1. Spirit Fanfics >
  2. O Idiota do Meu Diretor >
  3. Lembranças

História O Idiota do Meu Diretor - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Lembranças


Fanfic / Fanfiction O Idiota do Meu Diretor - Capítulo 4 - Lembranças

Passado (ON)

Já são 6h da manhã, tenho que começar a me arrumar para a escola.

Tomo meu banho, me visto, arrumo o cabelo e tomo meu café.

- Oii, Ruffles. Cadê o papai??

Vejo um bilhete em cima da mesa, é do papai. Está escrito: "Bom dia, filhota. Tive que sair cedo hoje, desculpe. Boa prova!"

- HOJE TEM PROVA, QUE MERDA!

Eu meio que esqueci da prova de Química que ia ter hoje. O pior é que não sei NADA da matéria, espero que a Elisa e o James tenham estudado.

Elisa é minha melhor amiga, sempre posso contar com ela e James, meu namorado super gato que me trata super bem e me ama muito.

*Notificação do whats*

- Hm, é a Elisa.


Whatsapp Lisa (ON)

Lisa💞: Migaaa, você já saiu de casa?

S/N: Ainda não, por que?
Lisa💞: Ufa, vamos juntas então? Preciso que vc fale um resumo da matéria.
S/N: Eu não sei nada da matéria. Pensei que vc tinha estudado.
Lisa💞: Ai mds, e agora?
S/N: Agora lascou. Vou ver se o James estudou.

Whatsapp James (ON)

S/N: Amor, tá aí??
Mo💗: Oi, vida. Tô sim, oq foi??
S/N: Estudou pra prova de Química??
Mo💗: Estudei sim linda. Pq? Não estudou, neh?
S/N: Não, nem a Elisa. Vamos pra escola juntos e no caminho vc revisa a matéria pra gente, pd ser?
Mo💗: Claro amor, tô saindo de casa agora, como a casa da Lisa é mais perto vou passar lá primeiro, ok?
S/N: Tabom, beijos😙❤

Whatsapp (OFF)

Não demorou muito, eles moram pertinho da minha casa.

James tocou a campainha, então peguei minha bolsa e sai.

- Oi, meu amor.

- Oi, linda. - Ele me deu um selinho. - Vamos?

- Vamos. - Fechei a porta e fui cumprimentar Elisa. - Oii, miga.

- Oii.

James foi o caminho todo explicando a matéria. Ele e Elisa estão bem próximos estes últimos dias, mas não deve ser nada, Elisa é minha melhor amiga e James me ama, né? Bom, eu espero.

Chegamos na escola e a primeira aula, pra nossa sorte, era Química. Aff... Mas o resumo de James ajudou bastante, que bom.

{Quebra de tempo}

Finalmente é hora de ir embora, tô doida pra almoçar. Queria comer um lanche no shopping.

- Mor, vou no shopping almoçar, bora?

- Desculpa vida, não vou poder.

- Poxa... E vc Lisa?

- Desculpa vou estar ocupada. Tenho que ir, tchau miga, tchau Jay.

- Tchau, Lisa. Tchau, amor. Também vou indo.

Jay foi o apelido que ela resolveu dar pra ele... E Lisa, o apelido que ele inventou pra ela. Eu fiquei super desconfiada, mas eles me garantiram que é só pq são muito amigos e blá blá. Bom, por que não acreditar? Afinal, sempre foram de confiança, certo? Ou eu sou trouxa? Ah, esquece.

Falei tchau e sai da escola. Antes de ir ao shopping, achei melhor passar em casa para dar comida ao Ruffles, no caso deu chegar tarde em casa.

Estou passando perto da casa de James, quando me deparo com uma cena muito suspeita. Elisa e James juntos, de mãos dadas?

- Elisa? James? O que estão fazendo juntos?

- Amor? É que...

- É que o que, James? - Não pode ser o que eu tô pensando, não pode. - O que estão fazendo JUNTOS?

- Ai amiga, James disse que podia me ajudar na matéria de matemática. - O que? Ela acha que acredito nisso?

- Não tinha uma desculpa melhor, não? Mano, você é minha melhor amiga Elisa. Minha melhor amiga desde os 8 anos de idade!

- Não é o que você tá penando meu amor.

- Não é não? O que é então? Vocês estão bem próximos esses dias. Saem pra ir no shopping, estudam juntos, dão apelidos fofos um pro outro. Não é o que eu tô pensando não, né? Caraca Elisa, esperava mais de você. Por isso aquele dia na festa da Fernanda vocês levaram um susto quando vi vocês sozinhos no banheiro.

- A gente não fez nada no banheiro.

- Nada? Elisa. Você estava com o batom borrado. Fui besta de deixar pra lá e confiar em vocês. Eu sou muito trouxa mesmo.

- Amor, calma, por favor.

- Deixa, Jay. Ela não confia na gente.

- Eu confiava em vocês, mas agora me deparo com isso... Os dois de mãos dadas, bem juntinhos. - Minha voz quase não saia direito, eu tava tremendo, com muita vontade de chorar, gritar ou bater neles. Que ódio, QUE ÓDIO.

- Deixa a gente explicar, meu bem. Por favor.

Fiquei parada esperando ele falar.

- Bom, eu já não sinto mais nada por você. Na verdade, comecei a namorar você pra poder me aproximar da Elisa, sempre achei ela linda. - Ela era mesmo linda. Cabelos cacheados, olhos cor de mel e cílios lindos. Concerteza a mais linda da nossa sala, minha opinião. - E eu nunca teria chances com ela... Bom, era o que eu achava.

- É, e eu nunca apoiei vocês dois, sempre achei James um gato, você sabia, e mesmo assim aceitou namorar com ele. - Elisa sempre teve inveja de tudo que eu tinha, inveja até do meu cachorro. Eu sempre percebi, mas nunca disse nada. E eu não sabia que ela sentia algo por James.

- Eu não acredito nisso... - Falei em voz baixa, tentando não chorar.

- Amiga, você acho mesmo que não tinha nenhum chifre se quer? Acorda, ele já pegou umas 5 meninas da nossa sala. Você é muito tapada.

- James...

- Sinto muito, Elisa. Eu gostava mesmo de você, mas cansei, queria curtir, pegar geral, entende?

- Não posso acreditar nisso... Vocês estão juntos a quanto tempo...?

- Bom, começamos a ficar de verdade a umas duas semanas atrás. - Falou Elisa, com uma expressão de alegria.

- Mentiram pra mim esse tempo todo? Como puderam? Meu Deus...

Eu não posso acreditar nisso... Como eles puderam? E a Elisa está super feliz. James está neutro, mas Elisa, sorridente e debochada.

- Eu... Olha... Não sei como pude ter sido tão trouxa... - Meu olho ficou marejado. A única coisa em que pensei, foi em correr pra casa.

Eu corri até em casa chorando, soluçando muito. Quando cheguei me tranquei no quarto e não parei mais de chorar.

{Quebra de tempo}

Já fazem uns 5 dias que descobri que tenho chifre... Eu olhava o perfil deles... Fotos deles juntos, fotos dela abraçando aquele moreno alto, de cabelos negros estilo emo. Eu ainda tinha sentimentos por ele, ninguém esquece alguém tão rápido.

Está na hora de ir pra escola, então eu me arrumo e vou andando.

Faltei na sexta (Foi na quinta que tudo ocorreu), segunda e terça, mas hoje terei que ir pra entregar um trabalho de história.

Cheguei na escola e vi os dois na porta da escola, se beijando e se abraçando. Logo, meu olho começou a encher de lágrimas, então só entrei na escola e fui pra minha sala.

Elisa ainda sentava na minha frente e James do meu lado. Eles ficaram todas as aulas trocando bilhetes, até que Elisa se vira pra trás:

- Que foi? Tá tristinha ainda? Que olho inchado, credo.

- Não enche, Elisa.

- Deve estar muito mal, né? Pena. Agora esse gatão é só meu, né baby? - Ela levantou no meio da aula, sentou no colo de James de deu o beijo nele.

- Pra que isso, Elisa? Aí já é muita maldade, né? - Consegui ouvir ele falar pra ela. Vaca.

- Que se dane ela, ela sempre foi exibida, ficava mostrando que te tinha, mostrando as coisas caras dela, esfregando na minha cara... Agora é minha vez, amorzinho.

Por sorte o sinal tocou, então sai correndo da sala e fui pra casa.

Foi a semana toda a mesma coisa, Elisa me provocando e James permanecia indiferente.

Passado (OFF)

- Caraca amiga, você foi trouxa também, hein? Logo quando eles ficaram nessa de apelidos eu já teria saído fora.

- Pois é. Nunca mais vou ser trouxa assim. Bom... Acho que tá na hora de ir embora, né??

- Sim sim. Até amanhã então, gata.

Saímos da Starbucks e cada uma seguiu para sua casa.

.

.

.

.

.

CONTINUA...


Notas Finais


Desculpe, era pra eu ter postado ontem a noite e esqueci. Espero que tenham gostado, não esqueçam de clicar no coraçãozinho se ainda não tiverem clicado. Beijos♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...