1. Spirit Fanfics >
  2. O Herdeiro Uchiha - Itachi x Sakura >
  3. Batalha- Itachi e Sakura

História O Herdeiro Uchiha - Itachi x Sakura - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem do capítulo, o escrevi com muito carinho. Comentem e favoritem a fic por favor. Obrigada 😊

Capítulo 30 - Batalha- Itachi e Sakura


Fanfic / Fanfiction O Herdeiro Uchiha - Itachi x Sakura - Capítulo 30 - Batalha- Itachi e Sakura

Itachi-

Cheguei em casa irritado por não ter dito a Sakura o que sentia. Me lembrava do olhar magoado dela. 

- Você é burro Itachi! Só pode- falei comigo mesmo.

Entrei no banheiro e tomei um banho demorado. Lavei os cabelos e decidi deixá-los soltos. 

Iríamos todos juntos até a pequena vila que estava estabelecido o acampamento médico. Alguns quilômetros a frente estaria a batalha acontecendo.

Não podia deixar de me preocupar com Sakura. Mesmo ela não estando na linha de frente estaria suscetível a um ataque naquele local.

Me vesti tentando afastar isso da cabeça. Fui até o meu guarda roupa e peguei o anel que comprei para Sakura. 

Estava decidido mais do que nunca a pedi-la em casamento. Não ia deixar que nada nos separasse. 

No caminho para a guerra eu a diria o quanto a amo. Voltei a guardar a caixinha com o anel. Estava ansioso para a batalha.

Programei meu despertador e me deitei, fechando os olhos e sonhando com uma menininha de cabelos rosa e olhos negros me chamando de papai.

(...)

Levantei antes do despertador e tomei um banho rápido, vestindo o uniforme usual de ninja.

Peguei minha espada da Anbu e a coloquei nas costas. Verifiquei se estava levando todas as minhas ferramentas e desci as escadas.

Sasuke já estava lá embaixo comendo enquanto minha mãe fazia algumas recomendações a ele. 

Me sentei e comi tranquilamente enquanto minha mãe pedia para que nós dois nos protegêssemos no campo de batalha. 

Assenti e a abracei apertado, me despedindo e vendo lágrimas nos olhos dela. Sai porta afora e Shisui estava nos esperando ali. 

Sasuke saiu e fomos caminhando a passos rápidos até a entrada de Konoha. 

Faltavam ainda alguns minutos para irmos e vários outros ninjas chegaram, incluindo Naruto que correu e acenou para o Sasuke. Ao lado dele vinha a herdeira do clã Hyuga. 

Sakura apareceu também usando o uniforme e sorri ao vê-la. Ela me olhou e deu passos inseguros até mim.

- Bom dia- falou para todos que assentiram e a cumprimentaram de volta.

- Sakura, preciso conversar com você- disse baixo quando ela se aproximou o suficiente de mim.

Peguei na mão dela e a apertei carinhosamente. Nesse momento escutei alguém apontando e gritando para nós dois.

- Naaaaaaaao Sakura-chan! Você não pode fazer isso comigo!- era o Rock Lee que se apoiou no Gai enquanto chorava copiosamente.

Sakura fez uma cara de brava e gritou com o garoto.

- Fazer o que Lee? Nós nunca tivemos nada!- disse ela irritada com o punho erguido.

Naruto ficou entre os dois enquanto coçava a cabeça tentando acalmar os ânimos.

Segurei ela que queria bater no garoto e dei um olhar fixo para ele. Lee engoliu em seco e se escondeu atrás do sensei dele.

Quando todos estavam presentes um ninja veio e fez uma chamada e todos respondemos. 

Nesse momento o Hokage apareceu e disse para irmos rápido. Não tínhamos tempo a perder.

(...)

Andamos o dia inteiro e paramos quando escureceu para montarmos acampamento. Tínhamos que chegar no campo de batalha descansados.

Me sentei ao lado do saco de dormir que Sakura havia colocado ali.

Ela me olhou e pegou o meu saco de dormir para que nós deitássemos perto um do outro.

- Sakura, me desculpa por ontem. Eu fiquei surpreso pelas suas palavras, mas eu queria que você soubesse que eu te amo muito. E quero você na minha vida- falei vendo os olhos dela cheios de lágrimas.

Sequei os olhos dela e dei um beijo na mão dela. Sakura sorriu ante esse gesto.

- Também amo você - falou enquanto eu me deitava no meu saco de dormir e segurava a mão dela.

(...)

Sakura-

Chegamos finalmente ao vilarejo. Vi ao longe as grandes barracas montadas em um descampado. As pessoas daquele local haviam saído dali rapidamente. Só tinham os ninjas médicos.

Olhei para Itachi e todos os outros que eu amava. Abracei Naruto e Sasuke apertado, falando para se cuidarem. Fui até o Kakashi-sensei e fiz o mesmo. Vi que ele ficou vermelho mas não me importei.

Abracei por fim Itachi.

- Não esquece da promessa que você me fez- sussurrei pra ele quando ele segurou meu rosto e me beijou rapidamente.

- Não vou esquecer. Não se esqueça da sua promessa também- disse ele e eu assenti.

Itachi e os outros começaram a correr. Me deixando com o coração na mão.

Sequei minhas lágrimas enquanto Ino me apoiava. A unidade dela ficaria no vilarejo também. Só que do outro lado.

Caminhei a passos decididos até a barraca que era destinada a mim e deixei minhas coisas ali. 

Me apresentei e perguntei a especialidade de cada um, os separando e ordenando o que deveriam fazer.

Logo teríamos pacientes para atender, e eu torcia para que não fosse nenhum conhecido.

(...)

O primeiro dia passou tranquilo. Não teve nenhum paciente para atendermos. Mandei que vigiassem a entrada do vilarejo. 

Itachi me disse que os inimigos poderiam ir até lá, tentar destruir o acampamento.

No segundo dia tivemos vários feridos para tratar. Não tive tempo nem para pensar direito. 

Realizei tantas cirurgias, curativos e aplicação de antídotos que fiquei exausta, sentindo meus braços doloridos a noite.

Tive ainda que fazer um antídoto às pressas, pois tinha alguém no campo de batalha que usava um veneno mortal.

Me deitei a noite em uma maca e apaguei. Meu corpo estava exausto. Só pedia que meus amigos estivessem bem.

Acordei no dia seguinte assustada, me sentando de uma vez. Ao longe dava para ouvir algumas explosões e barulho de gritos.

Sai da barraca e olhei em volta. A maioria dos médicos estava com os olhos arregalados e tinham as mãos trêmulas.

- Inimigos estão se aproximando!- escutei um ninja gritar.

Ele correu para perto e estava assustado. 

- Em quanto tempo eles vão chegar aqui?- perguntei.

Nesse momento um loiro voando em um pássaro sobrevoou o acampamento e nos olhou com um sorriso no rosto.

Jogou algo parecido com argila branca em vários pontos da Vila e fez sinais com a mão.

Nesse momento ouve algumas explosões por ali. Umas casas desabaram e o chão tremeu com a força das explosões.

Ele saiu voando e rindo alto. Comecei a ajudar alguns dos ninjas médicos e dos pacientes. Os deslocamos para as barracas que não haviam sido afetadas.

Mandei que montassem em as barracas dentro da floresta. Estaríamos mais protegidos por lá. Tinha um rio por perto também.

- Temos que ficar alertas! Mais deles virão!- falei para os ninjas médicos.

Voltávamos para o vilarejo para remover alguns pacientes quando surgiu do nada um homem e invocou centenas de marionetes que continham armas. 

Vi eles partindo para cima dos outros pacientes e ninjas médicos, alguns conseguiam lutar contra as marionetes mas outros eram atingidos e feridos 

Uma marionete veio para cima de mim e a soquei com toda a força a deixando em pedaços.

Vi que muitos estavam feridos e resolvi fazer algo a respeito.

Tirei minha luva e mordi meu dedão, coloquei a mão no chão e gritei:

- Kuchiyose no Jutsu!- Gritei e Lady Katsuyu apareceu embaixo de mim.

Escutei os médicos ficarem surpresos e dei um sorriso.

- Sakura-chan, que prazer ser invocada por você- disse Lady Katsuyu feliz.

- Katsuyu-sama, não tenho tempo para isso! Se dívida e cole em todos os pacientes e médicos, os curando imediatamente- Falei e ela se dividiu, deixando o corpo principal maior em que eu estava sentada.

Não tirei os olhos do homem de cabelos vermelhos que me olhava fixamente.

- Então você é a ninja médica que fez antídoto para meu veneno? Irei matá-la por ter feito isso. Vim para destruir o acampamento de vocês - disse ele se aproximando lentamente.

- Isso não vai acontecer!- falei apertando a mão em punho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...