História O Híbrido - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Bts, Cute, Híbrido, Hoseok, J-hope, Lemon, Sope, Suga, Taeyoonseok, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 1.021
Palavras 3.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Ten


Fanfic / Fanfiction O Híbrido - Capítulo 10 - Ten

5 Dias Depois 

Depois do beijo no parque que havia ocorrido aquela certa noite, Hoseok e Yoongi se sentiram estranhos consigo. Ambos haviam gostado, e não viam problema em dizer a quem perguntasse, ou até para si mesmos, contudo, eles se sentiram tão impertinente depois do ato. Começaram a corar com muita facilidade a cada coisa que falavam um ao outro. Sempre que se contemplavam era motivo para os corações acelerarem e sentirem um arrepio. Obviamente lembravam da cena em que se beijavam e em cada detalhe dela, era perceptível que os dois queriam fazer da obra novamente, mas nenhum deles tinham coragem. Na verdade, coragem, definia Hoseok em certas coisas, o garoto poderia simplesmente se aproximar do Híbrido e repetir do ato diversas vezes, claro, se Suga quisesse. Entretanto Hobi queria ter certeza de que Yoongi estava efetivamente a gostar de Jung Hoseok. No amor, Hobi era uma das pessoas em que ''se apaixonava com facilidade'', justamente por isso, queria ter certeza de que Yoongi gostasse dele. 
Hoseok tende a admitir, havia negado a si mesmo inúmeras vezes por dias, gostar de Suga. Não que o Híbrido fosse o problema, Hobi só não queria gostar de alguém que não tivesse o mesmo sentimento que si, e ele achava que Min Suga não gostava dele, até porque ele tentou, e conseguiu, dar um beijo no mesmo como uma ''prova'', porém, pensou que beijar sem amar qualquer pessoa podia fazer, afinal, era uma realização muito fácil. Teria que ouvir Min Suga dizer, teria que sentir a honestidade serem proferidas nas palavras de Yoongi.

Estava tudo muito enrolado entre os dois, Hoseok não saberá como fazer para ter a plena convicção de que o garoto deseje a ele. Não se passava nada em sua mente do que poderia fazer, ele apenas era um bobo apaixonado, perdido constantemente no que fazia. Havia  até começado  a pensar em Yoongi com mais frequência, mas não em ato de preocupação, é como se, apreciasse do garoto 24h por dia, e na verdade era isso. 

Já a Taehyung estava a se aproximar aos poucos de Jung, tinha esperanças de ficar com o mesmo, não sabia que Hobi estava a gostar de Suga, até porque Hope não conta nada de intimo para ele, então apenas continuaria tentando.

Em uma coisa que Tae estava errado; era sobre seus sentimentos irresolutos. O garoto apenas admirava Hobi, não era algo em que sentisse amor de verdade. Poderia até mesmo ser saudade de sentir o amor e energia que Hoseok sempre o transmitia, mesmo se negando ter ''perdido'' Hobi completamente. 

- V-vir aqui?! - Hoseok indagou com a própria pergunta a conversar com Tae.

- Qual o problema? - riu alto.

Hoseok afastou o celular de seu rosto para que sua voz ficasse inaudível - M-min Suga, pode parar de se mover tanto por favor?! - o perguntou manso.

O garoto estará em seu colo, mesmo todo ruborizado, havia conseguido subir aos colos de J-hope. Hoseok só conseguia sentir da calcinha junto ao leve tecido da camisa enorme - que obviamente o gatinho fez umas fofices para conseguir pegar da vestimenta de Hoseok, mesmo tendo as suas - em que vestia. 

- Ta - o olhou de um modo inexplicável enquanto consumia do leite, era tenro de todas as formas possíveis.

Voltou a colocar o aparelho celular próximo ao seu rosto, suspirando arduamente.

- Não acha que está muito tarde hoje? - questionou. 

- Pode ser amanhã , tipo, depois do almoço?! Eu sei que tem o Híbrido Hoseok, mas deixa o garoto com Jimin e Jeon, eu queria que se divertisse, e que fosse comigo. Vamos sair como bons amigos. Eu tenho em mente que quando você tem responsabilidades nunca as esquece, mas isso será eficaz para o garoto também, ele até pode se entrosar mais com Jeon e Jimin e não ficar só no seu pé. Eu sei que desde que o pegou parou de sair para lugares divertidos como costumava fazer, Jeon me disse. Agora é do trabalho para casa e de casa para o trabalho. Eu sei que está exausto, precisa relaxar, se divertir.

- E-eu vou ver com ele...

- Hoseok, ele não manda em você -  bufou - Você tem 20 anos Hoseok, é dono do próprio nariz.

- C-certo, mas não podemos simplesmente dizer para Jimin e Jeon virarem babá;

- Eles que deram a ideia Hobi - disse seco.

- Eu vou conversar com Yoongi direito.

- Se ele quer seu bem, ele vai ter que concordar.

- É difícil, eu não poderia abertamente leva-lo junto?!

Taehyung deu um audível e prolongado bufar ao ouvir as palavras proferidas - Você vai estar tomando conta dele de qualquer jeito Hoseok, é só apenas um dia, não um ano. Qual é, você precisa. 

- Vou tentar convence-lo, mas por que só nós dois? - Estranhou.

- Conhece mais alguém para ficar com Yoongi? - Mentiu na cara dura, era obvio que Taehyung poderia aproveitar diversas ''chances'' em que teria em um só dia.

- Ok, ok. Tchau Taehyung...

- Tchau - suspirou aliviado, desligando o celular, tendo Hoseok a bloquear o mesmo e deixar acima do sofá.

- O que vai tentar me convencer? - cruzou os braços.

- Calma - apertou brevemente as bochechas cheias de Suga por ele estar com um leve biquinho formado em seus lábios, que, eram macias assim como toda sua pele em diversas partes do corpo. 

- Me diz Hoseok, o que Taehyung disse? - arqueou a sobrancelha direita, o olhando com permanência.

- Eu sei que você é irredutível, tenho esse conhecimento por estarmos juntos a algum tempo, mas, Tae me chamou para passar um dia com ele e, você teria de ficar com Jimin e Jeon.

- Tsc, claro - irônizou - sabia que ainda gostava dele - zangou-se. 

- Se eu gostasse não teria te beijado - revirou os olhos a sorrir inexperiente por ter Yoongi a ter uma coloração avermelhada em suas bochechas. 

- Eu devo estar lhe prendendo, não é? - perguntou entristecido.

- Não Min Suga, eu que devo estar errado em querer te deixar com meus amigos... eu vou ligar para Tae e cancelar tudo Uh? Não pense mais isso - disse compreensivo.

- Pode ir Hobbie-ah - sorriu fraco - eu só espero que não aconteça nada entre vocês... - disse receoso.

- Eu não quero ir sabendo que você pode estar exasperado - o olhou indulgente. 

- Eu quero que vá - sorriu honesto.

- O que poderia ocorrer entre mim e Tae?! Não crie teorias, não vai passar de nada além de um ''passeio''. 

- Eu confio em você - sorriu perspicaz.

- Eu ainda acho que deveria ficar aqui - coçou sua nuca indeciso.

- Eu estou dizendo para ir, mas também tem que ser ao seu querer. Você quer?! - tombou a cabeça para o lado. 

- Acho que sim - respondeu atordoado. 

- Mas por que eu não posso ficar só?!

- É melhor com supervisão de alguém... - riu de canto.

- Você quem sabe - voltou o olhar para a Tv, aonde assistia seus desenhos preferidos.

- É só um dia... - o abraçou por trás. Um abraço que deu conchego para Yoongi.

Hoseok queria sim levar Yoongi, não por preocupação, ele só queria estar próximo a Min Suga, era como se os dois tivessem uma conexão em abundância. Era uma união perfeita. Yoongi sabia bem como tirar um riso de Hobi, e vice-versa. Ter que deixa-lo com Jimin e Jeon, por mais seguro que seja, era como se Hobi se sentisse incapaz de algo. Era como se fosse colidir a qualquer momento.

- Tudo bem - sorriu honesto.

- Hum... você tem que tomar banho agora - observou da mamadeira, que se encontrava vazia, apoiando seu queixo no ombro de Suga.

- Hobi, eu tenho que te falar uma coisa.... - estava incomodado por ter que dizer. 

- Diz - franziu o cenho, a olha-lo sem compreender.

- Olha, eu... eu não sei tomar banho ok?! - falou abruptamente, cobrindo seu rosto com as mãos todo envergonhado. 

E mais uma vez Hobi riu pela inconsistência de Yoongi, dando o direito a si mesmo para acariciar as cinturas do Híbrido, o reconfortando.

- Por que não me disse antes? - se sentiu na obrigação de perguntar.

- Eu tinha vergonha - declamou abafado por suas mãos estarem cobrindo seu rostinho branco e bem desenhado.

- Não precisa disso comigo - gesticulou a rir mínimo novamente.

Hobi apenas se levantou pegando seu celular a enfia-los ao bolso do shots de seu pijama.

- Por isso não quis tomar banho depois de eu terminar? - sorriu dócil, andando vagaroso para seu quarto.

- Eu tinha cansado de tomar banho de qualquer jeito - cruzou os braços.

- Você não precisará mais tomar de qualquer jeito uh? - adentrou o quarto - me diz o que quer vestir.

- Eu quero ficar com essa mesma roupa -  fez um biquinho.

- Oh não, deve estar suja.

- Mas tem seu cheiro - corou novamente.

- Eu lhe darei esse prestigio e privilégio, te emprestarei outra camisa já que gosta tanto do meu cheiro - se gabou abrindo a porta do guarda-roupa, pegando uma das camisas na qual mais gostava para dar ao Híbrido, esse que se permitiu pegar sua roupa intima (uma calcinha novamente)

- Obrigado - riu fraco, tendo Hoseok a fechar as portas do guarda-roupa, e assim o direcionar até o banheiro, acendendo a luz. 

- É simples, você pega esse sabão - pegou do objeto dando nas mãos do garoto - e assim começa a esfregar por todo seu corpo. Quando todas as partes de seu corpo estiverem completas, você se enxagua e se seca. Entendeu? - interrogou.

Hoseok por um momento estava aliviado que as feridas de Yoongi finalmente tinham sarado, iria ser uma prolongada dor se passasse do sabão acima delas, ou se até mesmo escorresse.

- Até nas minhas partes intimas? - questionou.

- Sim, elas também tende a estar limpas.

- Eu acho que entendi... - coçou a nuca. 

- É simples, você vai conseguir - sorriu esperançoso, e logo saiu do banheiro, tendo a porta a ser fechada e trancada.

Era claro que Hoseok não o daria banho - por mais que quisesse - esperava que Yoongi conseguisse. 
Hobi teria de admitir pensar em lhe dar um banho, porém saberia a resposta. Só queria cuidar do Híbrido de tal forma, mas saberia que na percepção de Yoongi, ele poderia se sentir impertinente. 

''Quem sabe um dia?!'' - pensou a sorrir fraco, arrumando seu colchão e a cama que dormiriam.

Aguardou o garoto por minutos, já havia arrumado tudo, até mesmo deixado a chupeta do mesmo acima da cama, que saberia que Yoongi iria a usar enquanto dormia - o que ocorria toda noite.

Minutos depois, o garoto saiu do banheiro a apagar a luz com um certo semblante de insatisfação, o que quase não foi percebido por Hoseok, pois esse estava anestesiado com o expor das coxas do Híbrido branquinhas e reluzentes. Seus olhos não saiam do local, estava paralisado, até mesmo mordeu seus lábios com muita força - O-o que houve? - balançou a cabeça negativamente pós perceber o que estava fazendo.

- Eu não achei que fiz certo - se encontrava envergonhado novamente, Hoseok o olhando de uma forma tão dominador era tão excitante.

- Você realmente demorou, o que aconteceu? - tentou desviar o olhar para que não se hipnotizasse. 

- Eu fiz o que disse, parece fácil, mas, é difícil para mim - cruzou os braços. 

Hoseok se aproximou do Híbrido, roçando suas narinas no pescoço de Yoongi.

- Está cheiroso - segurou nas cinturas do garoto para obter mais do cheiro, que, sem perceber, estava colando os corpos com força. 

- E-e-eu acho que fiz igual a pomada aquele dia - riu fraco.

- E eu acho que você fez certo - sorriu, a separar-se do garoto com certa cautela - só não exagere no sabão. Não precisa passar muito e nem tão pouco. Vamos dormir - suspirou profundo.

- Ok - arfou.

Ambos apenas deitaram em suas supostas camas, e assim se cobriram a fecharem os olhos. Não precisariam desligar a luz já que a mesma não foi ligada a momento algum, a iluminação do quarto era boa para que conseguissem enxergar.

- Boa noite Min Suga - bocejou.

- Boa noite Hobie-ah - disse em tom manhoso, colocando sua chupeta acima do criado mudo.

Hoseok teria conseguido dormir se não fosse pego de surpresa com um susto enorme que quase fez seu coração acelerado sair pela boca. Yoongi teria rolado na cama em que dormia, indo para o colchão de Hoseok. 

- O que está fazendo? - sussurrou, rindo entre arfadas, ainda estava se recuperando do susto em que tomará a segundos atrás. 

- Hobi, eu gosto de você - sussurrava junto com Hope.

- Por que esta dizendo isso agora? - arrumava sua coberta para cobrir Yoongi.

- Porque depois do nosso primeiro beijo você ficou estranho comigo. Eu sei que eu também, é evidente... mas, você se tornou bem mais pensativo. O que aconteceu depois daquilo?! - sua voz suava delicada e preocupada.

Hoseok arfou como se estivesse exausto - eu só queria que tivesse certeza do que sentia. Você disse gostar de mim, porém, pode ser uma paixão boba só porque eu te beijei e foi sua primeira vez...

- Você não acredita em mim? - fraziu o cenho.

- Eu só quero que tenha certeza ok?! - bufou novamente.

- Eu gosto sim, é inexplicável como eu sinto, mas parece que, borboletas voam por toda minha barriga, sem contar que sempre que lhe vejo eu sinto coisas estranhas acontecendo comigo. Eu nem sei como estou conseguindo dizer isso, eu, eu só comecei a me preocupar com você também, querer seu bem em qualquer situação que fosse, e eu sinto uma vontade enorme de te mimar, tipo, te dar carinho até que se acostume e implore por isso - soltou um riso baixo - sempre que te vejo eu sinto como se um amor transbordasse em mim, só de ver seu sorriso eu fico feliz, eu tenho força mesmo que meu dia esteja sendo chato e desanimado, e, eu sempre gostei de pessoas na época de escola, mas nunca foi tão forte a se comparar com que eu estou sentindo por você. Talvez todas as pessoas nas quais eu havia gostado fosse uma ''paixão passageira'', mas, você eu sinto ser diferente, eu sinto que é algo mil vezes mais forte do que das outras vezes. É incomparável, inexplicável, incompreensível. Eu não consigo simplesmente dizer com apenas palavras, mas, pode-se perceber que tudo isso que eu digo é verídico, porque toda vez que eu me aproximo de você, meu coração bate tão forte, eu começo a entrar em lapsos... e... eu senti a mesma coisa no beijo. Não foi só um beijo simples para mim, e não acho isso porque foi o primeiro, pelo contrário, eu poderia ter beijado muita gente, mas só pelo fato de ser com você um sentimento floresce, se torna diferente sabe? Eu estou te amando a cada dia que passamos juntos, e não é pelas coisas que faz, é pelo seu jeito que me conquistou. Pode soar peculiar, mas se for para morrer, que seja com você, ao seu lado, de mãos dadas, porque... eu estou te amando arduamente - arfou - acho que nunca me abri tanto assim para alguém antes, isso confirma que é especial.

Hoseok ao ouvir tudo aquilo ficou de uma forma feliz, tão inigualável, era como se namorasse por uma primeira vez, como se recebesse uma das melhores noticias em toda sua vida, como se ouvisse um ''estou orgulhosa'' serem proferidas pela primeira vez dos lábios de seus pais.

- Não vai dizer nada? - disse com medo.

Hoseok acariciou o rosto de Yoongi lentamente, colando ambas testas. Era inconcebívelmente indecifrável o que Hoseok estava a sentir aquele exato momento. Sua mente só pensava em quão feliz ele estava por ouvir aquelas palavras tão natural e franco do Híbrido.

- Ah, como eu te amo Min Suga - selou seus lábios aos do Híbrido sem medo, de forma morosa. 

Hobi ainda acariciava o rosto do garoto, e agora poderia ter a plena certeza de que o que ele sentia por Yoongi era totalmente reciproco. 

Ambos lábios começaram a se movimentar em sincronia devagar, era um beijo que poderia se sentir o amor, a ternura que ambos tinham um pelo outro, a benevolência, o apego, o afeto, o carinho, o bem-querer, a afabilidade e afinidade. Com certeza aquele beijo bem reproduzido, entretanto singelo estava bem formado. Eram tanto sentimentos se expondo aos ares, tantas caricias sendo dadas, tanto amor sendo encontrado, com as respirações a se atarem, assim como a alma. Ambos estavam se entregando de alma um para o outro, estavam em uma sintonia calmamente paciente, sem pressas, deixando o gosto da maciez e do beijo ser prolongada, tendo as respirações duradouras para que o beijo se estenda. Um beijo sincero, correspondente, um beijo único.

Hoseok passava suas mãos para a cinturas do menor, estava as acariciando, sentindo a blandícia de Suga em seus fios de cabelos.

Hobi estava a descer suas mãos a coxa do menor, mas em meio do caminho decidiu não, para ele estava indo rápido demais, e Yoongi poderia reprova-lo, mas logo foi pasmado pelo Híbrido a descer as mãos de Hope ainda sim para suas coxas, fazendo o mesmo aperta-las. Estava tão protuberante.

Hobi apertou por si, tendo as mãos de Yoongi voltar para a localidade em que se encontrava, e logo não demorou para assumir sua língua dentro da boca de Suga, as movendo lentamente, o que não demorou para ser correspondido, tendo ambas línguas a moverem sensualmente vistoso uma com a outra.

Estava se tornando um clima tão quente, que, por automático Hobi deu um primeiro tapa na coxa do menor, que por ser branca provavelmente ficaria bem vermelha, as apertando uma ultima vez já que ambos precisavam de ar. Yoongi teria deixado um fraco gemido escapar, o que atiçou mais a saliência que Hoseok tinha.

Assim que separaram os lábios, apenas o selaram lentamente repetidamente, estavam tão atraídos um pelo outro.  Sorriram por estarem sem jeito e recatado, porém aprezíveis pelo beijo doce e ao mesmo tempo atraente em que deram, sem ter qualquer tipo de coramento, apenas se abraçaram ainda com um sorriso esbanjado em suas faces, não acreditando no que havia ocorrido - que para ambos parecia um sonho - e assim dormindo radiante em concomitância, pós caricias e muitos selares espalhados.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Me desculpem, foi um tanto curto e chato..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...