História O Herobrine - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Minecraft
Personagens Herobrine
Tags Açao Etc, Família, Terror
Visualizações 8
Palavras 434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Romance e Novela, Terror e Horror

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gostou?COMPARTILHE e de fav!!

Capítulo 8 - A Mina Abandonada part 2


Fanfic / Fanfiction O Herobrine - Capítulo 8 - A Mina Abandonada part 2

Outra vez estamos dentro da cabeça do Herobrine ( Acho que as próximas historias serão assim daqui por diante)

Olhei em volta. Essa mina parecia ser um labirinto, cheio de caminhos e direções aleatórias. Sem contar que parecia ser enorme!

–Hmmm... - murmurei caminhando pelos tuneis já feitos em madeira.

Isso é extraordinário, uma mina abandonada, bem abaixo de nós. Fantástico! Andei bem devagar, provavelmente isso é velho, e está tudo degastado. Acabei num canto que segua três direções, na duvida entrei na esquerda.

–Mas o que? - Falei, tinha um monte de teia. Teia de aranha. Arfei, eu e Steve nunca ficamos em confronto com os Mobs.

Ouvi o chiado da aranha roçando nas minhas costas. Gelei.

–Vá embora! - gritei, me girando, e acertando em cheio minha picareta na barriga da aranha. Ela me encarou, e picou minha perna.

–Ai! - murmurei, então acertei a picareta mais uma vez nela, matando-a. Eu me ajoelhei ao seu lado, perplexo. Eu matei uma aranha. Senti o suor correndo pela minha testa, então me veio a dor. - Caramba!- gritei, analisei minha perna, onde a aranha picou. Ou melhor, aranha venenosa.

–Há... - falei sem força. Me sentei no chão, me encostando na parede, em busca de força. Percebi minha pele ganhar um tom esverdeado.

Eu pisquei atordoado, enquanto o veneno tomava conta de mim e eu via a escuridão

Um bom tempo depois.

Acordei atordoado. Minha cabeça latejava, e eu me sentia tonto, e com vontade de vomitar, e eu realmente coloquei tudo para fora no chão.

Ouvi o chiado da aranha roçando nas minhas costas. Gelei.

–Vá embora! - gritei, me girando, e acertando em cheio minha picareta na barriga da aranha. Ela me encarou, e picou minha perna.

–Ai! - murmurei, então acertei a picareta mais uma vez nela, matando-a. Eu me ajoelhei ao seu lado, perplexo. Eu matei uma aranha. Senti o suor correndo pela minha testa, então me veio a dor. - Caramba!- gritei, analisei minha perna, onde a aranha picou. Ou melhor, aranha venenosa.

–Há... - falei sem força. Me sentei no chão, me encostando na parede, em busca de força. Percebi minha pele ganhar um tom esverdeado.

Eu pisquei atordoado, enquanto o veneno tomava conta de mim e eu via a escuridão

Um bom tempo depois.

Acordei atordoado. Minha cabeça latejava, e eu me sentia tonto, e com vontade de vomitar, e eu realmente coloquei tudo para fora no chão.

Antão aí notei que eu não estava mais na mina abandonada. Eu estava em local muito estranho. Tudo era rodeado de estrelas e o chão era totalmente negro. Percebi que eu estava em cima de uma cama de hospital.


Notas Finais


Me siga para não perder os próximos capitulos Bye bye!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...