História O harem de Midoriya Izuku - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Midoriya Izuku (Deku)
Tags Boku No Hero Academia, My Hero Academia
Visualizações 145
Palavras 1.177
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Kkk eae mans/womans, desculpa pelo atraso do capítulo, tenho outra vida secreta. Mas emfim, eu, o cara sem criatividade para escrever nas "notas do autor" e "notas finais" e quando consegue pensar em algo, ele esquece pois tem Alzheimer e Demência, perai... Acabei de escrever algo O-O


Tá, pode ficar com o capítulo.

Capítulo 6 - Silhuetas com sorriso Parte 2


Fanfic / Fanfiction O harem de Midoriya Izuku - Capítulo 6 - Silhuetas com sorriso Parte 2


Midoriya acorda assustado e se vê em sua cama.
Izuku: AAHHH!! Huh? Foi tudo um pesadelo? Mas... Porque dói?
Midoriya levanta ( já com dificuldades pra andar ) e vai até a cozinha para fazer seu café da manhã.
No caminho, Midoriya se lembra de cada coisa daquele "Pesadelo".
De tarde...
Midoriya recebe uma ligação de Mei.
Mei: Oii Deku!!! Vem na minha casa fazendo favor!!!!
Izuku: por quê?
Mei: para testar meus bebês!!
Izuku: mas eu já testei todos aquele dia!
Mei: agora não, porquê eu criei mais uns... Exatamente 87 bebês e melhorei mais 43!
Izuku: tá, mas... Sem fazer aquelas "coisas"
Mei: tá... Não precisava tirar a graça.
Izuku: aliás, eu posso... D-dormir na sua casa?
Mei: claro Deku! Mas por quê?
Izuku: é... Depois eu te conto! Vou te esperar aqui.
Mei: você já sabe onde eu moro, tá pra você ir de ônibus pra cá...
Izuku: é que eu to sem dinheiro, e eu não lembro muito bem.
Mei: tá! To indo aí. Pega sua roupa pra tomar banho e me espera aí fora!!
Izuku: tá. Tchau.
Mei desliga na cara de Midoriya.
Izuku: ela não poderia nem dar um tchau.
Então Midoriya vai esperar lá fora.
Uns 15 minutos depois...
Mei vê Midoriya esperando em sua porta e vai em sua direção; após Mei chegar perto de Midoriya, ela coloca sua mão no ombro dele, em seguida Midoriya vira lentamente com uma cara de medo, como se alguém estivesse caçando ele.
Mei: Deku, você tá bem?
Izuku: ah, to bem! To bem...
Mei: alguma coisa aconteceu?
Izuku: não, não. Não aconteceu nada...
Mei: tá bom...
Izuku: vamos logo pra sua casa, se não vai ficar de noite, e você sabe como é... É perigoso.
Mei: tá.
Antes de irem, Uraraka passa em frente deles.
Uraraka: oi Deku-Kun!! Oi Mei.
Izuku: oi Uraraka!!
Mei: oi Uraraka.
Uraraka: Deku-Kun o quê você vai fazer com ela?
Izuku: eu vo - * interrompido *
Mei: ele vai testar os meus bebês incríveis!! Agora vamos Deku!
Uraraka: eu posso ir, né?
Mei: não, agora tchau!
Izuku: espera, deixa ela ir, vai dar pra a gente fazer vários jogos e vai ajudar eu a testar seus bebês.
Mei: tá, só vou deixar porquê você pediu! Mas agora vamos indo!
Izuku: vamos pelas partes escuras, vai ser melhor...
Mei: tá...
Na casa da Mei...
Mei: chegamos. Agora vamos lá pra minha garagem.
Izuku: isso vai ser um trabalho longo...
Uraraka: por quê Deku-Kun? Eu vou estar te ajudando.
Mei: é que são exatamente 87 bebês e melhorei mais 43.
Uraraka: agora entendi... Deu até preguiça.
Izuku: mas você ainda vai me ajudar, né??
Uraraka: claro né!!
Na garagem...
Mei: Então Deku, você pode começar por esse...
Izuku: tá, vou testar ele.
Midoriya vai testar e Mei vai na direção de Uraraka.
Mei: Uraraka, você percebeu que o Deku tá meio estranho?
Uraraka: percebi... Mas tomara quê não seja algo ruim.
Mei: tomara... Hoje mesmo, eu coloquei minha mão no ombro dele e ficou assustado, parecia que ele estava com medo de alguém.
Uraraka: será quê essa tal pessoa fez alguma coisa pra ele? Ele tá até com dificuldade pra andar, você viu ele andando.
Mei: eu vi. Você conhece alguém que bate ou faz coisas com ele?
Uraraka: o Bagukou, mas tenho certeza que ele não faria algo desse nível.
Izuku: Mei!!!
Mei: vou indo, depois a gente continua.
Uraraka: tá.
Depois de Midoriya e Uraraka testarem as criações de Mei, Midoriya vai tomar banho.
Uraraka: porquê ele foi tomar banho?
Mei: ele vai dormir aqui hoje! E felizmente você não pode fazer nada!
Uraraka: não posso dormir aqui mais posso tomar banho com ele!
Neste momento, Uraraka vai correndo em direção ao banheiro.
Mei: perai, volta aqui!!
Uraraka: me pegue se for capaz!
No banheiro...
Izuku: que barulho é esse?
Então Uraraka bate a porta e entra no banheiro.
Izuku: AAARRRGG. O quê você tá fazendo aqui??
Uraraka: Oii Deku-Kun!! Eu vim tomar banho com você!
Mei entra no banheiro também.
Izuku: a Hatsume também??!!
Mei: vamos vol... Oi Deku-Kun!
Izuku: o quê vocês estão fazendo aqui?!!
Uraraka: Eu vim tomar banho com você, Deku-Kun!
Mei: Eu ia impedir, mas mudei de ideia, e quero tomar banho com você!
Izuku: m-melhor não, v-vou tomar banho s-sozinho.
Mei e Uraraka: NÃO É VOCÊ QUÊ DECIDE ISSO!!
Izuku: t-tá...
Um tempo depois...
Mei: Deku-Kun!!!
Uraraka: Deku!
Izuku: é... N-não f-fiquem... Muito p-perto...
Uraraka e Mei se aproximam um pouco mais perto de Midoriya.
Uraraka: você não acha que tá meio silencioso aqui?
Mei: você não que tá na hora de acabar com esse silêncio?
Izuku: e-eu tinha dito pra gente não fazer essas coisas quando você me ligou...
Mei: mas eu menti pra você, Você é enganado muito fácil!
Uraraka: sério Deku-Kun!! Hahaha!
Izuku: n-não me zoa!
Mei: mas continuando...
Izuku: perai... Continuando o quê? Porquê você tão olhando assim pra mim? 
Uraraka: uma pergunta de cada vez, Deku!
Uraraka e Mei afundam na água; Uraraka percebe várias cicatrizes no corpo de Midoriya e volta pra superfície.
Uraraka: Deku, porquê você tem tantas cicatrizes no corpo? Você não tinha só na mão direita?
Izuku: eerrgg... Como eu posso dizer... Eu... Um vidro quebrou em cima de mim! É... Foi isso...
Neste momento Mei sai de baixo da água e diz:
Mei: não minta Deku... Eu sei que você está mentindo.
Izuku: n-não... Não, é a verdade!
Mei: fale a verdade.
Izuku: t-tá... mas para isso, nós precisamos ir na minha casa...
Mei: vamos depois do banho...
Na casa do Midoriya...
Izuku: bom, eu comecei a receber várias cartas desde o acampamento...
Midoriya abre um armário e cai milhares de cartas no chão.
Izuku: essas cartas tinham fotos de todos lugares que eu estava...
Mei: Perai, você tem uma stalker?
Uraraka: Stalker?
Izuku: o quê é isso?
Mei: Stalker é uma palavra inglesa que significa "perseguidor". É aplicada a alguém que importuna de forma insistente e obsessiva uma pessoa.
Uraraka: entendi...
Izuku: ahh, mas continuando. E então ontem, essa "Stalker", ela veio em minha casa e começou a me torturar...
Apartir do momento que Midoriya fala a palavra "torturar" Uraraka e Mei ficam chocadas.
Mei: Deku-Kun, você tá bem??? O que aconteceu??
Uraraka: qual era o nome dela??
Izuku: eu to bem. E o nome dela é Toga...
Uraraka se surpreende ao ouvir isso.
Mei: Uraraka?
Uraraka: nada...
Uraraka fala preoucupada, então Mei não consegue identificar se é verdade ou não.
Ixuku: então... Vamos voltar logo! Hehehe... É que eu to ficando com m-medo... Então...
Mei : é... Você está certo vamos logo e vamos dormir, eu... Você... E só...
Izuku: n-não, Obrigado...
Uraraka: isso Deku!
Izuku: t-tá... Vamos logo... Err...
Midoriya, Uraraka e Mei voltam a casa de Mei e Midoriya e Mei vão dormir e Uraraka vai embora.
Um tempo depois...
Midoriya acorda na mesma sala daquele "pesadelo" e vê uma uma forma familiar emergindo das sombras.
Toga: Oi Deku-Kun!! Por que você resolveu fugir de mim? Você sabe que não pode...
Midoriya grita.






                                     To be continued
 


Notas Finais


Coloquei "Silhuetas com sorriso Parte 2" por quê estava sem idéia pra nome.



Flw...





Eu não disse que estava sem ideia...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...