsu tentou conter sua ira o máximo que podia... O que foi um total de cinco segundos antes dele rugir:

 

"Seu maldito bastardo! Como ousa profanar minha Erza?!"

 

Ele começa a surrar Ichiya que fica estarrecido com a velocidade extrema de seu adversário não conseguindo se defender ou pegar os seus perfumes, enquanto que o seu oponente fazia questão de arrancar sangue dele com as suas garras, alterando com socos, enquanto quebrava a maior parte dos ossos dele. Ao mesmo tempo em que rasgava a pele com as garras, sendo que o rosnado de Natsu era ensurdecedor, ao ponto de fazer gelar o sangue de muitas pessoas, pois, naquele instante, parecia uma fera ensandecida que lutava ferozmente contra a vontade de matar o homem a sua frente. Porém o Dragneel sabia que não podia matá-lo ou tudo seria em vão.

 

Ele então forçou Ichiya a encarar seus olhos flamenjantes:

 

"Olhe nos meus olhos... Sua alma está manchada pelo sangue das inocentes... Sofra com elas! Metsuryuu Ouji: Tamashī no kasō!"

 

Enquanto isso ocorria Gajeel e Rogue se encontraram sendo que o primeiro conseguiu comer suas sombras ganhando um modo Tetsueiryuu (Dragão de Ferro e Sombra). Com isso ele derrubou Rogue facilmente e até Frosch chegar e implorar para Gajeel parar. Wendy então encontrou Kagura Mikazuchi e Minerva Orlando lutando e antes que elas notassem sua presença ergueu suas mãos dizendo:

 

"Metsuryuu Ouji: Shoha Tenkusen (Arte Suprema do Dragon Slayer: Furadeira Celestial)!"

 

Ela gira os braços lateralmente e surge um ciclone afunilado na ponta, como uma broca as atingindo lateralmente, com Wendy evitando acertá-las de frente. Mesmo assim foi o suficiente para derrubar as duas. Todos estavam surpresos ao ver Fairy Tail destruindo a competição com tanta facilidade.

 

Sting, sendo o único Mago que resta para derrotar, envia um sinalizador para que os Mago da Fairy Tail saibam sua localização. Os cinco Magos da Fairy Tail se levantam e se dirigem para a localização de Sting. Uma vez lá, Fairy Tail confronta Sting, dizendo-lhe para não subestimar sua guilda.

 

Ele começa a liberar seu poder, mas recua quando vê a equipe Fairy Tail orgulhosa, sem vacilar nem um pouco. Desistindo, Fairy Tail alcança a vitória. Enquanto Minerva chora, a multidão de pessoas e Magos se alegra quando Fairy Tail recupera o título de guilda número um em Fiore. Wendy confronta Sting, questionando seus motivos para se render, ao qual ele responde dizendo que se ele tivesse atacado, sentiu como se não tivesse o direito de vê-lo novamente; Wendy afirma o contrário.

 

Todos se surpreenderam ao ver Minerva chegar mancando carregando o exceed e o oferecendo a Sting. O loiro rapidamente correu até eles e o tomou emocionado. Mas então questionou confuso:

 

"Mas eu não ganhei."

 

Minerva: Não havia como. -suspira dando um sorriso amargo- Eu agora entendo a diferença entre nós e vocês. São esses laços.

 

Gajeel: Não entendi.

 

Minerva: Eu nem sempre fui assim sabe? Podemos colocar a culpa disso principalmente no meu pai.

 

Natsu: Espera... -na cabeça de todos uma balão de desenho animado surge com "Jienma + ? = Minerva"- Aquela coisa é seu pai?!

 

Laxus: Então ela claramente puxou a mãe...

 

Minerva suspirou enquanto contava a eles como ela teve que suportar um treinamento infernal para seu pai que a abusava verbal e fisicamente sempre que mostrava algum sinal de fraqueza. Depois de um duelo com Fingers, que ela venceu, Jiemma ordenou a Minerva que o terminasse. Minerva, no entanto, se recusou a fazê-lo, pois ele era seu companheiro de guilda.

 

Isso irritou seu pai, que desprezava sua mente fraca e posteriormente acabou matando o próprio Mago. Algum tempo depois, Minerva foi deixada sozinha em uma floresta para se defender de criaturas ferozes, com o pai proibindo-a de voltar para casa até ficar mais forte.

 

Após isso o Rei Tohma deu um grande banquete enquanto premiava a guilda. E dias depois todos estavam retornando para Magnólia acompanhados por Flare. Quando chegaram Natsu começou a procurar no saco o troféu, tirando momentaneamente algo que parecia roupa intíma feminina de alguém e enfiá-la de volta corado assim como Flare, e tirar o troféu exibindo-o orgulhosamente para a guilda.

 

Ash chamou a atenção da guilda, anunciando que o prefeito pretende dar um presente comemorativo a Fairy Tail. Corando, Makarov começa a dizer que não há necessidade disso, mas o prefeito o interrompe e pede que Fairy Tail lance o olhar para a frente; o prefeito revela que ele, assim como as pessoas da cidade, trabalhou para restaurar a construção de sua guilda à sua antiga glória, deixando Fairy Tail experimentando extremo choque e felicidade. Soluçando, Makarov pergunta ao prefeito como ele pode retribuí-lo, algo que ele afirma que não há necessidade de fazer.

 

Completamente impressionado com a hospitalidade, Makarov declara em voz alta que ama a cidade e todo o seu povo. Alguns dias depois ele, Mavis, Wendy e Mirajane estavam retornando de uma missão quando viu Ryuusou na estrada vendendo ramén numa barraquinha. Ash então questionou surpreso:

 

"Ryuusou-sama? O que faz aqui?"

 

Ryuusou: No momento vendendo ramén. -as garotas se aproximam curiosas- Vejo que está vivendo o sonho da maioria dos homens. -ri ao ver o Ketchum corando-

 

Mirajane -curiosa-: Quem é você? O mestre do Ash-kun?

 

Ryuusou: Hai, Mirajane-san.

 

Mavis: Por que está vendendo ramén?

 

Ryuusou: É sempre bom juntar um dinheiro. -oferece para eles que se sentam nos bancos e começam a comer- Falando sério está na hora de você ir na missão para trazer Aqua de volta.

 

Wendy: Aqua-san? A nossa colega que está perdida?

 

Mavis: Ash-kun não contou muito sobre onde ela se perdeu.

 

Ryuusou -conta a história-: Entendem agora?

 

Mirajane: Impressionante... -termina sua tigela- Então você quer que ele vá para sei lá onde?

 

Ryuusou: Ele terá ajuda. E se quiserem podem ir com ele também.

 

Ash: Vocês tem certeza de que querem ir garotas?

 

Mirajane: Obviamente. Ainda não conheço a Aqua-chan mas obviamente não posso deixá-la na mão.

 

Wendy: Hai.

 

Mavis: Onde você vai eu vou.

 

Ash -facepalm divertido-: Foi o que eu pensei.

 

Ryuusou -estala os dedos-: Passem por aqui e irão chegar ao seu destino e conhecer seus companheiros. -eles acenam antes de passarem pelo portal- E boa sorte! -sussurra- Vocês vão precisar...

 

Depois que eles cruzaram um portal uma voz questionou:

 

"Quac! Quem são vocês?"

 

Os magos de Fairy Tail piscaram com a visão que tinham na frente. Diante deles estavam um cachorro e um pato. O cachorro... Estava usando uma gola alta verde, calça amarela e um chapéu.

 

O pato usava colete azul e chapéu, sem calças, mas parecia que ele não precisava de nenhuma. O cachorro então os apresentou alegremente:

 

"Eu sou Pateta. E esse é o meu amigo Pato Donald."

 

O mesmo apenas acenou batendo o pé no chão impaciente. Os magos e exceed então se apresentaram. Wendy perguntou curiosa:

 

"Onde estamos?"

 

Donald: Nós não sabemos. Acabamos de acordar e o encontramos em uma dessas coisas de vagem.

 

Pateta: Sim, mas temos que encontrar nossa amigo Sora! Por que vocês não vem conosco?

 

Eles consideraram isso. Eles não tinham ideia de onde estavam, e essas pessoas estavam oferecendo a eles sua companhia.

 

Mirajane -sorri-: Por que não? -os outros acenam sorrindo-

 

Pateta: Ótimo! Tenho certeza que seremos amigos em pouco tempo!

 

Donald revirou os olhos, aborrecido, mas o pequeno sorriso em seu rosto o denunciou.

 

Donald: De qualquer forma, onde você acha que nossa amiga Sora poderia estar?

 

Ash olhou em volta. Todos os outros pods estavam vazios. Ele viu uma porta no final do corredor.

 

Ash: Talvez ele esteja lá. -apontando para a porta-

 

Pateta: Bem, vamos dar uma olhada! -correndo em direção à porta-

 

Os outros seguiram e a porta se abriu para revelar uma sala branca, uma única grande cápsula no centro. Wendy subiu a cápsula e notou um pequeno painel vermelho.

 

Chelia: Diz que este pod contém Sora!

 

Donald e Pateta assentiram.

 

Donald: Sora!

 

Pateta: Sora! É hora de acordar!

 

A sala de repente começou a roncar. A cápsula ficou branca e começou a abrir. Logo, um garoto de cabelos castanhos espetados, um macacão vermelho e sapatos ridiculamente grandes de banana.

 

Sora bocejou e se espreguiçou e depois piscou sonolenta, fazendo-os rir, o que chamou a atenção do garoto. Ao ver os dois, Sora pulou da cápsula e os abraçou, aterrissando desleixadamente.

 

Sora -animado-: Donald! Pateta!

 

Eles deram as mãos e pularam em círculos, rindo. Um grilo verde vestindo um terno minúsculo pulou no ombro de Sora e bocejou:

 

"Uau, isso foi uma soneca."

 

O grilo pulou no chão. Sora olhou para o grilo, incrédulo.

 

Sora: Você quer dizer... Que nós estávamos dormindo?

 

O grilo apertou a cabeça dele tonto:

 

"Acho que deveríamos estar, ou não acho que estaríamos tão sonolentos..."

 

Ele pareceu finalmente notar o grupo da Fairy Tail.

 

Grilo: Oh... E quem vocês poderiam ser?

 

Pateta: Esses são Ash, Wendy, Mirajane e Mavis. Nós os encontramos passando por um portal! Eles são nossos novos amigos!

 

Grilo: Bem, prazer em conhecê-los. Eu sou Grilo Falante. -se curva-

 

Sora: E eu acho que você já sabe, mas eu sou Sora! -cutucando-se no peito-

 

Grupo da FT: É bom conhecer todos vocês.

 

Pateta: Então, uh, o que fizemos por último?

 

Ash ficou calado. Donald colocou o queixo na mão enquanto Sora cruzava os braços. Sora murmurou:

 

"Vamos ver... Nós derrotamos Ansem... Restauramos a paz no mundo... Encontramos Kairi... Ah, sim, e depois fomos procurar Riku. Acho que está certo até agora?"

 

Donald: E então o que?

 

Pateta: O que seu diário diz, Grilo?

 

Grilo: Puxa, só há uma frase... -incrédulo-" Obrigado Naminé." Hum... Eu me pergunto quem é esse?

 

Mirajane: Parece um nome feminino.

 

Todos se entreolharam e deram de ombros, sem saber quem era esse/essa 'Naminé'. Donald olhou para o Grilo:

 

"Um diário que seja."

 

Grilo corou e esfregou a parte de trás da cabeça:

 

"Eh... O que você diz que descobrimos onde estamos!"

 

Sora: Vamos!

 

Wendy: Sim.

 

Ash: Desde que Sora consiga evitar tropeçar nos sapatos!

 

Sora -indignado-: Ei! -os outros riem de seu rosto indignado- Por que todo mundo sempre tira sarro dos meus sapatos?

 

O grupo conseguiu chegar à cidade depois de se perder várias vezes na mansão. Depois de alguma exploração da cidade, eles chegaram a um beco. Quando se aproximaram da entrada de alguma área escondida, o sino da torre do relógio tocou, fazendo Sora parar e olhou em volta.

 

Donald: O que houve Sora?

 

Sora: Sabe, acho que já estive nesta cidade.

 

Ash -coça a cabeça-: Você está certo... Este lugar parece familiar.

 

Charle: Como é chamado? -Ash dá de ombros-

 

Sora: Acho que... Eu devo ter imaginado.

 

Quando eles entraram, viram um garoto loiro e duas morenas. Um menino e uma menina. O primeiro então disse:

 

"O que você quer?"

 

Ash -pensa-: Que hostilidade...

 

Sora -ergue as mãos-: Nada! Só imaginando o que tinha por aqui.

 

Mirajane -sorriso demoniaco-: Qual é o seu problema?

 

Garoto -assustado-: Nenhum. Vocês são novos por aqui? Eu sou Pence.

 

Garoto: Eu sou Hayner.

 

Garota -sorri-: E eu Olette. Ei, vocês já terminaram o dever de casa do verão? Estudos independentes são os piores, né?

 

Mavis: Dever de casa?

 

Pence: Ei... Quais são seus nomes?

 

Pateta: Desculpe. Somos Pateta, Sora, Donald, Wendy, Ash, Mirajane e Mavis. -apontando para cada pessoa enquanto diz os nomes-

 

Olette: Nós apenas conheceu alguém que estava procurando por vocês.

 

Wendy: Por nós?

 

Olette: Ele usava um casaco preto, então eu não podia ver seu rosto, mas ele tinha essas orelhas grandes e redondas!

 

Sora: O rei!

 

Ash: Rei?

 

Pateta: Acho que ele também conhece vocês.

 

Sora: Onde ele está?

 

Pence: Na estação de trem.

 

Donald -alegre-: Oh garoto! O rei está tentando nos encontrar!

 

Ash: Por que ele estaria me procurando?

 

Pateta: Seja o que for, deve ser importante!

 

Sora: Sim! Vamos para a estação!

 

Quando o grupo se aproximou da estação viram uma placa que Ash leu em voz alta:

 

"Estação de Trem de Twilight Town. Isso parece... Familiar."

 

Sora: Sim...

 

Antes que eles tivessem mais tempo para pensar sobre isso, Ash ouviu um som muito familiar. Ele olhou para trás e viu as criaturas branco-prateadas que o atacaram durante o Despertar.

 

Mirajane -ativa a Satan Soul-: O que são essas coisas?

 

Sora, Donald e Pateta correram a frente deles. Donald puxou um cajado, Pateta um escudo e Sora invocou uma espada parecida com uma chave do nada. Ash sussurrou:

 

"Uma Keyblade."

 

Sora fez o primeiro movimento quando ele disparou contra as criaturas com seu Keybalde e as golpeou. Pateta começou a atacá-los com seu escudo, enquanto Donald os apoiou com algum tipo de ataque elétrico. Um deles passou e correu para Ash.

 

Sora: Ash cuidado!

 

Ash: Não se preocupe. -convoca suas Keyblades e fatia a criatura enquanto Mirajane, Wendy e Mavis começam seus ataques-

 

Donald: Uma Keyblade?!

 

Sora: Não!

 

Pateta: Duas!

 

Mavis: Quem é o próximo? -usa magia de fogo-

 

As criaturas os atacaram novamente porém logo eles limparam o campo... Por cinco minutos antes de mais surgirem e os atacarem.

 

Wendy: De onde eles estão vindo?!

 

Mavis: Eles querem nos cansar...

 

De repente, uma pequena figura pousou acima deles e destruiu a criatura. Ele continuou destruindo os outros até não sobrar mais nada. O quarteto viu que a arma da figura era...

 

Uma Keyblade.

 

Donald: Sua Majestade?

 

Rei: Shh! Vocês precisam embarcar no trem e deixar a cidade! O trem sabe o caminho. -pega uma bolsa e entregou a Sora- Você também, Ash.- ele notou suas armas e sorriu amplamente- Eu sabia que você era especial.

 

Ash -confuso-: Sinto muito, mas como você me conhece?

 

Rei: Não há tempo para isso.

 

Ash olhou de volta para os outros, depois de volta para o rei ... apenas para descobrir que ele se fora. Ash suspirou.

 

Sora: O rei... Era ele mesmo?

 

Pateta: Poderia ter sido... Sim. Eu sei que foi!

 

Donald: Agora sabemos que ele está bem!

 

Sora -cruza os braços-: O rei estava trancado no Multiverso das Trevas, certo?

 

As garotas olharam para ele bruscamente lembrando da promessa de Ash a Aqua. Donald e Pateta assentiram.

 

Sora: Mas ... nós o vimos agora.

 

Pateta e Donald: Sim!

 

Sora: E se o rei está aqui, isso significa que Riku está aqui!

 

Donald: Ele tem que estar!- os magos de Fairy Tail apenas suspiraram em confusão- Desculpe, pessoal. Vamos explicar mais tarde.

 

Sora: Bem, eu vou procurar por Riku. Então ele e eu podemos voltar para as ilhas juntos. Kairi está lá nos esperando! O que vocês vão fazer?

 

Donald e Pateta fazem uma careta:

 

"Gawrsh Sora, você precisa perguntar?"

 

Donald: Ei! O que é tão engraçado?

 

Sora: Seu rosto!

 

Sora riu. Os dois se entreolharam e começaram a rir. O grupo de FT riram junto com eles.

 

Sora: O que você diz, pessoal? Vamos ficar juntos por mais uma jornada! -eles assentiram e se viraram para o grupo de FT- E vocês?

 

Ash: Bem, a gente não sabe exatamente o que está acontecendo, mas não temos mais nada pra fazer.

 

Sora: Ótimo! Bem-vindos ao time!

 

Pateta: Agora temos dois Keybladers!

 

Sora: Diga, Ash? Como você pode empunhar duas Keyblades?

 

Mirajane: Você quer dizer...

 

Mavis: Que isso não é normal?

 

Wendy: Sério?

 

Elas receberam acenos negativos do trio.

 

Ash -timidamente-: Bem... O rei disse que eu era especial... Então talvez eu seja?

 

Eles suspiraram, mas acenaram com a cabeça em aceitação de sua resposta.

 

Sora: Então... -com as mãos atrás da cabeça- Para onde devemos ir?"

 

Mirajane -revira os olhos de brincadeira-: O trem, lembra?

 

Sora: Oh sim! -timidamente todos eles suspiraram para ele- Oh, vamos lá!

 

Quando eles entraram na estação, Hayner, Pence e Olette correram atrás deles. Hayner gritou:

 

"Esperem!"

 

Wendy: O que é isso?

 

Pence: Viemos vê-los sair. Pareceu... Algo que deveríamos fazer.

 

Ash: Realmente? Obrigado!

 

Ele sorriu para eles. Eles sorriram de volta. Sora foi até o balcão e tirou a bolsa que o rei lhes dera.

 

Olette ofegou ao vê-lo.

 

Donald: O que é isso?

 

Olette puxou uma bolsa que parecia exatamente a mesma. Todo mundo olhou surpreso.

 

Pateta: Eles são iguais!

 

Olette assentiu. Sora olhou para eles antes de encolher os ombros.

 

Sora: Quatro ingressos, por favor.

 

O homem atrás do estande entregou-lhe os ingressos antes de receber a quantia necessária. Sora olhou na direção do trem, um olhar triste no rosto:

 

"Não posso deixar de sentir que não veremos esta cidade novamente..."

 

Hayner, Pence e Olette olharam para ele confusos.

 

Donald: Por que não?

 

Mavis: Você está pensando demais.

 

Ash coçou a parte de trás da cabeça. Por alguma razão, ele sentiu o mesmo que Sora.

 

Sora: Acho que você está certo.

 

Ash, no entanto, não estava convencido.

 

Donald: OK! Vamos!

 

Ele e Pateta saltaram para o trem. Sora e Ash voltaram para a gangue de Hayner. Wendy e Mavis logo os seguiram antes de Mirajane questionar:

 

"Vocês não vem?"

 

Ash: Vamos. Pode ir na frente Mira-chan. -ela acena e entra-

 

Sora -sorri para as crianças-: Tchau.

 

Hayner: Hey Sora, Ash? Você tem certeza que não nos conhecemos antes?

 

Ash: Sim.

 

Ele ainda não havia deixado seu próprio mundo antes de ir a Earth Land afinal. Sora pensou sobre isso.

 

Sora: Positivo. Por que você pergunta?

 

Hayner deu de ombros com um sorriso. Antes de dizer:

 

"Não sei."

 

Sora sorriu quando uma lágrima caiu em sua bochecha. Ash olhou para ele preocupado. Sora enxugou a lágrima e questionou:

 

"Hã?"

 

Ash: Você está bem?

 

Sora: S- sim, não sei de onde veio.

 

Hayner -ri-: Junte tudo.

 

Sora sorriu envergonhado:

 

"Certo ... até mais!"

 

E então quando ele embarcou no trem.

 

Ash disse acenou para eles. Eles o encararam. Ele olhou confuso:

 

"O que?"

 

Hayner riu:

 

"Você também não!"

 

Ash parecia confuso. Ele sentiu o rosto e encontrou umidade.

 

Ash -cora-: Acho que... Acabamos de nos conhecer e já estamos nos despedindo.

 

Olette: Vocês vão voltar para uma visita, não vão?

 

Ash: Vocês podem apostar que sim! Não precisa se preocupar!

 

Ele roubou o slogan de sua querida amiga Dawn. Eles sorriram para ele e acenaram adeus quando ele embarcou no trem. E então assistiram quando as portas do trem se fecharam e o trem começou a sair da estação.


Notas Finais


A punição do Ichiya foi satisfatória? Se não foi futuramente ele pode retornar como um vilão. Eu decidi que Wendy, Mavis e Mirajane irão acompanhar Ash, Sora, Pateta e Donald também.

E eu não vou fazer alguns dos mundos da Disney então fiquem avisados disso. Os mundos de séries que pretendo fazer são High School DxD, Danmachi (é só eu que fico irritado que nesse anime que Hestia a deusa que menos fez besteira, ou não fez nenhuma pra ser franco, na mitologia grega é retratada como uma idiota?), Naruto, My Hero Academia, Date A Live, Digimon e Miraculous. Sobre o harém do Ash eu só vou adicionar mais três garotas.

Nada me tira da mente que uma delas será de DxD.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...