1. Spirit Fanfics >
  2. O Idiota Da Frente >
  3. 1 - Summer Boldew

História O Idiota Da Frente - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii! Bem essa é a minha primeira história, e por isso nao ta muito boa, mas queria escrever ela, pois achei a ideia legal! Ela foi inspirada em um sonho de minha amiga e espero que vocês gostem!! Nao sejam leitores fantasmas! Me digam se nao gostarem de algo, mas apenas com criticas constutivas!!

Capítulo 1 - 1 - Summer Boldew


Fanfic / Fanfiction O Idiota Da Frente - Capítulo 1 - 1 - Summer Boldew

Estava prestes a beija-lo... o amor da minha vida!! Não sabia se um dia o veria de novo, mas queria que esse beijo o fizesse nunca se esquecer de mim... Me aproximei de seus labios lentamente, não conseguia pensar em mais nada além de como seus olhos eram perfeitos e de como nossos corpos estavam próximos, quando finalmente nossos labios se encostam e......

pi pi pi pi


- ANNAH, SUN!! ACORDEM!! Vão se atrasar em seu primeiro dia!!

Me levanto e esfrego os meus olhos, desligo o despertador e olho o livro de romance que li ontem, antes de dormir.

Com a visão ainda borrada. Eu me dirijo ao banheiro e faço minha higiene matinal, me olho no espelho e penso em como a puberdade foi maldosa comigo! Mal tenho seios, quem diria uma bunda descente.

Meus cabelos castanhos meio ondulados de apenas um lado, devido ao fato de ter acabado de acordar, minha pele é clara e meus olhos são um tom de verde incomum, pois ao contrario daqueles olhos verde claro ou aquele tom de verde chamativo e simplesmente encantador..., o meu olho não era nada bonito,ele era um verde quase apagado, quase castanho... muitas pessoas sempre elogiaram eles por serem diferentes, me diziam que me tornava especial, mas para mim eram apenas olhos sem cor.

Eu deveria usar óculos para ir para escola, mas sempre acabo usando as lentes de contato. Eu não sei explicar por que eu me sinto tão desconfortável usando os óculos.

Eu sempre fui muito organizada e muito pontual, nunca fui de faltar aula, mesmo quando eu não precisava de nota, sempre me sentia na obrigação da de ir a escola. Minha mãe nunca me cobrou muito, pois eu nunca tive problemas em ir bem na escola, eu nunca tive problema em mostrar meu boletin a ela, mas ela sempre foi muito ocupada e nunca me pediu para ve-lo.

Quando eu volto para o quarto, vejo meu celular e ainda são 6h30, logo grito para tirar satisfação com a minha mãe:

- MÃE AINDA FALTA 1 HORA PARA A MINHA AULA!! EU TE DISSE ONTEM QUE EU NÃO QUERO CARONA! VOU VOLTAR A DORMIR!!

Antes que ela possa responder eu fecho a porta do quarto, mas ainda a consigo ouvir dizendo:

-SUN SE VOCÊ ACABAR SE ATRASANDO, NAO DIGA QUE EU NAO AVISEI!!

Vou em direção a cama, ignorando minha mae completamente - Me levanto daqui 20 minutinhos... - Falo para mim mesma e logo pego no sono....

Após algum tempo eu acordo e ao olhar o horario em meu celular, me levanto as pressas.

- Merda Sun, olha o que você fez, já são 7h10! Vou me atrasar!

Saio em desespero para o meu banheiro. Coloco minha roupa, decidi ir com uma bluza listrada que eu gosto muito e com uma saia vinho que valorizava minha bunda, botei meu all stars, que combinou perfeitamente. 

Passo uma base, um rimel, e um baton neutro. Penteio meu cabelo, geralmente passo chapinha mas não tenho tempo para isso, peguei meus oculos e sem pensar muito desço as escadar pulando os degraus, tropesei no último degrau, mas por sorte não cai.

Ao chegar a cozinha, olhei novamente o celular, e ja eram 7h25, faltavam 5min para a aula começar, era o tempo exato ir para o colegio a pé, mas ainda tinha que tomar café, fora que nem sabia qual era a minha sala, muito menos onde ficava meu armario para buscar o material...

Estava confiante de que poderia dar um jeito e não perder a primeira aula, mas olhei de novo para o horario, eram 7h26.

- Merda! Não vai dar tempo! - Geralmente não desisto tao fácil desse tipo de coisa, mas hoje eu realmente não estava com muito animo para correr e passar por toda a pressão de chegar a tempo.

- Se ferrou Sun! - levei um susto e olhei para a mesa da cozinha, era Annah comendo seu cereal

Annah é minha irmã mais nova, ela tem 13 anos, apenas 3 anos mais nova que eu, e ainda assim era mais esperta que todos da casa.

Ela sempre ficava na dela, apenas observando, sem falar nada, ela sabia segredos sobre todos, e depois ela usava essas informações em seu próprio jogo! Eu sei bem como lidar com as manipulações da Annah, afinal eu meio que a ensinei esses joguinhos, mas tenho que adimitir que ela é boa!

Minha mãe sempre cobrou muito de Annah, ela não era tão organizada e dedicada como eu, por isso sempre acabava de recuperação no final do ano! Seu ponto fraco era matemática, algo que eu era boa, mas ela não me deixava ajuda-la

Nós eramos como melhores amigas quando mais novas, mas hoje em dia não temos a mesma intimidade de antes, mas ainda assim nos damos muito bem!!

- Você tem sorte da mamãe já ter ido para o trabalho! Se não ela iria te dar um sermão sobre pontualidade! Ainda mais que ela bem que te avisou hoje cedo.

- Cala a boca Annah! E você? Não tem aula agora não?

- Na verdade não! Minha aula só começa as 8h, papai vai passar aqui para me levar.

Meu pai se divorciou da minha mãe alguns meses após annah nascer, o que a fez se acostumar com eles estarem separados, mas eu ainda me lembro de como era antes disso, a gente era muito feliz, ou pelo menos era o que eu pensava... Não sei o que mudou, mas sei que minha mãe desabou após o divórcio! Isso me deixou arrasada! Não me leve a mal, eu amo o meu pai, mas eu gostaria de entender por que isso ocorreu tao derrepente. Nunca culpei Annah por isso, mas sempre tive medo dela se culpar.

- Se quiser eu posso te levar. Afinal minha próxima aula só vai começar as 8h40, mas você não pode contar para a mamae e o papai sobre isso!!

-Pode ser! Mas que fique claro que só vou aceitar por que o papai sempre acaba se atrasando e eu realmente não quero me atrasar hoje!! Vou ligar para o papai e avisar, só não me faça perder a minha primeira aula também! - Ela diz com a intenção de me iritar!

Eu me aproximo dela e bagunço o seu cabelo, o que eu sei que a incomoda muito.

-Eii!!

Me sentei ao seu lado comendo uma maçã.

[...]

Levei Annah a pé para a sua escola, que ficava a alguns minutos de casa. Eu ainda tinha muito tempo até minha aula começar, então resolvi dar uma volta pela vizinhança!

Nos mudamos para cá nesse verão, e mesmo assim nunca parei para conhecer o bairro, eu sempre me foquei muito em meus estudos e acabei estudando muito essas férias.

Eu sempre falei para todos que queria cursar medicina, e sempre me disseram que combinava comigo, mas talvez eu me cobre de mais!

Eu não tenho muitos robs, e os poucos que tenho não sou muito boa, mas se tem uma coisa que eu amo fazer é desenhar.

Eu andei um pouco mais pelo bairro, até que decidi me apressar, passei em casa escovei meus dentes e aproveitei para fazer a chapinha, peguei minha mochila e fui para em direção a escola.

Quase me esqueci de trancar a porta, mas o meu vizinho tom me lembrou de fechar, seria assustador ele me lembrar isso, se é claro, ele não fosse uma criança de 6 anos, ele é muito fofo e educado.

Ele sempre brinca na frente de casa e ja me viu saindo outras vezes, eu ja fiquei de baba para ele muitas vezes e realmente, não há menino mais fofo que ele!

[...]

Ao chegar ao colegio, ainda eram 8h19, faltava 20min para minha aula começar, eu ja havia procurado um orientador para me ajudar com meu armario e com minha sala!

Eu decidi sentar perto das arquibancadas da quadra, que estava vazia, eu me sentei em um canto meio distante, uns atletas passaram por lá e não me viram, significava que eu estava no ponto invisível, essa era minha intenção, apenas queria desenhar em silêncio!

Quando deu 8h37, eu me dei conta do horário e fui para a aula.

Em quanto eu ia em direção a sala de aula, eu vi um menino vindo em minha direção, parecia perdido em seus pensamentos, assim como eu, antes de ver seu abdômen bem definido.

Ele usava uma blusa de uma banda que eu gosto, mas que é pouco conhecida, eu sinplesmente me hipnotizei com o que via! Ele estava um pouco suado, o q me fez pensar que pudesse ser um atleta.

Eu estava tão focada em seu corpo que não consegui olhar para seu rosto. Me senti tao envergonhada! Eu nunca havia feito algo assim antes! Claro que ja tinha ficado com muitos caras eja havia adimirado outros corpos antes, mas nunca de tal forma, e ainda mais tão indiscretamente!

Eu não sei se ele me notou, como eu disse estava completamente perdida em seu corpo, então pensei em olhar para trás. Não sei da onde tirei essa ideia, afinal como eu disse, nao sou assim tao desesperada ao ponto de não ser discreta!

Eu tentei me segurar mas decidi olhar para trás, e quando ia me virar, tropecei e me desequilibrei...

Levantei rapidamente, e continuei andando como se nada ouvesse acontecido!! "Espero que ele não tenha visto isso" Pensei

×××


Notas Finais


Obrigado por lerem!!
Vejam o proximo capítulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...