História O Guardião- Jeon Jungkook - Capítulo 2


Escrita por: e Meillee

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Imagine, Jungkook
Visualizações 72
Palavras 883
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💕 e obg a @Meillee por escrever esse capítulo MARAVILHOSO 💙

Capítulo 2 - Jungkook


Fanfic / Fanfiction O Guardião- Jeon Jungkook - Capítulo 2 - Jungkook

Atualmente papai quase não me deixa sair de casa, nem mesmo ir ao cinema com meus amigos ele deixa como antes. Segundo ele existem coisas que podem me assombrar em questão de segundos ou até mesmo milésimos, na verdade o tempo não brinca com nada, olha só para mim agora crescida e próxima dos meus dezoito anos.

Papai me prometeu uma festa, a festa que eu tanto sonhei, mas como iremos fazer essa festa se nem a minha mãe eu conheço ? Eu quero algo que a minha mãe esteja presente e não ausente. O sinal tocou e cá estou eu saído das últimas aulas do dia, não vir nenhum dos meus amigos e isso me entristeceu.

Eu não contei uma coisa ao meu pai por medo de o preocupar, mas ultimamente ando sentindo com  se alguém me observasse, me seguindo na verdade. Teve uma vez que vir um homem de preto era como se seus olhos fossem sangue vivo perto de mim, não eu não sentir medo, mas sentir algo ao olhar para ele. Estanho, muito estranho. Cruzei os portões da escola e aqueles que eu não havia visto o dia todo estavam ali a minha espera, a vontade de os socar era tanta, contudo eu tive que me conter para não cometer um assassinado ou melhor chacina com o trio.

- ____.

- Oh nem vem. Me dizem por que não vinheram para escola. – Meus braços estavam cruzados e com certeza uma carranca enorme na mesma, porém fui empurrada pelo de sorriso quadrado, mas quando voltei nem medir esforços em lhe dar um murro. – Eu estou falando sério Taehyung.

- Tivemos que resolver umas coisas e por isso não viemos. 

- Isso é verdade Jimin?

- Claro que sim baixinha. – Sorriu e fiquei seria.

- Falou o mais alto daqui. Vocês não tinham esse direito, não hoje.

- Ei o que houve? – Hoseok me abraçou de lado, os únicos que eu poderia contar seria com eles.

- Tem alguém me observando o tempo todo sabe, eu sinto isso.

- Claro que tem gente lhe observando. Por acaso você é transparente como água?

- Taehyung é sério. Uma vez eu vir um homem todo vestido de preto, minha pele se arrepiou quando meu olhar encontrou o dele, naquele dia eu sentir medo e não no dia que vir o de olhos vermelhos como sangue.

- Eu acho melhor você contar ao seu pai...

- Pirou Jimin? Você ouviu o que eu disse? Papai nem ao menos me deixa sair como antes nas noites e se souber disso vai ter mais merda ainda.

- Você disse que ele tinha olhos vermelhos e não sentiu medo? – Assenti. – Olha eu acho melhor esquecer isso ___ e que tal se fomos tomar sorvete?

Apenas concordei e seguir os três até a nossa sorveteria favorita, certo que cada um tem suas misturas loucas, o milkshake já estava no fim e enquanto eles conversavam eu apenas focava na rua a frente, levantei com a mochila em mãos e ambos não entenderam e eu apenas neguei querendo a minha casa, até que por parte eles entenderam, porém não sacaram que era uma mentira.

Sorri saindo dali e seguir até onde meu subconsciente me chamava, eu teria que ir até aquela floresta e ficar por lá por algum tempo, eu gosto de ficar ali, mesmo que meu pai não saiba eu gosto dali. Joguei o copo em uma lixeira e apertando as alças seguir meu rumo, destino como quiserem chamar.

Parada em frente a mesma, - não tão longe da minha casa -, olhei para os lados e assim adentrei a mesma. Ali há um balanço, balanço o qual eu gosto de ficar, não demorou muito para que eu chegasse até o mesmo e assim deixei minha mochila ao lado da árvore, meus pés tomaram impulso no chão para o ar e assim sentir o vento me tocar e assim sorrir abertamente.

- Se for mais rápido que isso irás cair.

A voz rouca me fez parar rapidamente, abrir meus olhos e tomei um susto ao ver a figura ali. Ele sorria, mas não um sorriso sincero ou amigável e eu apenas sair do balanço ficando de pé observando o mesmo.

- Quem é você?

- Quem sou eu?

- Sim, quem você é, e como encontrou esse lugar? Ele é só meu. – Direi firme e o vir sorrir. – QUEM É VOCÊ?

- Eu sou Jungkook e você grita demais.

- Você não respondeu todas as minhas perguntas.

- Não sei. – Ele fitou o lugar em volta e eu peguei a minha mochila pronta para sair dali, o mais rápido que podia. – Não precisa sair assim, eu só estava vagando, eu gosto desse ar que aqui trás


- Não sei quem é você além do seu nome. Mas não volte mais aqui.

- Por que não?

- Por que esse lugar é meu.

Ditei firme e dando as costas sair dali, eu sabia que ele estava me fitando, mas nem ao menos me importei. Ao longe eu vir a minha casa e quando foquei minha visão vir meu pai na porta e com uma expressão preocupada, ele não disse mais nada quando me viu e a única coisa que fez foi abraça-me fortemente. Meu pai tem mistérios e estes mistérios eu irei descobrir.


Notas Finais


Até o próximo capítulo 💕

Comentem o q acharam, isso ajuda muito 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...