História O Hóspede Invisível - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Thor
Personagens Frigga, Heimdall, Loki, Odin, Personagens Originais, Thor
Tags Loki, Romance
Visualizações 26
Palavras 918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ficou um pouco menor do que o esperado, mas é o que tem pra hoje alanqlakskak
Vou tentar dar uma caprichada extra nos próximos

Capítulo 30 - XXX


-Eu não posso ficar por muito tempo – Loki diz sem dar explicação sobre qualquer coisa

-O que aconteceu? Você praticamente desapareceu – Ela aperta o passo até alcançar o ritmo acelerado dele

-Se houvesse um jeito de ter tempo livre enquanto se governa um planeta inteiro, eu o teria encontrado

-Mas você está aqui agora

-Viagem a trabalho – Ele responde com um sorriso cínico no rosto

Ela para de andar por alguns instantes, tentando entender o que isso significa. Depois de um segundo precisa se esforçar de novo pra alcançar um Loki que nem mesmo havia parado de andar.

-Como assim? – Ela pergunta puxando as cordas da mochila, como sempre faz quando fica ansiosa

-Preciso visitar a biblioteca local – Ele finalmente olha pra ela, admirando o brilho de realização no olhar dela

-Você vai pesquisar? Aqui na Terra?

-Há muito o que aprender da cultura do seu povo. Vocês saltaram da selvageria pra civilização em menos de uma era celestial

Noah apenas continua andando, sem saber se aceita aquilo como elogio ou ofensa. Reúne coragem por alguns segundos silenciosos de caminhada, e então coloca a mão no bolso do casaco dele, à procura do seu calor. Quando as duas mãos se encontram, seus dedos se enlaçam e ele a presenteia com um de seus raros sorrisos sinceros.


.


Depois de terem entrado na biblioteca, cada um seguiu em direções opostas à procura de um livro interessante. Noah até teria o ajudado, mas sabia pouco sobre o que ele procurava. Depois de uns 20 minutos, porém, ele aparece com pelo menos cinco livros empilhados, aparentemente tendo encontrado o que procurava. Os dois se sentam em uma das mesas isoladas, cercados por inúmeras instantes lotadas.

Ela espia por cima dos próprios livros e inspeciona o trabalho dele. Em suas mãos há um livro chato com um título chato, “A história da democracia", que provavelmente também tem um conteúdo bastante chato.

-Você vai implantar uma democracia no seu reino? – Noah pergunta com o coração palpitante, tentando controlar o entusiasmo

-Noah, eu vou ser sincero com você – Ele tira os óculos e a encara com um olhar sério – Eu só quero passar a responsabilidade pra outra pessoa

Com isso ele solta uma risada contida, embora ela apenas o encare boquiaberta. Essa decisão implicava em uma série de coisas que ela nem podia imaginar. Mudar todo o sistema político de um planeta não devia ser tão fácil quanto ele fazia parecer. Loki apenas coloca os óculos de volta no rosto e resume a leitura. Simples assim.

-Você não pode fazer isso – Ela exclama, mais de indignação do que de surpresa

-Com todo o respeito, mas eu posso sim – Ele responde sem nem desviar o olhar do livro, o que a irrita ainda mais

-Bom, talvez você não devesse – Ela abaixa o próprio livro com rispidez, fazendo um pouco de barulho

-O que disse? – Ele finalmente olha pra ela, sem entender ao certo o motivo disso tudo

-Não vejo problema em instalar uma democracia no seu planeta. Como poderia, se eu não conheço nada de lá? Mas você não pode simplesmente passar o problema adiante desse jeito – As palavras saem uma depois da outra sem nenhuma interrupção, voando sem cessar pelo ar – Você precisa levar isso mais a sério. Não é só porque não quer ser Rei que está tudo bem fazer isso de qualquer jeito

-Noah – Quando ele abaixa o livro, os olhos dele se afinam até parecerem duas lâminas frias e afiadas – A única coisa coerente que você falou é que não sabe de nada sobre meu planeta 

-E eu pensando que você valorizava a minha opinião – Ela fala sem pensar, sentindo o sangue esquentar

-Quer saber? Acho melhor continuar minhas pesquisas no meu Reino

-Esses livros não podem sair daqui se você não tem licença, senhor sabe-tudo – Os dois continuam com a rispidez na voz, sem nem tentar se acalmar

-Observe – Com um estralar de dedos, os livros empilhados são engolidos por um portal de fumaça azul e cinza formado na própria mesa – Estão nos meus aposentos reais, esperando por mim

Noah se levanta com um barulho ao empurrar a cadeira, atraindo olhares pouco amigáveis. Mas ela nem mesmo percebe, concentrada demais no olhar desafiador de Loki. Ela espalma as duas mãos na mesa e se inclina, mostrando que não vai se deixar vencer.

-Se você vai agir como uma criança, é melhor ir embora de uma vez - Ela fala com determinação e autoridade, cerrando as sobrancelhas tensionando os lábios 

Os olhos dele se arregalam de leve, mas é o suficiente pra ela perceber. Logo ele veste a máscara fria e livre de emoções que aprendeu a usar na corte. Com movimentos frios e calculados, se levanta de uma forma muito mais graciosa do que ela momentos atrás. Nem por isso, porém, menos afetado pela raiva.

Ele abre a boca como se fosse falar alguma coisa, mas logo a fecha. Suspira e se vira de costas, desaparecendo em uma versão maior do mesmo portal nebuloso de antes.

E em menos de um segundo uma distancia muito maior do que ela sequer consegue imaginar separa os dois.

O caminho da biblioteca até de volta à sua casa é percorrido por Noah a passos rápidos, tomada pela indignação. Nem mesmo fala oi pro irmão, entra e se fecha em seu quarto.

Como ele pode ser tão infantil? Não importa quem ele seja, não tem o direito de me tratar desse jeito.

Ela tenta se esquecer da briga ao se afundar nos deveres acadêmicos acumulados. Ignorar um problema nunca é a melhor forma de lidar com ele, mas é o que os dois escolhem fazer.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...