História O idiota da minha classe - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 48
Palavras 649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiiis
Volstei
Boa leitura Sugares♡

Capítulo 7 - Eu quero você...


Pov's Noah 

Ele tirou a blusa, seu abs era maravilhoso.

Eu estava nervoso, não queria que ele visse meus braços, espero que ele não note nada.

Ele continuou me beijando, atê descer os beijos para meu pescoço, me fazendo arrepiar e gemer baixinho, ele tirou meu moletom e -por sorte- não notou nada, foi beijando de vagarzinho meu abs, me torturando na verdade, mas foi indo até minha calça.

Troquei de posição com ele, sorri quando ele ficou com beicinho, agora eu estava beijando meu abs, dava pequenas mordidinhas, até eu chegar perto de suas calças e tira-las, encaro sua box e começo a passar a mão em volta de seu membro, fazendo-o gemer baixinho, sorri safado quando começou a ficar exitado, então tirei sua box rapidamente, observei seu mebro por um tempo e sorri malvado, coloquei o mesmo em minha boca e comecei a masturba-lo, lentamente só pra tortura-lo um pouco.

-ma...ma...mais ra...rapido...

Fiz o que ele pediu, depois de um tempinho ele começa a gemer baixinho,até chegar ao seu ponto maximo e solta seu liquido quente dentro de minha boca, engulo tudo e ele sorri.

Ele tirou minha calça e minha box e depois me faz virar de costas, eu sabia o que ele ia fazer, me virei de boa vontade e ele se ajoelha atras de mim.

-Se você quiser que eu pare... ou que esteja doendo mundo, eu paro se quiser...

Assenti, ninguém nunca tinha sido gentil nesse ponto.

Ele molha seus dedos em minha boca, e vai colocando um de seus dedos em minha entrada, dei alguns gritinhos, ele colocou mais dois e por fim dos outros dois, o mesmo retirou os dedos de minha entrada e foi colocando seu membro na mesma e começou a me dar estocadas lentas - acho que é vingança pela tortura que fiz a ele - logo começou a aumentar a velosidade, e eu a gemer cada vez mais alto até ele se desgrudar de dentro de mim e me fazer deitar em seu peito, o olhei e ele me deu um selinho, sorri e acabamos adormecendo, dirmimos de conchinha cobertos.

Acordo por alguém abrindo a porta de meu quarto.

-Ai ai eu sabia que isso aconteceria mais cedo ou mais tarde.

Riu minha irmã.

Eu e o Jordan coramos e ela riu mais ainda.

-Podem se trocar - disse ela - Vou deixa-los em paz.

Ela fechou a porta.

Levantamos e nos vestimos.

Mas antes de eu colocar um moletom ele me segura.

-Porque você se corta?

-Pelo metivo que já te falei...

ele me interrompe.

-Tu não vai mais fazer isso né?

-Não, não com você comigo.

Ele sorriu e me beijou.

-Me empresta uma roupa?

-Te serve? 

-Não sei...

Rimos e ele coloca um moletom branci - que pra mim fica grande, mas pra ele certinho - uma calça cinza e um tenis preto.

Já eu to com um moletom cinza e uma calça peta também de moletom e um tenis branco.

Pegamos nossas mochilas e saimos pela porta.

-Até que um dia!

Diz minha irmã acompanhada do gêmeo do Jordan, ambos cruzavam is braços e estavam encostados na parede.

Coramos.

-Então aconteceu mesmo? - pergunta o Jordan.

-Aconteceu!

Falamos juntos, meio envergonhados, mas falamos.

Os dois seres encostados na parede sorriram.

-Não foi tão dificil foi? 

-Grr toma! 

Jonny entregou uma nota de R$5,00 pra minha irmã.

Reviro os olhos e começo a descer as escadas.

Os outros vem atras.

Arrumo um café e arrumo a mesa pra tomarmos café juntos.

Estavamos normalmente tomando café até o celular do Jonny e do Jordan todar.

Eles pegaram e atenderam.

-Alô?

-Aqui é da delegacia, seu pais fugiu, queriamos alertar você para que nos avise se ele entrar em contato.

-Como desejar.

Os dois desligam o celular.

Abraço de lado o Jordan, minha irmã faz o mesmo com o Jonny.

-Se  quiser ajudo você a lodar com ele - digo roubando um beijinho do mesmo.

-Obrigado, Acho que ele pretende mesmo vir pra cá.

Sento um suspiro.

-Eu vou estar com você aqui.

Ele sorri.

-Temos que ir pra escola.

-Kelly quando você vai entrar na escola? 

-Amanhã eu entro, ele também.

Nos levantamos e fomos indo de mão dadas.







♡Continua♡



Notas Finais


E esse foi o cap de hj
Espero que tenham gostadooo
Obg a quem leu até aqui
Bjins sugares ♡
Até o proxímo cap ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...